Irritado com pandemia, Kim Jong Un executa doleiro

Sob a pressão da pandemia e da crise econômica, o déspota norte-coreano está respondendo com fúria. 

Siga no
Kim Jong-un - Coreia do Norte
Kim Jong-un - Coreia do Norte

O ditador da Coreia do Norte está bastante irritado com a pandemia do corona vírus e seus impactos na economia, de acordo com a Associated Press (AP), Kim Jong Un está tomando “medidas irracionais” para conter a disseminação do vírus, incluindo ordenar a execução de duas pessoas, proibir a pesca no mar e fechar a capital, Pyongyang.

Uma das duas pessoas executadas era um conhecido doleiro, que teria sido responsabilizado pela queda da taxa de câmbio da Coreia do Norte. Kim teria mandado executar o doleiro no mês passado e um funcionário do governo que supostamente violou regras sobre importação de produtos, disse a agência de notícias.

O doleiro, também citado pela agência como cambista, é uma pessoa cujo negócio é a troca de moedas de um país por outro.

No início de novembro ele impôs medidas de bloqueio em várias áreas onde as autoridades encontraram mercadorias não autorizadas e moedas estrangeiras que foram trazidas.

Assim como acontece no mundo todo, a economia do país sofreu nos últimos meses, quando a Coreia do Norte foi forçada a fechar sua fronteira com seu maior parceiro comercial, a China.

Sob a pressão da pandemia e da crise, o déspota norte-coreano está respondendo com fúria e pânico. Ele também proibiu a pesca no mar como parte dos esforços frenéticos para se proteger do vírus.

“Kim Jong Un está tomando medidas irracionais”, disse o parlamentar da oposição Ha Tae-keung a repórteres após ser informado pelo Serviço Nacional de Inteligência de Seul. “Ele está extravasando sua raiva e implementando medidas que carecem de bom senso.”

A informação da inteligência sul-coreana não pôde ser verificada de forma independente por jornais, os fluxos de informações da misteriosa Coreia do Norte são muito limitados e tais notícias nem sempre são precisas.

Enquanto isso, o legislador do partido governante sul-coreano Kim Byung-kee, que participou do mesmo briefing do Serviço de Inteligência observou que a Coréia do Norte não divulgou o resultado da eleição dos EUA na mídia estatal, sinalizando preocupação sobre a vitória de Joe Biden.

O regime teme que medidas tomadas pelo presidente Donald Trump sejam anuladas e que Washington volte à abordagem da era Obama de “paciência estratégica” com a Coreia do Norte.

Alguns especialistas temem que a Coreia do Norte possa conduzir um teste de armas depois que Biden assumir o poder para levar suas preocupações à agenda diplomática do novo presidente.

A Coreia do Norte recentemente determinou lockdown na capital, Pyongyang, e na província de Jagang, no norte, para conter o vírus.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores....
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias