Itaipu poderá minerar Bitcoin no Paraguai, diz parlamentar

Ponto turístico em Foz do Iguaçu, sul do Brasil, faz divisa com a Ciudad del Este no Paraguai.

Siga no
Hidrelétrica Itaipu Binacional entre Brasil e Paraguai
Hidrelétrica Itaipu Binacional, entre Brasil e Paraguai

A usina Itaipu Binacional, que fica na divisa entre o Brasil e Paraguai, poderá minerar Bitcoin em breve, de acordo com um político do país.

Por 21 anos, a hidrelétrica de Itaipu ostentou o título de maior usina do mundo. Produzindo uma grande quantidade de energia diária, a produção é dividida entre Brasil e Paraguai.

Assim, gerando energia que abastece ambos os países, a produção que pertence ao Paraguai poderá até ter uso na rede do Bitcoin.

Vale o destaque que o parlamentar paraguaio também planeja propor legalização do Bitcoin nos moldes de El Salvador.

Deputado paraguaio planeja utilizar energia gerada em Itaipu, uma das maiores hidrelétricas do mundo, para minerar Bitcoin

A mineração de Bitcoin começou a ser banida em países da Ásia e Oriente Médio, mas pode chegar com força na América Latina. Isso porque, El Salvador planeja minerar a moeda digital com a energia gerada por seus vulcões.

Vendo o movimento, o Deputado Carlitos Rejala, do Paraguai, afirmou que a energia gerada pela hidrelétrica de Itaipu também poderia ser utilizada para garantir o futuro do Bitcoin.

“Vamos olhar para um futuro onde a energia de nossas empresas binacionais servirá como um investimento em futuro muito inovador. #Bitcoin.”

Na última quinta-feira (17), Carlitos já havia chamado atenção para a grande quantidade de empresas que estão aceitando a criptomoeda no país. Ele prometeu que em julho de 2021 o Paraguai receberá uma proposta para aprovar uma lei Bitcoin no país.

“Este é o Paraguai, julho, nós legislamos!”, disse pelo Twitter

Itaipu tem gerado mais energia com menos água e é uma referência em energia renovável pelo mundo

Em relação à mineração de Bitcoin, a atividade recebeu olhares atentos nos últimos meses, principalmente por críticos da criptomoeda. Tudo começou após a Tesla anunciar que iria suspender pagamentos com a moeda devido aos problemas causados ao meio ambiente.

No entanto, o possível reforço na mineração com a hidrelétrica de Itaipu, representaria mais um grande uso de energia renovável no processo de minerar Bitcoin.

Na última quinta-feira, por exemplo, a Binacional Itaipu, gestora da usina, afirmou que a produtividade da energia gerada no local é a melhor do mundo hoje.

“Tudo isso graças aos cuidados com o meio ambiente, com nossos equipamentos e com a formação profissional de nossos empregados.”, afirmou o general João Francisco Ferreira, atual diretor-geral na administração da parte brasileira da Usina.

O diretor de Itaipu ainda falou, em nota à imprensa, “sobre os recordes de produtividade que Itaipu vem batendo seguidamente nos últimos tempos, ou seja, tem conseguido produzir mais energia utilizando menos água, o que é de grande importância nesses tempos de escassez“.

No final de 2020, a Itaipu deu como premiação de um evento Bitcoin para os vencedores do torneio.

Vale o destaque que nos Estados Unidos, a empresa Bitfarm, que minera Bitcoin com uso de energia hidrelétrica, terá suas ações listadas na Nasdaq no próximo dia 21 de junho, mostrando que empresas que realizam essa atividade têm crescido na América toda, de Norte ao Sul.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores....
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias