Homem é preso em aeroporto com mais de R$ 268 mil escondidos em carne cozida, biscoitos e amendoins

Provavelmente não conhece bitcoin

Siga no

Murad Alam, de 25 anos, que estava esperando para embarcar em um voo no aeroporto de Nova Délhi na Índia protagonizou um acontecimento incomum. A polícia do país (CISF) indicou o homem que estava com um comportamento suspeito.

Assim, após abordá-lo descobriu que ele carregava consigo uma quantia equivalente a 60 mil dólares acumulados por meio de dinheiro de vários países.

O dinheiro estava escondido em meio a pedaços de carne cozida, em pacotes de biscoitos fechados e até mesmo dentro de cascas de amendoim. Um total de 508 notas de dinheiro foram recuperadas, incluindo euros, dinar e riyal.

Ao ser interceptado pela polícia, Alam afirmou que trabalhava como profissional autônomo, e os comestíveis iriam ser entregues para uma pessoa como parte de seu trabalho. Residente de Uttar Pradesh, ele tinha visto de turismo para a cidade de Dubai.

Depois de realizar uma rápida investigação, a CISF descobriu que o homem havia realizado diversas outras viagens para Dubai no passado. Assim, a suspeita é de que ele atue como contrabandista de moedas estrangeiras para o país.

Algo que chamou a atenção dos policiais foi a habilidade em levar o dinheiro em meio as comidas, principalmente no caso das cascas de amendoim. Portanto, para esconder as notas dentro delas, foi utilizada uma espécie de adesivo especial.

Uma investigação incomum

O caso chamou rapidamente a atenção do mundo todo. Trata-se de um método bastante original para contrabandear dinheiro, que foi descoberto por acaso pelas autoridades.

A interceptação de Alam só aconteceu por seu comportamento indicar um nervosismo fora do comum antes de embarcar. Caso tivesse passado desapercebido, havia uma grande chance do homem continuar com o contrabando de moedas estrangeiras.

Ao ser interceptado pelos policiais Ali não ofereceu resistência e entregou suas bagagens para eles. Agora uma investigação a respeito do fato deve ser iniciada, com o objetivo de descobrir quem é o destinatário para onde o dinheiro iria.

A ação por parte da CISF deriva de um treinamento especial para identificar comportamentos suspeitos. Essa força policial é responsável por controlar e impedir qualquer tipo de atividade potencialmente perigosa como atos terroristas.

O fato aconteceu no dia 12 de fevereiro, mas ainda está repercutindo na mídia internacional. Alam deve ficar detido para interrogatórios por parte da polícia, com o objetivo de descobrir mais sobre o esquema de tráfico de dinheiro.

Sem dúvidas trata-se de uma história bastante bizarra, capaz de surpreender forças policiais experientes no desempenho de suas funções.

Veja o vídeo da descoberta do dinheiro abaixo:

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".
Universidad Americana Imagem: Divulgação

Universidade privada do Paraguai vai aceitar pagamentos em Bitcoin e Ethereum

A Universidade Americana do Paraguai vai começar aceitar pagamentos em criptomoedas a partir de agosto, os alunos poderão pagar por cursos e graduação com...
Mulher usa ATM do Santander no Reino Unido

Santander testa ferramenta para rastrear criptomoedas

O Santander quer entender como os seus clientes usam as criptomoedas em simultâneo as contas correntes. Para isso, o banco testou uma ferramenta da...
john mcaffe

Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias