Manifestação e abaixo-assinado marcam 120 dias de atrasos do Grupo Bitcoin Banco

Investidores tentam reaver bitcoins presos em exchanges do grupo há quatro meses.

Siga no
Bitcoin segurado por duas mãos
Bitcoin segurado por duas mãos

Uma manifestação acontecerá nesta segunda-feira (16) em frente a sede do Grupo Bitcoin Banco, em Curitiba – PR. O protesto marca 120 dias de atrasos em pagamentos nas exchanges que fazem parte do grupo, a NegocieCoins e a TemBTC. Além disso, usuários lançaram um abaixo-assinado contra a organização mantida pelo empresário Cláudio Oliveira.

Há quatro meses o Grupo Bitcoin Banco anunciava problemas em sua plataforma. Na ocasião, usuários deixaram de receber bitcoins que estavam depositados nas corretoras que fazem parte do grupo.

A empresa supostamente enfrentou um ataque que resultou na perda de mais de R$ 50 milhões. Esse seria o motivo que levou o Grupo Bitcoin Banco a ter problemas com saques na plataforma. E desde então, grande parte dos investidores aguardam para receberem aquilo que foi aplicado nas empresas do grupo.

Manifestação acontece em frente e sede do Bitcoin Banco

A manifestação está marcada para acontecer às 10h da manhã. A proposta do grupo de investidores é chamar a atenção da empresa, que ainda enfrenta problemas para liquidar pagamentos em atraso. A expectativa da organização do manifesto também está voltada para um abaixo-assinado.

Organizada por investidores lesados pelo Grupo Bitcoin Banco, a manifestação espera reunir usuários com pagamentos em atraso na plataforma. Em um convite convocando investidores, os usuários do Grupo Bitcoin Banco esperam por justiça, após 120 dias sem pagamentos.

Convite manifestação Grupo Bitcoin Banco

Investidores criam abaixo-assinado contra a empresa

Um abaixo-assinado foi criado contra o Grupo Bitcoin Banco na internet. O documento foi apresentado neste último domingo (15), citando também o empresário Cláudio José de Oliveira. Em cerca de 19 horas, mais de cem usuários já haviam assinado no abaixo-assinado contra a empresa Grupo Bitcoin Banco.

Segundo o documento, já são 120 dias sem respostas sobre pagamentos em atraso. Além disso, o abaixo-assinado cita acordos extra-judiciais que não foram cumpridos. O pedido de providências ainda faz menção ao acordo coletivo, em que milhares de investidores foram lesados pelas exchanges NegocieCoins e TemBTC.

“Fazem 120 dias que nós clientes do Grupo Bitcoin Banco não recebemos o que foi custodiado nas corretoras de bitcoin, NegocieCoins e TemBTC”.

Em cerca de 24 horas, o abaixo-assinado já reuniu quase 200 assinaturas. O movimento deverá ganhar mais força após a manifestação marcada em frente a sede do Grupo Bitcoin Banco. Segundo o convite da manifestação, ainda existem usuários depositando bitcoins nas exchanges com problemas de saques que perduram há quatro meses.

O Grupo Bitcoin Banco ficou conhecido por seu esquema de “arbitragem infinita”. Milhares de usuários foram atraídos pela empresa, que oferecia lucros com a compra e venda de bitcoins. Isso acontecia graças a uma diferença satisfatória de preços do bitcoin entre as exchanges que fazem parte do mesmo grupo. Contudo, desde maio de 2019 o Grupo Bitcoin Banco enfrenta problemas para liquidar saques em atraso de milhares de clientes da plataforma.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Bitcoin em cima de uma pilha de dólares

Polícia Civil encontra Bitcoin em transações de traficantes e milícias

A polícia civil do Rio de Janeiro encontrou Bitcoin em transações financeiras de organizações criminosas (orcrims). A informação é de um jornalista do jornal...

Bilhões estão saindo do ouro e indo para o Bitcoin

Toneladas de ouro foram retiradas dos ETFs enquanto o preço do bitcoin estava subindo ao longo de 2020, mostrando uma correlação impressionante entre os...
UniSwap-arte

Defi chega a um milhão de usuários em todo mundo

As Finanças descentralizadas (DeFI) ultrapassaram um milhão de usuários apenas alguns meses depois de ganhar força em meados deste ano. O mercado cresceu 5...

Últimas notícias

Bilhões estão saindo do ouro e indo para o Bitcoin

Toneladas de ouro foram retiradas dos ETFs enquanto o preço do bitcoin estava subindo ao longo de 2020, mostrando uma correlação impressionante entre os...

Defi chega a um milhão de usuários em todo mundo

As Finanças descentralizadas (DeFI) ultrapassaram um milhão de usuários apenas alguns meses depois de ganhar força em meados deste ano. O mercado cresceu 5...

“Perdi amigos porque vendi Bitcoin”, diz cypherpunk brasileiro

De acordo com Avelino Morganti, um cypherpunk brasileiro, a comunidade bitcoin reagiu mal a sua saída do mercado. Ele relatou que até perdeu amigos...