Líder de pirâmide com Bitcoin é espancado até a morte

Um homem por trás de um golpe de US $ 67 milhões envolvendo bitcoin foi encontrado morto pela polícia, de acordo com o jornal Times of India. A polícia prendeu cinco pessoas suspeitas de matar Abdul Shakoor, o homem por trás da fraude. O corpo de Abdul foi deixado em um hospital pelos suspeitos que fugiram do local. Abdul foi espancado e torturado até a morte.

Cinco pessoas foram presas suspeitas de terem torturado Abdul até a morte. A polícia informou que um golpe com bitcoin no valor de centenas de milhões de dólares causou o assassinato de Abdul, que atraía pessoas a investir em bitcoin, mas fugiu com dinheiro dos investidores.

A polícia descobriu que Abdul não estava apenas enganando centenas de pessoas que investiram em seu esquema Ponzi, mas também sua equipe. Ele disse à sua equipe que sua conta de Bitcoin havia sido invadida e que planejava lançar uma criptomoedas própria  para devolver dinheiro aos investidores. No entanto, os associados perceberam que estavam sendo enganados.

A polícia informou que, durante o interrogatório, o acusado disse que Abdul estava enganando seus parceiros, dizendo que sua conta de bitcoin havia sido invadida e que ele havia perdido todos os fundos. Mas eles não acreditaram nele e fizeram um plano para obter a senha de Abdul através da tortura, o que levou à morte de Abdul.

Não está claro para a polícia ainda se Abdul realmente perdeu os bitcoins ou se estava enganando seus investidores. Após sua morte, é improvável que os investidores recuperem seus fundos que haviam investido com Abdul.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org

Últimas notícias