Governos imprimiram US$ 12 trilhões em 2020, diz ONU

ONU alerta que grande parte do dinheiro “dado” pelos governos foi investido na compra de ativos financeiros e não em investimentos fixos que poderiam proporcionar a geração de empregos e o crescimento econômico.

Siga no
ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)
ONU/Pixabay

De acordo com um relatório sobre a situação e perspectivas da Economia Mundial em 2021 elaborado pela ONU, governos em todo o mundo tiveram que ligar suas impressoras, pondo em ação o maior plano de estímulo econômico que o mundo já viu. Foram cerca de 12,7 trilhões de dólares injetados na economia mundial para amenizar o impacto da crise causada pela pandemia.

Segundo o relatório de 198 páginas, a pandemia atingiu todo o mundo e o vírus infectou mais de 90 milhões de pessoas, causando cerca de 2 milhões de mortes. O relatório da ONU aponta que “os governos de todo o mundo responderam rapidamente e com coragem para evitar o contágio econômico da crise e os pacotes de estímulo fiscal e monetário foram lançados rapidamente para salvar a economia.”

Para a ONU, apesar dos bancos centrais injetarem dinheiro na economia e manter as taxas de juros baixas e assim reduzir o impacto da crise, infelizmente eles não foram eficazes em cumprir as metas de inflação. 

Outro ponto importante destacado pelo relatório da ONU foi a grande liquidez do mercado e um cenário de baixa inflação abriu oportunidades para que os mercados financeiros assumissem riscos criando uma grande bolha financeira que pode ocasionar uma instabilidade financeira.

A ONU alerta que grande parte do dinheiro “dado” pelos governos foi investido na compra de ativos financeiros e não em investimentos fixos que poderiam proporcionar a geração de empregos e o crescimento econômico. A dívida pública total mundial atingiu o nível recorde de US$ 9,9 trilhões em 2020. “A ONU alerta que este é o maior aumento da dívida pública após a Segunda Guerra Mundial”.

Para a ONU, a crise piorou a pobreza e a desigualdade, no relatório ela explica que serão 131 milhões de pessoas vivendo em condições precárias, e 797 milhões de pessoas na pobreza extrema até 2030.

Fortalecimento do Bitcoin e a fraqueza do dólar

O especialista em criptomoedas, Daniel Kim, no documentário “Modo seguro de dinheiro saudável”, lançado em abril do ano passado, falou sobre como as consequências econômicas da pandemia vão afetar o mundo nos próximos anos.

Ele alerta que os governos estão imprimindo dinheiro sem nenhum critério, justificando apenas a luta contra a pandemia. Ele explica que essa impressão monetária indiscriminada aliado ao alto gasto público será o estopim para uma hiperinflação

Para Kim, o cenário econômico atual é de hiperinflação e de um dólar fraco, perdendo valor, para ele as pessoas precisam buscar novas fontes independentes que atuem como reserva de valor, como o Bitcoin e outras criptomoedas.

Leia mais sobre:
Diego Marques
Diego Marques
Começou em 2016 como um dos primeiros redatores do Guia do Bitcoin. Diego tem preferência por notícias que podem influenciar o preço das criptomoedas, mas também gosta de escrever curiosidades do cripto-universo.

Golpistas e criptomoedas deveriam “arrumar um quarto”, diz Elon Musk

Os olhos do criptomercado estão focados no perfil de Elon Musk no Twitter, para muitos o magnata que é fundador e CEO Tesla e...

Escolhido de Biden à SEC diz que vai promover inovação das criptomoedas

O atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está aos poucos organizando a sua administração através de diferentes indicações para cargos importantes. Um dos...

CBOE aumenta pressão por ETF de Bitcoin na SEC

A CBOE abriu a porta da SEC com o pé - metaforicamente falando - e jogou na mesa um documento de 102 páginas que...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Escolhido de Biden à SEC diz que vai promover inovação das criptomoedas

O atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está aos poucos organizando a sua administração através de diferentes indicações para cargos importantes. Um dos...

CBOE aumenta pressão por ETF de Bitcoin na SEC

A CBOE abriu a porta da SEC com o pé - metaforicamente falando - e jogou na mesa um documento de 102 páginas que...

Futuro do Ethereum é muito mais incerto que do Bitcoin, diz Antonopoulos

O futuro do Ethereum é uma tela em branco, em comparação com o Bitcoin, disse o especialista veterano, Andreas Antonopoulos, em uma entrevista para...

Michael Burry: Bitcoin é uma bolha especulativa com mais riscos que oportunidades

Atualmente existem muitos touros do Bitcoin evangelizando a moeda digital como uma forma de reserva de valor e como o futuro do dinheiro. Alguns,...

NFT raro do ‘Homer Simpson Pepe’ é vendido por $ 1.7 milhão

No início de 2018, um leilão de Rare Pepes (NFTs colecionáveis de Pepe the Frog) foi realizado em Nova York durante o Rare Art Labs Digital Art Festival. Apesar...