Mineradores de bitcoin voltam a lucrar e sinais de alta começam a aparecer

Podemos estar vendo o começo da reversão de tendência de baixa.

Com o Bitcoin tendo um ano bem complicado durante 2022, muitos investidores sentiram a pressão dos ursos nos últimos meses, mas essa pressão também foi sentida pelos mineradores, uma parte vital para que a economia continue saudável.

E após meses de negatividade, os mineradores estão vendo uma luz no fim do túnel com a recente guinada de preço do ativo digital.

O Bitcoin está caminhando para um reteste do seu valor estimado de produção para os mineradores. De forma simples, estamos nos aproximando para um momento em que produzir 1 BTC custará o equivalente ao preço de 1 BTC.

Nos últimos meses a situação era justamente a oposta, com os mineradores produzindo Bitcoin com prejuízo, tecnicamente pagando para conseguir manter a mineração. Como é de se imaginar, isso é um grande desincentivo para as operações de mineração.

De acordo com informações da Glassnode, uma das mais importantes e reconhecidas companhias de análise de dados on-chain, o Bitcoin está caminhando para o importante teste de valor de produção, uma mudança positiva no cenário geral do ativo.

“O Bitcoin está no processo de retestar o valor estimado de produção para mineradores (…) Subir acima desse nível oferece um alívio necessário para a receita das mineradoras.”

Mineração do Bitcoin se recuperando

A recuperação do preço de produção do Bitcoin para os mineradores é resultado da recente guinada de preço que vem dando esperança também para os investidores. Mas também é algo planejado pelo próprio código da criptomoeda.

O Bitcoin tem em sua programação um ajuste de dificuldade, que aumenta ou diminui de acordo com a necessidade da rede a cada certo número de blocos minerados. Quando há um hashrate baixo, a dificuldade diminui, quando ele está alto, ela aumenta.

Com isso em mente, mesmo com os ajustes de dificuldade da rede, os mineradores ainda estavam passando por uma crise devido à pressão de venda recente e das constantes quedas de preço.

O gráfico da Glassnode mostra que os mineradores estavam operando com prejuízo desde os meses em que a FTX começou a dar sinais de colapso e acabou falindo.

Bitcoin: Modelo de Regressão de Dificuldade. Fonte: Glassnodes

Os mineradores já estavam sob imensa pressão no início do mercado de baixa devido a uma infinidade de fatores, como a queda do preço e os custos de eletricidade cada vez mais altos, mas esse período desde a queda do FTX tornou seus rendimentos ainda piores.

Com essa mudança, temos alguns dos sinais iniciais de que o Bitcoin começa uma virada de tendência e pode começar a caminhar para antigos níveis de suporte, que agora se tornaram resistência.

Investidores recentes estão no lucro

Outro dado que chama a atenção na análise da Glassnodes é que o preço do ativo está acima do “Preço Realizado de Curto Prazo”. O que indica que compradores recentes do ativo estão no lucro.

“O Preço do Bitcoin passou do valor de Preço Realizado de Curto Prazo em US$ 17,8 mil. Isso significa que as compras médias nos últimos 5 meses agora estão no lucro.”

Um outro sinal importante de que podemos estar vendo o começo da reversão de tendência de baixa.

💰 $100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias