Mineradores de Bitcoin lucraram quase R$ 10 bilhões em outubro

Siga no
Equipamentos e recompensa de mineração de Bitcoin
Equipamentos e recompensa de mineração de Bitcoin /Imagem de 3D Animation Production Company por Pixabay

Os mineradores de Bitcoin lucraram alto no último mês de outubro, obtendo uma receita bilionária com suas atividades para a moeda digital.

A mineração de Bitcoin é uma atividade desenvolvida para adicionar registros de transações na rede, em que equipamentos tentam obter resultados para cálculos matemáticos impossíveis de se calcular com computadores comuns.

Isso confere mais segurança para a moeda digital, além de criar mais Bitcoin para o mercado, visto que moedas são geradas no processo, parte da recompensa dos mineradores.

Outra recompensa que os mineradores obtém é justamente as taxas das transações validadas na rede. A soma de taxas mais Bitcoins que ainda são criados compõe a receita dos mineradores.

Mineradores de Bitcoin lucram alta no mês de outubro, segunda maior receita da história

O finado mês de outubro de 2021 tem muita história para contar sobre a rede Bitcoin, visto que a atividade de transações foi grande e atraiu bastante usuários.

Naquele mês, por exemplo, o Bitcoin registrou sua maior cotação em relação ao Dólar, quando atingiu US$ 67 mil no mercado. O preço em Euro também registrou a máxima, assim como em relação a várias outras moedas fiduciárias pelo mundo.

Assim, a receita dos mineradores foi de cerca de US$ 1,70 bilhão, segundo uma apuração feita pelo site The Block, que lembrou que só não foi maior que março de 2021, quando a receita foi de US$ 1,75 bi.

Receita mensal dos mineradores de Bitcoin em 2021, segundo dados do The Block Crypto
Receita mensal dos mineradores de Bitcoin em 2021, segundo dados do The Block Crypto

Assim, com a segunda maior receita da história, os mineradores registram uma importante receita, avaliada em Real em quase R$ 10 bilhões.

Atualmente, cada bloco do Bitcoin gera 6,25 moedas, geradas em média a cada 10 minutos, que são a principal fonte de renda dos mineradores, que receberam só por isso US$ 1,69 bilhão.

Apenas 1,62% da receita veio de taxas

A receita dos mineradores veio praticamente das moedas criadas pelos blocos, visto que apenas 1,62% vieram de taxas da rede, que dá uma soma estimada de US$ 27,47 milhões.

Em março, por exemplo, o valor de taxas foi de US$ 167 milhões, com US$ 1,58 bilhão de receita das moedas criadas na rede. Essa informação revela que os mineradores ainda financiam suas atividades principalmente com novos Bitcoins, sendo as taxas ainda uma parcela pequena de seus lucros.

Para o futuro, com a redução das moedas criadas na rede, fato que ocorre em média a cada quatro anos (210 mil blocos), que é o processo chamado halving, as taxas deverão ser uma parte mais relevante na receita dos mineradores, que acabam utilizando parte dos lucros para custear a despesa com a atividade.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Criptomoeda do Facebook Diem e Libra

Facebook não vai mais proibir propagandas de criptomoedas

Desde o final da alta das criptomoedas em 2017 o Facebook e outras redes sociais limitaram ou até proibiram propagandas e conteúdo patrocinado sobre...

Homem é abordado na rua e obrigado a transferir bitcoins para assaltantes

Os crimes no criptomercado podem acontecer de diferentes maneiras, desde os roubos realizados em golpes digitais até mesmo roubos físicos. A polícia de São...

Novo recorde: Terreno em Metaverso é vendido por R$ 24 milhões

Poucos dias após a negociação de um terreno por cerca de R$ 17 milhões, uma negociação entre a Republic Realm e a Atari resultou...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias