Los Pobres Coin: Criptomoeda brasileira que prometia ajudar pobres é acusada de calote

Projeto arrecadou recursos com investidores em ICO, mas não tem mostrado transparência após captação.

Los Pobres Coin é acusada por brasileiro de lesar investidores
Los Pobres Coin é acusada por brasileiro de lesar investidores /Reprodução

A criptomoeda brasileira Los Pobres Coin está sendo acusada de ser um calote, já que várias promessas do projeto não foram cumpridas.

Em conversa com o Livecoins, o investidor se apresentou como “um dos enganados pelo Projeto Los Pobres Coin, de responsabilidade de Marcelo Galhardo“.

Com uma oferta de venda programada para acontecer no mercado e adiado por várias vezes, segundo relato do investidor, o CEO estaria sem credibilidade com os investidores.

Vale o destaque que pelo explorador da Bscan fica claro que mais de 1.270 carteiras detém o token, que teve algumas unidades comercializada via PIX com investidores.

CEO da Los Pobres Coin é Marcelo Galhardo, conforme site do projeto
CEO da Los Pobres Coin é Marcelo Galhardo, conforme site do projeto /Reprodução

Criptomoeda para doar dinheiro para os pobres

Em seu relato à reportagem, o investidor conheceu o projeto e se interessou pela promessa de ajudar em uma moeda de cunho social. Além disso, durante a “ICO”, que foi feita até via PIX do CEO da Los Pobres Coin, os investidores recebiam a promessa de obter 6 vezes de retorno só no lançamento da moeda ao mercado.

“Este investimento trata-se de um projeto de criptomoeda que pretendia no seu início ter um cunho social sendo parte dos valores arrecadados destinados aos pobres. Este projeto arrecadou dinheiro através das vendas privadas sendo a maioria delas através de PIX na conta pessoal do Marcelo Galhardo sem a emissão de nota fiscal. A maior parte das vendas foram realizadas a 0,01 USD e eram prometidos lucros de mais de 6x no dia do lançamento da moeda.”

O investidor agora desconfiado narra que tudo ia bem com o investimento, quando o CEO começou a apresentar um comportamento estranho.

Cobrado pelos investidores sobre o que estaria fazendo com o dinheiro, alguns descobriram que Marcelo estava, na verdade, realizando operações com criptomoedas e perdeu boa parte do valor.

Ou seja, ele prometeu criar uma criptomoeda para ajudar os miseráveis, mas estava deixando seus investidores pobres.

O lançamento da moeda que daria retornos astronômicos aos investidores acabou sendo adiada pelo menos cinco vezes, sendo que nesta segunda-feira (7) era uma data, mas acabou não acontecendo novamente.

CEO prometeu Jogos para Ganhar e até moeda para mineração, mas projeto dificilmente terá solução acredita investidor

O investidor que conversou com o Livecoins, que não quer ter sua identidade revelada, narrou que muitos começaram a pedir o dinheiro de volta ao ver que não daria nada certo.

“Em vista desses problemas, foi pedido ao Sr. Marcelo Galhardo, o reembolso do dinheiro investido. Porém, o mesmo alega que não possui dinheiro suficiente para devolver para todos e que o investidor precisa aguardar o lançamento. Com todos os problemas da moeda no que se refere á transparência e falta de credibilidade no mercado, nenhum investidor quer comprar a moeda fracassando as vendas para novos usuários.”

No site do projeto é possível ver que haviam promessas de criar um Jogo 3D NFT, moeda para mineração chamada “Los Ricos Coin”, uma farm de DeFi e mais.

Ou seja, ele se apropriou de vários mecanismos do mercado de criptomoedas para convencer seus investidores que o projeto era sólido e sustentável.

Projeto prometia criar moeda minerável chamada Los Ricos Coin
Projeto prometia criar moeda minerável chamada Los Ricos Coin /Reprodução

A expectativa do investidor agora é que, mesmo que a moeda seja lançada, não dê o retorno prometido, pois, dificilmente alguém vai comprar um token BEP-20 nada transparente.

Em análise pela reportagem, outro risco aparente é a alta concentração da moeda em poucas carteiras, visto que 78% do token LPO estão em apenas 5 endereços.

Crimes percebidos e sonhos destruídos

Sem detalhar quantos outros investidores do projeto ele conhece, a fonte anônima apenas lembrou que são milhares de pessoas no prejuízo.

Muitos deles acabaram se conhecendo e identificando vários crimes, como a “venda de um produto e serviço que não condiz com o que foi vendido, atraso na entrega do produto, venda sem nota fiscal, uso do dinheiro para realizar operações financeiras sem consentimento e sem a permissão da CVM, a própria perda dos valores, esquema de pirâmide financeira e, crimes contra o sistema financeiro, promessa de lucros futuros, dentre outros“.

Agora, o comprador do token Los Pobres Coin, uma criptomoeda brasileira que prometeu muito e não entregou nada, se arrepende de ter confiado no projeto.

“Além de todo o prejuízo financeiro nossos sonhos foram destruídos, pois, milhares de pessoas se endividaram (inclusive de diversos países especialmente da Índia), pegaram empréstimo com o intuito de fazer um bom investimento e em troca somos humilhados todos os dias com o descaso e prepotência do Sr. Marcelo Galhardo. Gostaríamos do nosso dinheiro investido de volta, já que não houve entrega do produto conforme prometido.”

A reportagem tentou contato com o “CEO” do projeto, Marcelo Gallardo, mas não obteve sucesso até o fechamento dessa. O espaço permanece em aberto para manifestação.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias