Líder de pirâmide com Bitcoin é espancado até a morte

-

Siga no
Anúncio

Um homem por trás de um golpe de US $ 67 milhões envolvendo bitcoin foi encontrado morto pela polícia, de acordo com o jornal Times of India. A polícia prendeu cinco pessoas suspeitas de matar Abdul Shakoor, o homem por trás da fraude. O corpo de Abdul foi deixado em um hospital pelos suspeitos que fugiram do local. Abdul foi espancado e torturado até a morte.

Cinco pessoas foram presas suspeitas de terem torturado Abdul até a morte. A polícia informou que um golpe com bitcoin no valor de centenas de milhões de dólares causou o assassinato de Abdul, que atraía pessoas a investir em bitcoin, mas fugiu com dinheiro dos investidores.

A polícia descobriu que Abdul não estava apenas enganando centenas de pessoas que investiram em seu esquema Ponzi, mas também sua equipe. Ele disse à sua equipe que sua conta de Bitcoin havia sido invadida e que planejava lançar uma criptomoedas própria  para devolver dinheiro aos investidores. No entanto, os associados perceberam que estavam sendo enganados.

Anúncio

A polícia informou que, durante o interrogatório, o acusado disse que Abdul estava enganando seus parceiros, dizendo que sua conta de bitcoin havia sido invadida e que ele havia perdido todos os fundos. Mas eles não acreditaram nele e fizeram um plano para obter a senha de Abdul através da tortura, o que levou à morte de Abdul.

Não está claro para a polícia ainda se Abdul realmente perdeu os bitcoins ou se estava enganando seus investidores. Após sua morte, é improvável que os investidores recuperem seus fundos que haviam investido com Abdul.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

Grupo Bitcoin Banco não pagou comissões para ex-funcionária

O Grupo Bitcoin Banco não pagou o que deve a uma série de clientes que investiram em criptomoedas utilizando essa corretora. Os funcionários do...

Campanha presidencial de Trump é atacada por golpistas de criptomoeda

Na reta final para as eleições nos EUA o site oficial da campanha de Donal Trump foi atacado por um grupo de hackers que...

Por que a CME mudou o jogo do Bitcoin em 2020

Chicago Mercantile Exchange (CME) é a maior bolsa de derivativos do mundo. Dentre seus produtos estão os contratos futuros e opções de petróleo, soja,...