Hacker rouba R$ 64 milhões em bitcoin da DeFi pNetwork

Qual poderá ser a próxima vítima dessas descobertas?

Siga no
Hacker e Bitcoin
Bandido virtual e Bitcoin

Enquanto o setor DeFi luta para continuar crescendo e provando seu valor, ele continua enfrentando diferentes problemas em suas plataformas. Desta vez um ataque hacker milionário roubou Wrapped Bitcoin (bBTC) da plataforma pNetwork, causando prejuízos e levantando muitas preocupações entre os investidores.

A pNetwork, uma rede cross-chain de finanças descentralizada (DeFi) anunciou aos seus investidores no último final de semana que sofreu um ataque hacker e perdeu 277 bBTC, avaliados em mais de US$ 12 milhões na atual cotação da moeda, mais de US$ 64 milhões.

“Nós estamos tristes em informar que um ataque hacker conseguiu explorar um bug na alavancagem na nossa base de dados e atacar os pBTC na BSC, roubando 277 Bitcoins (a maioria do colateral).”

De acordo com a mensagem oficial da pNetwork os outros tokens não foram afetados. Todos os outros fundos da plataforma estão à salvo.

O pBTC é uma versão do Wrapped Bitcoin usada pelo ecossistema da pNetwork. O pBTC é basicamente um token baseado em um contrato inteligente na blockchain que é lastreado pelo Bitcoin em uma proporção de 1:1.

Ou seja, cada 1 pBTC equivale a 1 BTC. Os Wrapped Bitcoins são bem comuns dentro do criptomercado e são usados para poder transacionar bitcoins em redes como Ethereum, com taxas mais baixas de transação e mais velocidade.

A pNetwork não informou como o ataque foi realizado além do fato de ter sido feito através de um bug na alavancagem da plataforma.

O suposto bug já foi identificado e uma correção foi proposta, atualmente aguardando revisão antes da implementação, de acordo com os administradores da plataforma. A “ponte” de pBTC está fechada até o momento, com previsão de retorno até amanhã, caso a correção seja aprovada.

Os administradores não relevaram nenhum plano para conseguir os fundos de volta, mas estão oferecendo um prêmio de US$ 1,5 milhão como recompensa para o hacker caso ele devolva o dinheiro.

“Infelizmente, encontrar vulnerabilidades é parte do jogo, mas nós todos queremos que o ecossistema de DeFi continue crescendo, retornar o valor roubado seria um importante passo nessa direção.”

Enquanto o token que foi roubado foi o pBTC, o token nativo da pNetwork, o PNT acabou sentindo as dúvidas e incertezas em relação a segurança da rede principal, despencando cerca de 18% após o anúncio do ataque sofrido pela plataforma de DeFi.

Com isso, temos mais um ataque do tipo que mostra que o setor DeFi ainda está na sua infância, precisando aprender e fortalecer com cada novo ataque. A dúvida fica é, qual poderá ser a próxima vítima dessas descobertas?

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Jack Dorsey, CEO do Twitter e fã do Bitcoin

Empresa de CEO do Twitter quer minerar Bitcoin

A Square, empresa de Jack Dorsey listada na NYSE, quer minerar Bitcoin como estratégia de negócio. A informação foi compartilhada por Dorsey em seu Twitter,...
Pedro-Bial-Hashdex

Pedro Bial testemunha o poder transformador das criptomoedas em campanha da Hashdex

A Hashdex surgiu para democratizar os investimentos em criptomoedas, oferecendo produtos seguros e regulados para todos os investidores. Atuando como ponte entre o mercado...
Símbolo da Binance em meio aos prédios sede endereço

Binance lançará o maior programa já anunciado na criptosfera

Para expandir os recursos do ecossistema Binance Smart Chain e implementá-lo em todo o setor de tecnologia financeira no futuro, a corretora de criptomoedas...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias