Michael Saylor: “Bitcoin vai durar 3950 anos, invista no que foi feito para durar muito”

Em seu mais recente tweet ele falou sobre como o Bitcoin foi construído para durar milhares de anos.

Siga no
Michael Saylor Kitcon News
Michael Saylor Kitcon News

Michael Saylor é um dos grandes apoiadores do Bitcoin e um dos mais conhecidos defensores da criptomoeda, sempre falando bem dela e de seus fundamentais para os seus mais de 1,3 milhão de seguidores.

Em seu mais recente comentário ele falou sobre a longevidade do Bitcoin e como e é importante investir no que foi criado para durar muito tempo.

Saylor ficou muito conhecido pelos investidores do Bitcoin após, através da sua empresa MicroStrategy, ter sido um dos principais motivadores da adoção institucional e até mesmo comprando Bitcoin durante as recentes quedas. 

Em seu mais recente tweet ele falou sobre como o Bitcoin foi construído para durar milhares de anos.

“A expectativa de vida de Uma companhia é 18 anos; De um prédio é 100 anos; Do Bitcoin é 3950 anos. Invista em coisas que são construídas para durar.”

A ideia de Michael aqui é bem simples: Ele, assim como milhões de investidores, acredita que o Bitcoin vai durar por muito tempo. O seu tweet foi uma resposta a uma pesquisa feita com seus seguidores, onde 37,6% responderam que acreditam que o Bitcoin durará 10 mil anos.

Através das dinâmicas de oferta e demanda, o Bitcoin pode mudar consideravelmente muitas coisas no setor financeiro, tornando o seu impacto ainda mais importante no longo prazo. Com isso, é possível sim que o Bitcoin seja feito para sobreviver quase 4 mil anos… ou até mais.

Mas e a computação quântica?

Curiosamente, uma das perguntas comuns na postagem de Saylor foi sobre como a computação quântica poderia ameaçar a longevidade do Bitcoin. Com alguns afirmando que o Bitcoin vai durar milhares de anos “…até os computadores se tornarem populares.” 

Essa é uma preocupação comum entre os muitos que acompanham a tecnologia do Bitcoin. Já que, em teoria, a criptografia do Bitcoin pode ser quebrada com o poder dos computadores quânticos.

No entanto, a tecnologia avança nos dois pontos do espectro e enquanto a tecnologia de computação quântica ganha mais força, o Bitcoin ganha novas camadas, atualizações e a sua criptografia se torna mais forte.

A computação quântica pode um dia sim ameaçar a criptografia do Bitcoin. Mas a criptomoeda não vai “ficar para trás” nessa corrida tecnológica. Mas apenas o futuro nos dirá se Saylor acertou no tempo de vida do Bitcoin.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
PayPal e Bitcoin

PayPal anuncia novo aplicativo para criptomoedas

O PayPal continua apostando nas criptomoedas, após ingressar no criptomercado há cerca de um ano, a empresa revelou seu novo app que traz recursos...
Ethereum. (Imagem: Adobe Stock)

Investidor veterano alerta: “Ethereum está entrando em momento de queda prolongada”

Peter Brandt é um veterano do mercado de investimentos e um nome bem respeitado entre quem acompanha criptomoedas. Peter não é um estranho para o...

“Corretoras de criptomoedas estão em risco”, diz Bloomberg

As corretoras de criptomoedas dos EUA podem estar prestes a enfrentar um grande risco de existência conforme as questões sobre a regulamentação do setor...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias