Irritado com pandemia, Kim Jong Un executa doleiro

Sob a pressão da pandemia e da crise econômica, o déspota norte-coreano está respondendo com fúria. 

O ditador da Coreia do Norte está bastante irritado com a pandemia do corona vírus e seus impactos na economia, de acordo com a Associated Press (AP), Kim Jong Un está tomando “medidas irracionais” para conter a disseminação do vírus, incluindo ordenar a execução de duas pessoas, proibir a pesca no mar e fechar a capital, Pyongyang.

Uma das duas pessoas executadas era um conhecido doleiro, que teria sido responsabilizado pela queda da taxa de câmbio da Coreia do Norte. Kim teria mandado executar o doleiro no mês passado e um funcionário do governo que supostamente violou regras sobre importação de produtos, disse a agência de notícias.

O doleiro, também citado pela agência como cambista, é uma pessoa cujo negócio é a troca de moedas de um país por outro.

No início de novembro ele impôs medidas de bloqueio em várias áreas onde as autoridades encontraram mercadorias não autorizadas e moedas estrangeiras que foram trazidas.

Assim como acontece no mundo todo, a economia do país sofreu nos últimos meses, quando a Coreia do Norte foi forçada a fechar sua fronteira com seu maior parceiro comercial, a China.

Sob a pressão da pandemia e da crise, o déspota norte-coreano está respondendo com fúria e pânico. Ele também proibiu a pesca no mar como parte dos esforços frenéticos para se proteger do vírus.

“Kim Jong Un está tomando medidas irracionais”, disse o parlamentar da oposição Ha Tae-keung a repórteres após ser informado pelo Serviço Nacional de Inteligência de Seul. “Ele está extravasando sua raiva e implementando medidas que carecem de bom senso.”

A informação da inteligência sul-coreana não pôde ser verificada de forma independente por jornais, os fluxos de informações da misteriosa Coreia do Norte são muito limitados e tais notícias nem sempre são precisas.

Enquanto isso, o legislador do partido governante sul-coreano Kim Byung-kee, que participou do mesmo briefing do Serviço de Inteligência observou que a Coréia do Norte não divulgou o resultado da eleição dos EUA na mídia estatal, sinalizando preocupação sobre a vitória de Joe Biden.

O regime teme que medidas tomadas pelo presidente Donald Trump sejam anuladas e que Washington volte à abordagem da era Obama de “paciência estratégica” com a Coreia do Norte.

Alguns especialistas temem que a Coreia do Norte possa conduzir um teste de armas depois que Biden assumir o poder para levar suas preocupações à agenda diplomática do novo presidente.

A Coreia do Norte recentemente determinou lockdown na capital, Pyongyang, e na província de Jagang, no norte, para conter o vírus.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias