Massacre de Suzano pode ter sido planejado em fórum criado por desenvolvedor de criptomoeda

Criminosos faziam parte de grupo na dark web que foi criado por idealizador de criptomoeda hard fork do Litecoin.

Siga no

O massacre em Suzano pode ter sido planejado em um fórum da dark web. Segundo uma recente publicação, os criminosos faziam parte de um fórum criado pelo desenvolvedor de uma polêmica criptomoeda, a BolsoCoin.

Dessa forma, os jovens teriam utilizado tais fóruns para arquitetar o plano que terminou com a morte de cinco alunos, duas funcionárias da escola e o tio de um dos criminosos. Além disso, os dois jovem se suicidaram, após atacarem a escola onde oito pessoas ainda permanecem internadas depois do ataque que abalou o Brasil.

Marcello criou fórum em que ataques podem ter sido planejados

Marcelo Valle Silveira é o responsável por ter criado a BolsoCoin. A criptomoeda é um hard fork da Litecoin. Esse ativo digital foi acusado de ter ligação com ataques extremistas e discursos de ódio através de seu criador. Após uma intensa investigação, Marcello foi preso e condenado há 42 anos de reclusão.

O legado de Marcello ficou na internet e no grupo que o criador da BolsoCoin manteve na dark web. De acordo com um publicação, foi através de um fórum criado pelo desenvolvedor da criptomoeda que os jovens agiram em Suzano – SP. Neste fórum existe culto da violência e uma linguagem voltada para o extermínio de minorias. Após o ataque em Suzano – SP, publicações de tal fórum foram apagadas, de acordo com publicação do Cryptoglobe.

Outro ataque foi orquestrado em mesmo fórum

Há alguns anos atrás o Brasil tentava entender o que fez um jovem matar 12 crianças. Com um perfil próximo ao dos atiradores de Suzano – SP, Wellington Menezes de Oliveira também recorreu a esse tipo de fórum para planejar o seu ataque, em mais um massacre envolvendo a morte de vários inocentes.

Segundo publicação, os jovens envolvidos no massacre de Suzano – SP também utilizavam tal fórum. Sendo assim, pistas e músicas teriam sido postadas por eles nesses grupos. De acordo com a reportagem, três dias antes do massacre os criminosos registraram atividades deste tipo.

Leia mais sobre:
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

“Perdi meu amigo”, diz homem que viu amigo entrar em depressão após bitcoin cair...

Comprar bitcoin por $ 20 mil em 2017 foi um risco que muita gente assumiu. Para alguns esse risco resultou em situações complicadas tendo...
Samy Dana

“Pessoal do Bitcoin me odeia, mas não entende o que eu falo”, diz Sammy...

Samy Dana é uma figura conhecida no criptomercado brasileiro, sendo até mesmo um meme na comunidade por causa de suas opiniões negativas sobre o...

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...

Últimas notícias

“Pessoal do Bitcoin me odeia, mas não entende o que eu falo”, diz Sammy Dana

Samy Dana é uma figura conhecida no criptomercado brasileiro, sendo até mesmo um meme na comunidade por causa de suas opiniões negativas sobre o...

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...

Polícia da China apreende R$ 22 bi em criptomoedas do maior golpe com Bitcoin

A polícia da China apreendeu pelo menos $ 4 bilhões em criptomoedas. Do valor, foram apreendidos uma grande quantidade de bitcoins, cerca de 1%...