Maior mercado negro da darknet fecha e some com R$ 168 milhões em bitcoins

Siga no

Recentemente muitos usuários de um dos maiores sites do mercado negro na darknet estavam preocupados com uma pausa inesperada no site. Agora, de acordo com fontes, o Empire Market fechou completamente e fugiu com o dinheiro de milhares de clientes. O suposto exit scam pode ter custado cerca de US $ 30 milhões (R$ 168 milhões) em Bitcoins que estavam em posse dos administradores do mercado negro.

A plataforma de vendas ficou offline por mais de 36 horas, para o desespero de muitos usuários. Durante o período inicial fora do ar, muitas teorias começaram a aparecer, com muitos culpando um ataque de negação de serviço (DDoS), mas com a situação ainda sem nenhuma explicação por parte dos administradores, a principal teoria é a de um exit scam.

Ainda não há nenhuma informação sobre o que realmente aconteceu, mas como foi postado pelo Dark.fail, um jornalista especializado em documentar e investigar a darkweb, até mesmo alguns moderadores do mercado estão sem respostas sobre o sumiço dos administradores, deixando claro a possibilidade de um golpe geral.

Dark.fail é um dos que acreditam que os administradores enganaram os muitos usuários do mercado negro. Muito além do prejuízo financeiro, há também um grande prejuízo para todo o setor que depende muito da confiança.

“Empire, o maior mercado da darknet acabou. Com nenhuma explicação de seus administradores e nenhum anuncio vindo das autoridades da lei, isso me parece um devastador exit scam.

O mercado estava em uma era do ouro da confiança. Espere um ano complicado de golpes similares no futuro.

O jornalista também exibiu algumas mensagens dos moderadores do site, mostrando que eles não têm ideia do que aconteceu e que, supostamente, também foram enganados e não obtiveram nenhum tipo de lucro com o sumiço dos administradores.

O maior mercado negro da internet

O Empire Market, também conhecido como DNM, foi criado em janeiro de 2018 e entrou justamente no vácuo deixando pela infame Alphabay. Não demorou para que logo o número de usuários aumentasse, alcançando um total de 1.3 milhões em pouco tempo.

Com uma movimentação de valores milionários, o DNM era o principal ponto de venda e compra de diferentes produtos e serviços. No entanto, com o seu fim, fica aberto um novo espaço para outras entidades do tipo. O que pode ser um problema para quem quer evitar golpes.

“Seis novos mercados na darknet já foram lançados nos últimos cinco dias. Espere muitos golpes.

Orfãos do Empire estão indo para o Monopoly e White House.

ToRREeZ me parece interessante,

Yellow Brick tem a confiança de alguns, mas já aplicou golpes antes.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Mão segurando picolé laranja, cor do Bitcoin

Homem compra picolé com Bitcoin em El Salvador em menos de 15 segundos

Um homem gravou um vídeo em El Salvador comprando um simples picolé com Bitcoin, a compra não demorou 15 segundos para ser completada. A...
Roberto Campos Neto, presidente do BCB no Brasil

Presidente do Banco Central do Brasil pede cautela com Bitcoin

O presidente do Banco Central do Brasil (BCB) pediu que as pessoas tenham cautela com o Bitcoin. Reunindo especialistas do setor financeiro brasileiro para...
Imagem: ShutterStock

Fundadores de corretora de Bitcoin desaparecem com R$ 17 bilhões de clientes

Dois irmãos na África do Sul podem ser responsáveis pelo maior golpe Ponzi envolvendo o Bitcoin já aplicado no país. O nome da empresa...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias