Mercado Bitcoin vende novo lote de dívida pública tokenizada

Siga no

A exchange Mercado Bitcoin, uma das principais plataformas de compra e venda de Bitcoin do Brasil, lançou mais um lote de seus precatórios tokenizados. Com o novo lançamento já são mais de R$ 10 milhões de ativos da dívida pública tokenizados.

Neste novo lançamento o MB disponibilizou um novo ‘papel’ da dívida no valor de R$ 4 milhões. Os ativos são comercializados apenas dentro do MB e não podem ser retirados para wallet externa, até o momento.

A ideia é parte integrante do MB Digital Assets, que pretende oferecer uma cesta de ativos digitais para além das criptomoedas e que sejam lastreados em diferentes tipos de ativos físicos.

No total, até o momento, o MB já lançou três precatórios tokenizados, o primeiro de R$ 1,6 milhões, em 06 de agosto, o segundo de R$ 5 milhões também em agosto e agora este de R$ 4 milhões.

Precatórios são títulos de dívida pública emitido por entes federativos, ou seja, um estado, autarquia, municipio ou órgão da administração pública tem uma dívida para pagar a uma pessoa ou empresa. O precatório é como se fosse o ‘comprovante’ desta dívida. Desta forma quando a dívida for paga o precatório é extinto, no entanto, geralmente os precatórios demoram, no minimo de 3 a 4 anos para serem pagos, porém são corrigidos anualmente para incluir juros e correção monetária.

Na proposta do MB, ao adquirir uma ‘parte’ do precatório, o cliente da exchange passa a ter direito a receber uma fatia dele, desta forma, quando o título for quitado o MB fará a recompra dos tokens. Até que isso ocorra, eles podem ser negociados na plataforma entre os usuários.

A ideia do MB é ter até R$ 500 milhões em ativos tokenizados.

Leia mais sobre:

Comércio de Bitcoin na China aumenta, apesar de ser banido

Em 2017, a China fechou corretoras locais de criptomoedas, sufocando um mercado especulativo que era responsável por grande parte do comércio global de criptomoedas....
Divulgação/Goldman Sachs

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...
Bitcoin em fevereiro de 2021

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Província da China vai banir mineração de Bitcoin por causa do impacto ambiental

A emissão de gases de carbono é uma grande preocupação atualmente, sendo classificado como o principal causador do efeito estufa e um dos motivos...

Desenvolvedores voltam a atualizar Dogecoin

No meio da alta recorde das criptomoedas no ano passado, a Dogecoin (DOGE) se destacou como uma ovelha negra. Ela valorizou 2100% no intervalo...

Citibank: Bitcoin pode se tornar uma moeda de comércio global

O Bitcoin está em um "ponto de inflexão" e pode se tornar a moeda preferida para o comércio internacional, disseram analistas do gigante bancário...