Investidor: “As coisas ficarão piores antes de melhorar”

-

Siga no
Imagem: Pixabay
Anúncio

“As coisas ficarão muito piores antes de melhorar”, avisa o investidor Anthony Pompliano, acrescentando que muitas ofertas iniciais de moedas (ICOs) vão afundar diante das regulamentações da Securities and Exchange Commission (SEC) dos Estados Unidos, bem como os preços.

No entanto, ele acredita que esta queda é necessária para que o mercado de urso termine.

Pompliano, co-fundador e sócio da Morgan Creek Digital, uma empresa de gestão de ativos digitais apoiada por Morgan Creek Capital Management, acredita que o atual crash do mercado está longe de terminar, mas acrescenta: “Excluir os turistas para que os verdadeiros empreendedores possam se concentrar na construção de valor sustentável”.

Anúncio

Ele escreveu em um artigo no site Off The Chain, onde diz acreditar que os fundos de hedge de criptomoedas vão começar a fechar devido a questões de alta marca d’água – uma cláusula nos documentos do fundo que garante que os gestores de fundos só recebam taxa de desempenho. O valor do ativo líquido do fundo hoje é mais alto do que em qualquer período de investimento anterior.

Em julho, Pompliano previu que o Bitcoin chegaria a $ 50 mil até o final de 2018, e acrescentou que os gestores de fundos provavelmente não conseguiriam atingir esses níveis de lucros “até pelo menos 2020”.

Isso então traz problemas para Projetos de ICO: não apenas muitos deles terão que provar que estavam seguindo os regulamentos da SEC (pagar multas), mas a queda do mercado pode significar que eles não podem pagar as multas, ou mesmo o projeto em si.

No primeiro semestre do ano os fundos de hedge de criptomoedas pareciam ser positivos para o mercado, com as empresas existentes expandindo suas operações e novas empresas sendo abertas.

Até 31 de julho, haviam 96 novos fundos de hedgem e fundos de capital de risco, um ritmo anual de 165. Isso superaria o recorde de 156 fundos de criptomoedas lançados em 2017.

Enquanto isso o mercado de ICOs está em declínio: o terceiro trimestre trouxe “apenas” $ 1,8 bilhão, em comparação com US $ 8,3 bilhões no segundo trimestre.

Os projetos que captaram fundos através das ICOs também estavam parados devido às oscilações nos preços do Ethereum.

Para evitar a potencial venda em pânico, existem companhias de empréstimo que oferecem criptomoedas como uma alternativa de saque. Mas se as ICOS estão queimando o dinheiro arrecadado ou não, pode ser difícil de dizer, pois elas não são contratualmente obrigadas a divulgar seus saldos financeiros.

Enquanto isso, Chris Burniske, autor e sócio da Placeholder, empresa de capital de risco focada em criptomoedas, ainda acredita que é possível resistir agora.

“O mercado de urso fortalece os sobreviventes. Não há problema em se sentir mal durante o processo, são essas quedas que mais tarde dão força”, ele twittou, acrescentando: “Mas não fique paralisado por qualquer ansiedade que você possa sentir – esteja ciente disso, reconheça isso, então volte atrás. Aos seus fundamentos (ou seja, buidling, analisando, investindo, etc) com foco afiado.”

Ainda assim, embora isso se aplique a muitos investidores, ainda resta ver como os projetos sobreviverão a esse crash no mercado – e quais serão. Pompliano conclui seu post no blog com: “Observe de perto os fundadores que estão silenciosamente trabalhando com equipes talentosas agora…”

As informações são do CryptoNews

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Leia mais

Verificador de saldo de endereços bitcoin

Verifique o Saldo de Endereços Bitcoin

O Verificador de Saldo de Endereços Bitcoin já está disponível. Desenvolvido no Brasil, o aplicativo permite verificar facilmente o saldo de diversos endereços bitcoin...
ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Últimas notícias

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...