NegocieCoins suspeita de adulterar volume negociado segundo Portal Americano Yahoo Finance

-

Siga no
Anúncio

A crise que afeta os clientes da corretora NegocieCoins já virou manchete nos Estados Unidos. O portal Yahoo Finance noticiou hoje a enxurrada de ações judiciais protocoladas contra a exchange devido ao suposto bloqueio indevido dos recursos de seus clientes. Ironicamente, a corretora não somente tem negado a retirada em Reais, mas também em criptomoedas.

yahoo

Segundo fontes declarando para o portal, apesar do comunicado onde a NegocieCoins alega ter sido vítima de ataque cibernético, cujo objetivo seria a retirada indevida de dinheiro de suas contas, ainda assim não haveria motivo para o bloqueio dos recursos mantidos em Bitcoins, BitCash ou LiteCoins.

Anúncio

No relatório apresentado pelo site TheBlock a NegocieCoins foi incluída numa “lista negra” de 48 corretoras por suspeita de adulteração no volume de transações exibido no seu Livro de Ofertas diário, em pesquisa feita entre os meses de Novembro de 2018 and Abril de 2019.

A NegocieCoins está entre as 48 corretoras que o The Block identificou no mês passado em uma análise de volumes falsos. A análise se-concentrou no tráfego mensal das corretoras de novembro de 2018 a abril de 2019 para obter uma imagem dos volumes reais no mercado de criptomoedas.

Essas alegações encontram respaldo quando confrontadas com a apuração feita por outro site de criptomoedas, a CoinMarket. Apesar de toda convulsão gerada no Twitter da NegocieCoins (veja neste link) e o crescente número de ações judiciais nos últimos 30 dias, o volume de Bitcoins transacionados pela corretora do Grupo Bitcoin Bank atinge $1.3 bilhões nas últimas 48-horas.

O site analisou 48 exchanges de criptomoedas, com foco no tráfego mensal nos últimos seis meses (variando de novembro de 2018 a abril de 2019). Houveram quase 800 milhões de visitas às exchanges nesse período.

O número de visitas ao website foi comparado com o volume de negociações entre as corretoras para identificar suspeitos que participam do volume de negociação falso, conforme indicado pelo volume desproporcionalmente alto em relação às visitas ao website.

Cerca de 86% dos volumes relatados parecem ser falsos, afirma o site, com 65% desse volume real total originado da Binance e Bitfinex, os quais praticamente não têm supervisão regulamentar.

O relatório completo pode ser visto no The Block Genesis

Por Pascual Ariel Arrechea

www.arrechea.net

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Avatar
Pascual Arrecheahttp://www.arrechea.net
Economista, contador, especialista em blockchain Investigando a tecnologia blockchain, RPAutomação, e o mercado de trabalho em tempos de Internet 3.0. Quero dividr meus achados e pensamentos pra tentar entender a tal criptoeconomia. “Play is just another version of work” Ray Kurzweil, The Singularity is Near

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

Possível diretor da CVM destaca Bitcoin aquecido

Um possível novo diretor da CVM destaca que o Bitcoin atravessa um momento em 2020 bem aquecido e a autarquia está de olho. O...

PayPal entra no mercado de criptomoedas

O gigante dos pagamentos PayPal anunciou que vai entrar de vez no mercado de criptomoedas, a empresa vai permitir que seus clientes comprem, vendam...

PF pode usar blockchain para identificar pessoas

Uma ferramenta blockchain que identifica pessoas será apresentada para delegados da PF, que pode começar a usar solução caso interesse. Na tarde desta quarta-feira (21),...