Bolsas mundiais despencam e bitcoin cai para baixo de 8 mil dólares

Siga no
Bitcoin e gráfico em queda de preços
Bitcoin em queda de preços

Uma queda de dois dígitos no valor do Bitcoin surpreendeu o criptomercado e seus investidores na manhã desta segunda (9). Somente nos últimos dois dias, a criptomoeda teve uma queda de mais de 16%.

Assim, o valor da moeda digital despencou para uma média de 7.800 dólares. O preço é o mais baixo dos últimos 30 dias, e está diretamente relacionado a uma série de fatores como a atual movimentação do mercado global, que sofreu um elevado nível de pressão na venda de ações.

Isso acabou refletindo diretamente na criptomoeda mais forte do criptomercado.  A desvalorização do Bitcoin também está ligada a maior queda no rendimento do tesouro dos EUA nos últimos 10 anos. Seu valor está abaixo de 0,5% pela primeira vez na história.

bitcoin 9 3 2020
bitcoin 9 3 2020

Somado a estes dois fatos, o bitcoin também enfrenta uma elevada dificuldade no que diz respeito a dificuldade de mineração da criptomoeda. Além disso, locais que utilizam computadores mais antigos para minerar o ativo estão passando por um difícil período, o que afeta a sua produção.

Modelos como o AntMiner S9 e Avalon 851 encontram-se em um frágil ponto de equilíbrio. Isso faz com que não gerem lucros com o preço do Bitcoin e façam seu valor cair.

Bitcoin pode cair mais 20% de acordo com analista

Algo que divide opiniões e preocupa investidores é o fato de que ativos alternativos como as criptomoedas são consideradas porto seguros em meio a atual instabilidade econômica mundial.

Porém, com a atual queda do Bitcoin, esta reputação acaba sendo abalada pelas atuais circunstâncias. Assim, alguns analistas como Alex Krueger, tem uma opinião bastante pessimista com relação ao futuro da criptomoeda.

De acordo com ele, é possível que o preço do bitcoin possa cair até 20% a curto prazo, sobretudo ao fato de que seu volume de negociação permanece bastante baixo, em apenas 145 bilhões de dólares.

Por outro lado, especialistas como Nik Yaremchuk avaliam que o atual quadro não é tão desesperador. Isso porque a criptomoeda pode chegar ao nível de resistência de até 7.500 dólares, e a partir de então sofrer uma reação por parte dos compradores.

Seja como for, algo que traz otimismo com relação ao Bitcoin é o fato de que a criptomoeda nunca sofreu o risco de colapso ou recessão.

Assim sendo, para muitas pessoas o atual preço da criptomoeda está totalmente ligado com o sentimento de incerteza trazido pelo atual panorama do mercado global. Isso significa que em pouco tempo este quadro pode mudar, inclusive pelo fato do bitcoin ser um ativo altamente volátil.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".
El Salvador Bitcoin

El Salvador adota o Bitcoin em tempo recorde, mas nada ainda no Brasil

Em um feito histórico, El Salvador adotou o Bitcoin como sua moeda de curso legal juntamente com o dólar. A notícia movimentou a esfera...
Hacker com máscara do Anonymous apontando dedo

Anonymous publica mensagem pró-Bitcoin e anti-Elon Musk

O principal grupo do Anonymous no Twitter publicou nesta terça-feira (15) uma mensagem pró-Bitcoin e anti-Elon Musk. Na publicação, o tom ácido contra o...
Coinbase Pro lista Shiba Inu, Keep Network e Chiliz

Coinbase anuncia listagem de Shiba Inu, Chiliz e Keep Network, moedas disparam

A Coinbase anunciou que vai listar as criptomoedas Shiba Inu, Chiliz e Keep Network na próxima quinta-feira (17). Por ser a corretora de criptomoedas...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias