Grupo Bitcoin Banco denuncia golpe de R$ 50 milhões

Vídeo mostra como os golpistas utilizavam a falha na plataforma para realizar saques duplicados.

Siga no
Explicação de como funcionava a falha na plataforma da Negocie Coins

O Grupo Bitcoin Banco (GBB), dono da Negocie Coins denunciou na Delegacia de Estelionato de Curitiba, nesta sexta-feira (24), um esquema de fraude que executava saques duplicados. De acordo com a denuncia, uma vulnerabilidade na plataforma da corretora permitiu que 30 pessoas aproveitassem a falha para sacar bitcoins ilegalmente.

Um único participante da fraude chegou a sacar R$ 2 milhões de forma ilegal, o montante total do golpe é de R$ 50 milhões. A investigação do grupo começou na semana passada, quando surgiram as primeiras suspeitas sobre o golpe. O departamento de TI da empresa identificou um súbito aumento de patrimônio de alguns clientes, decorrente de operações suspeitas de compra e venda de criptomoedas.

A fim de evitar mais prejuízos com a fraude, o Grupo adotou a operação manual dos pagamentos solicitados, o que gerou lentidão no atendimento aos clientes e muitas reclamações no Reclame-aqui.

Reclamações clientes Negocie Coins

Com os saques manuais, a empresa conseguiu monitorar os pedidos e identificar os fraudadores. Além da denúncia à Polícia Civil, o Grupo Bitcoin Banco adotou mais providências para conter a fraude e regularizar as operações.

A empresa optou por não suspender as operações de trade e transferências interexchanges. Serão suspensos apenas os depósitos e saques externos nesta sexta-feira e nos dias 27 e 28 de maio, segunda e terça-feiras. Até lá estão sendo levantados todos os dados para a investigação policial. E adotou o seguinte protocolo:

  • Suspensos os depósitos em reais e em criptomoedas de hoje até quarta-feira, dia 29;
  • Limite de saque será de R$ 10 mil e 1 Bitcoin por dia, a partir de quarta-feira, dia 29 por prazo indeterminado;
  • Nenhum saque será cancelado, mas todos os saques que excederem os R$ 10 mil que já foram solicitados serão reajustados para o limite diário de R$ 10 mil e 1 Bitcoin;
  • Os pagamentos serão realizados a partir de quarta-feira, dia 29, conforme os limites do sistema bancário;

Um vídeo compartilhado no Whatsapp explica como os golpistas utilizavam a falha na plataforma para realizar saques de forma duplicada. Veja:

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br

Coinbase faz homenagem a Satoshi Nakamoto em dia de listagem na NASDAQ

Pela primeira vez na história uma corretora de criptomoedas foi listada em uma bolsa de valores, marcando uma nova possibilidade para investimentos nos ativos...
Imagem: Adobe Stock

Receita Federal da Espanha notifica 15 mil investidores de criptomoedas

A Receita Federal da Espanha continua a sua missão de monitorar investidores de criptomoedas que podem não estar declarando transações e ganhos com os...

“Bitcoin criou riqueza para pessoas que não faziam parte do sistema”, diz estrategista da...

O Bitcoin é uma moeda que foi capaz de mudar muitas coisas nos últimos 10 anos, até mesmo fazendo com que Bancos Centrais e...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias