Justin Bieber e Madonna são processados por investidor de NFT revoltado com prejuízo

Coleção anunciada por personalidades é alvo de ação de investidores.

Em um processo movido por um investidor de NFTs revoltado contra a Yuga Labs, da coleção Bored Ape, sobrou até para os cantores Justin Bieber, Post Malone, Madonna, Abel Tesfaye (The Weeknd) e marcas como a Adidas e Universal.

Esses são apenas alguns dos citados na causa judicial inusitada que chegou na justiça norte-americana.

De acordo com o autor da demanda judicial, sua ação pretende restaurar a honra de todos que investiram em NFTs e registraram prejuízos.

Justin Bieber e outros famosos são processados por investidor de NFTs revoltado com prejuízo

Em um processo movido pelos investidores Adonis Real e Adam Titcher, várias personalidades foram intimadas a prestar esclarecimentos no banco dos réus.

Entre os famosos estão Justin Bieber, Madonna, Post Malone, Serena Williams, Paris Hilton, entre outros mais. Empresas citadas são MoonPay USA, Universal Television, Adidas, entre outras.

De acordo com os investidores que compraram NFTs da Yuga Labs entre abril de 2021 e dezembro de 2022, a ação busca restaurar a honra de todos os investidores de NFTs.

“Os autores instauram esta ação em nome de todos os investidores que compraram tokens não fungíveis (“NFTs”) ou tokens ApeCoin (“ApeCoin”) da Yuga entre 23 de abril de 2021 e o presente (o “Período Relevante”) e foram prejudicados por isso.”

Apresentada em um Tribunal da Califórnia nos Estados Unidos, a ação acusa celebridades de apresentarem investimentos em NFTs e criptomoedas como promissores.

Uma suposta fraude praticada pela Yuga Labs para vender criptomoedas aparece na ação, que busca imputar crimes aos réus, que promoveram golpes.

Autores querem de volta 5 milhões de dólares que perderam com investimento

Ao comprar uma criptomoeda ou um NFT, investidores concordam com termos de uso de plataformas sobre as regras. Além disso, indicam que conhecem e estudaram o ativo de interesse antes da aquisição.

Contudo, os investidores da Califórnia alegam que foram atraídos para o esquema após o uso de personalidades. Ou seja, registram um prejuízo que não era esperado.

Assim, na justiça, eles pedem de volta 5 milhões de dólares da Yuga Labs e demais personalidades citadas. Caso condenadas, as partes devem pagar solidariamente as custas processuais e o reembolso aos investidores lesados. Todos os réus citados estão sob a jurisdição da justiça da Califórnia, segundo a defesa.

A coleção Bored Ape viralizou em 2021, com famosos como Justin Bieber e Neymar Júnior investindo alguns milhões em NFTs. Apesar disso, as personalidades que investiram nos ativos também registram prejuízos com a queda dos colecionáveis.

Justin Bieber, por exemplo, detinha um NFT de R$ 7 milhões, que perde 95% de valor. Por não estar sob a jurisdição da Califórnia, o jogador brasileiro Neymar não é citado na ação.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias