Investidor desastrado envia NFT para endereço errado e perde R$ 700 mil

O incidente desencadeou mais uma rodada de discussão sobre as questões de UX/UI dos serviços Web3. Alguns deles podem ser muito complicados, mesmo para especialistas em criptomoedas.

Um conhecido colecionador de artes digitais tentou executar o complicado processo de empacotamento de NFTs, mas acidentalmente enviou o ativo para um endereço errado, perdendo permanentemente o ativo.

“Disseram-me para seguir exatamente as instruções, então eu fiz”, explicou Brandon Riley, mas no processo ele perdeu 77 ETH, no valor 135 mil dólares, aproximadamente 703 mil reais.

Em um tweet, o colecionador de NFT escreveu que o token CryptoPunk #685 foi irremediavelmente perdido após ser enviado acidentalmente para um endereço errado.

“Hoje, ao tentar empacotar o CryptoPunk #685, queimei-o acidentalmente. Eu estava tão focado em seguir exatamente as instruções que cometi o erro de destruir um terço da minha fortuna em uma transação”, escreveu Riley.

NFT perdido para sempre

Riley é um investidor experiente que decidiu comprar novos NFTs pouco antes do mercado de criptomoedas entrar em um novo ciclo de alta. Como resultado, ele tomou a decisão de encapsular o NFT, um método comum de empréstimo.

Ele decidiu pedir dinheiro emprestado usando seu novo NFT CryptoPunk como garantia. No entanto, por não estar familiarizado com os detalhes do uso de contratos, ele aprovou o envio de seu NFT para um endereço de queima.

O investidor admitiu que não tinha experiência em trabalhar com NFTs encapsulados antes. Ele comprou este NFT há apenas 12 dias por 77 Ethers e disse que é cerca de um terço de seu patrimônio líquido.

Com um pouco de ironia, ele pediu ao criador do NFT, Yuga Labs, que lhe enviasse o token correspondente de sua outra coleção lançada em 2017, antes do início da euforia do NFT.

A conclusão de Riley do evento foi “Eu simplesmente não deveria ter tentado isso sozinho, eu acho.”

“Eu não empacotei esse punk para vender na Blur. Este era para ser o meu “eterno punk”. Só empacotei porque precisava de algum dinheiro emprestado.”

Enquanto usuários do Twitter achavam que o colecionador de NFT devia ter “bolsos fundos”, Riley negou rumores de que tinha pegado dinheiro emprestado para comprar o NFT.

O incidente desencadeou mais uma rodada de discussão sobre as questões de UX/UI dos serviços Web3. Alguns deles podem ser muito complicados, mesmo para especialistas em criptomoedas.

Seus seguidores no Twitter mostraram apoio a ele. Alguns usuários criticaram os serviços Web3 por sua relutância em construir interfaces de usuário intuitivas para operações básicas.

Lembre-se que recentemente um investidor trocou 2 milhões de dólares, cerca de 10 milhões de reais, por apenas US$ 0,05 (R$ 0,25), perdendo todo seu patrimonio devido a um clique errado.

A plataforma onde o investidor perdeu o dinheiro disse que com base no incidente, vai trabalhar para melhorar a interface de modo que mostre que o usuário está perdendo dinheiro conforme configura pontes e tolerâncias de trocas.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Leia mais sobre:
Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias