Hackers estão extorquindo Bitcoin de jogadores de Call of Duty: Warzone

Ainda não se sabe como os hackers conseguiram acesso às constas dos usuários, mas é possível que eles estejam utilizando dados vazados em outros sites ou servidores.

Siga no

Call of Duty: Warzone é um dos jogos de tiro em primeira pessoa (FPS) com maior público atualmente. O grande sucesso da Activision não está longe dos riscos dos ataques hackers, mas muito além de trapaças em partidas, os hackers estão extorquindo os jogadores de Warzone.

Warzone é um jogo Battle Royale gratuito que faz parte de uma das séries mais populares e queridas dos jogos de FPS (Tiro em Primeira Pessoa). Mesmo sendo gratuito, ele tem microtransações para compra de itens raros. Alguns jogadores podem gastar centenas de dólares com esse tipo de conteúdo.

Segundo o site Vice, diversos usuários estão relatando que suas contas estão sendo roubadas e dominadas por diferentes hackers. O jogo salva o progresso em servidores e o acesso está ligado diretamente com a conta do usuário.

Sendo assim, quando um hacker muda a senha e tira o acesso do usuário, ele acaba perdendo todo o seu progresso e itens comprados. Para alguns, isso pode ser um grande prejuízo, sem contar as horas perdidas para evoluir no jogo.

Alguns jogadores também estão sendo contatados por hackers após terem as suas contas roubadas. Um jogador identificado como Gohgamer no Twitter disse que os hackers enviaram um e-mail para ele exigindo pagamento em Bitcoin para recuperar sua conta no jogo, além de outros dados supostamente roubados.

“Se você quer evitar que seus dados sejam vazados e informações bancárias se torne pública, além de recuperar a sua conta, você precisa pagar US$ 400 para o endereço abaixo”, dizia o e-mail recebido pelo jogador.

Vale mencionar que o e-mail, em inglês, tinha uso de gírias bem comuns entre usuários mais novos da internet. Isso pode indicar que os hackers podem ser um grupo de script kiddies que conseguiram acesso às contas dos usuários.

A Vice pesquisou o endereço dos hackers e descobriu que ele recebeu transações de cerca de 1.2 Bitcoins entre transações de US$ 20 a US$ 2600. Não se sabe se essas transações tem alguma relação com as contas roubadas.

Os usuários também estavam reclamando que a Activision não estava dando atenção aos ataques e não estava oferecendo o suporte necessário.

Ainda não se sabe como os hackers conseguiram acesso às constas dos usuários, mas é possível que eles estejam utilizando dados vazados em outros sites ou servidores. Por isso recomenda-se não utilizar uma mesma senha em diferentes aplicativos sites.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Ark Invest

Ark Invest vende ações chinesas e compra bitcoin

A Ark Invest está se livrando de ações chinesas em meio a uma liquidação generalizada que fez com que a maioria das ações chinesas...
LGPD no Brasil blockchain

LGPDJus: Aplicativo para requisições sobre proteção de dados usa blockchain

Na próxima sexta-feira (30), o Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) lançará um novo aplicativo para a população do estado. Chamado de LGPDJus, a...
MasterCard e Bitcoin criptomoeda blockchain

Mastercard vai acelerar startups de criptomoedas em novo programa

As startups que empreendem no setor de criptomoedas e blockchain poderão encontrar na Mastercard mais uma parceira de aceleração. O programa da empresa foi...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias