Jogador de pôquer confessa fraude de R$ 100 milhões envolvendo criptomoedas

Fraude foi confessada em tribunal!

Siga no
Fraude feita por Jogador de Pôquer
Fraude feita por Jogador de Pôquer

Um famoso jogador de pôquer profissional foi considerado culpado por uma fraude que envolveu criptomoedas. Dennis Blieden confessou sua culpa de aplicar golpe em sua antiga empresa, usando os fundos do golpe para investir em criptomoedas e financiar seu estilo de vida luxuoso.

Jogador de pôquer famoso é culpado por fraude em empresa que trabalhou

O jogador profissional de pôquer, Dennis Blieden, fraudou uma antiga empresa onde trabalhou, desviando dinheiro. O pôquer, considerado o esporte da mente, foi associado a uma mentalidade criminosa neste caso.

De acordo com o Departamento de Justiça dos EUA, em comunicado no último dia 22, Dennis teria se declarado culpado das acusações. As suspeitas eram de fraude eletrônica e roubo de identidade que permitiram ao ex-executivo da StyleHaul Inc, levar milhões da empresa. Na StyleHaul, que se mudou para Londres no início de 2019, Blieden era responsável pela contabilidade e pelas finanças.

A empresa que realiza o trabalho de marketing digital de influenciadores do Instagram e YouTube, teria sido lesada em U$ 22 milhões, ou cerca de R$ 100 milhões. Ao confessar para a Justiça dos EUA que teria cometido tal fraude, Dennis envolveu as criptomoedas em sua fala.

Em sua confissão, o jogador de pôquer profissional afirmou que utilizou o dinheiro para gastos com finanças pessoais. Além disso, o jogador de pôquer teria realizado apostas com criptomoedas, tudo parte de sua fraude contra a antiga empresa.

Como era VP da StyleHaul do setor financeiro, o ex-funcionário teria tido acesso a contas bancárias. Com isso, teria usado de sua autoridade para transferir dinheiro destes bancos, separando uma parte para investimentos com criptomoedas.

Dennis Blieden
Dennis Blieden

Registros falsos na contabilidade da empresa ofuscaram roubo por um tempo

Para piorar a situação, Dennis Blieden fraudou a contabilidade da StyleHaul. Dessa forma, os saques nos bancos passavam impunes na visão dos outros envolvidos com a StyleHaul. Entradas e saídas falsas do capital da empresa foram comuns durante a fraude, alguns passando diretamente para a conta de Dennis.

Em outro ponto, alugou um condomínio no México por cerca de R$ 1 milhão, do qual houve um agravante. Dennis teria utilizado para isso a assinatura falsa de um executivo da empresa. Por isso, foi acusado de roubo de identidade no processo em aberto.

O Departamento de Justiça afirmou que até o FBI já investigou este caso. Contudo, a possível fraude realizada pelo jogador de pôquer, que envolveu criptomoedas, poderá sair caro.

A justiça dos EUA já afirmou que este caso está sendo processado por uma promotora assistente dos EUA, na Seção de Fraudes. Em resumo, a pena máxima para o caso poderá ser de 22 anos em uma prisão federal. O jogador profissional de pôquer responsável pela fraude teria sido demitido da StyleHaul no início de 2019.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Polícia faz operação contra fraude de criptomoedas

Polícia Civil prende pai que expôs filha no FaceCast

Um morador de uma cidade do interior de Minas Gerais teria utilizado o aplicativo FaceCast para cometer um crime contra sua própria filha. Denunciado...

Bilionário em Bitcoin vai concorrer ao governo da Califórnia

Um dos primeiros investidores em Bitcoin e CEO da empresa de capital de risco Social Capital, Chamath Palihapitiya, está concorrendo à governador da Califórnia....

Coluna do TradingView: Sentimento do mercado continua altista

Mesmo com Ethereum rompendo novos topos, as outras moedas não tem acompanhado o movimento e tem caído junto com o Bitcoin. Confira o olhar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Bilionário em Bitcoin vai concorrer ao governo da Califórnia

Um dos primeiros investidores em Bitcoin e CEO da empresa de capital de risco Social Capital, Chamath Palihapitiya, está concorrendo à governador da Califórnia....

Coluna do TradingView: Sentimento do mercado continua altista

Mesmo com Ethereum rompendo novos topos, as outras moedas não tem acompanhado o movimento e tem caído junto com o Bitcoin. Confira o olhar...

Artigo da revista Time: “não demonizem o Bitcoin”

Conforme as criptomoedas vão ficando cada vez mais famosas, os críticos passam a apontar qualidades como defeitos. Assim, tem aumentado a propagação de uma...

Como as escolhas de Biden vão impactar as criptomoedas

O indicado para assumir a presidência da SEC, o órgão regulamentador e de controle dos mercados financeiros dos Estados Unidos, foi aprovado ontem pelo...

Gamestop (GME) sobe 145% em 2 horas, por quê?

Uma empresa com prejuízo acumulado de US$ 1,6 bilhão nos últimos 3 anos. Para piorar, atua principalmente em lojas físicas de videogames, um mercado...