Grupo Bitcoin Banco denuncia golpe de R$ 50 milhões

Vídeo mostra como os golpistas utilizavam a falha na plataforma para realizar saques duplicados.

Siga no
Explicação de como funcionava a falha na plataforma da Negocie Coins

O Grupo Bitcoin Banco (GBB), dono da Negocie Coins denunciou na Delegacia de Estelionato de Curitiba, nesta sexta-feira (24), um esquema de fraude que executava saques duplicados. De acordo com a denuncia, uma vulnerabilidade na plataforma da corretora permitiu que 30 pessoas aproveitassem a falha para sacar bitcoins ilegalmente.

Um único participante da fraude chegou a sacar R$ 2 milhões de forma ilegal, o montante total do golpe é de R$ 50 milhões. A investigação do grupo começou na semana passada, quando surgiram as primeiras suspeitas sobre o golpe. O departamento de TI da empresa identificou um súbito aumento de patrimônio de alguns clientes, decorrente de operações suspeitas de compra e venda de criptomoedas.

A fim de evitar mais prejuízos com a fraude, o Grupo adotou a operação manual dos pagamentos solicitados, o que gerou lentidão no atendimento aos clientes e muitas reclamações no Reclame-aqui.

Reclamações clientes Negocie Coins

Com os saques manuais, a empresa conseguiu monitorar os pedidos e identificar os fraudadores. Além da denúncia à Polícia Civil, o Grupo Bitcoin Banco adotou mais providências para conter a fraude e regularizar as operações.

A empresa optou por não suspender as operações de trade e transferências interexchanges. Serão suspensos apenas os depósitos e saques externos nesta sexta-feira e nos dias 27 e 28 de maio, segunda e terça-feiras. Até lá estão sendo levantados todos os dados para a investigação policial. E adotou o seguinte protocolo:

  • Suspensos os depósitos em reais e em criptomoedas de hoje até quarta-feira, dia 29;
  • Limite de saque será de R$ 10 mil e 1 Bitcoin por dia, a partir de quarta-feira, dia 29 por prazo indeterminado;
  • Nenhum saque será cancelado, mas todos os saques que excederem os R$ 10 mil que já foram solicitados serão reajustados para o limite diário de R$ 10 mil e 1 Bitcoin;
  • Os pagamentos serão realizados a partir de quarta-feira, dia 29, conforme os limites do sistema bancário;

Um vídeo compartilhado no Whatsapp explica como os golpistas utilizavam a falha na plataforma para realizar saques de forma duplicada. Veja:

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Bitcoin em celular e Tesla ao fundo

Tesla revela que mantém US$ 1,3 bilhão em bitcoin

Empresas listadas em bolsas de valores devem divulgar trimestralmente seus resultados para os acionistas e mercado financeiro em geral. Essa política mantém transparente as...
Empresário observando a rede Bitcoin na cidade

Maior companhia de telecomunicações da Tailândia vai minerar Bitcoin

Uma das maiores empresas de telecomunicações da Tailândia vai minerar Bitcoin e pretende ser uma referência na Ásia neste setor. A Jasmine Telecom Systems (JTS)...
Michael Saylor Kitcon News

Michael Saylor: “Bitcoin vai durar 3950 anos, invista no que foi feito para durar...

Michael Saylor é um dos grandes apoiadores do Bitcoin e um dos mais conhecidos defensores da criptomoeda, sempre falando bem dela e de seus...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias