Negócio acusado de pirâmide financeira tem quebra de sigilo bancário

Justiça investiga negócio que oferecia 31% de lucro ao mês envolvendo o bitcoin.

Siga no

A Justiça determinou a quebra do sigilo bancário de um negócio acusado de pirâmide financeira. Milhares de pessoas foram lesadas no suposto investimento em criptomoedas. Após determinação judicial, contas relacionadas a empresa STM Investimentos poderão ser congeladas.

A STM Investimentos prometia lucros relacionados a um suposto investimento em bitcoins. A empresa prometia lucros de 31% para investidores que aplicassem na plataforma. Com um lançamento em Cotia – SP, o negócio chegou a ter sete mil usuários, de acordo com investigações.

Sigilo bancário da STM Investimentos será quebrado

Após investir em um negócio que não deu certo, vítimas procuram reaver tudo que perderam através da justiça. Porém, nem todos os casos envolvendo ações fraudulentas de investimentos resultam em recuperação de bens. Em muitos casos os criminosos somem com tudo que foi aplicado na empresa.

No caso da STM Investimentos, o dono do negócio sumiu e pagamentos deixaram de acontecer. Uma reportagem revela que Saulo Roque era o responsável pela STM Investimentos. O processo em questão não traz menção direta ao proprietário da STM Investimentos, mas faz restrições relacionadas ao que restou da empresa.

A justiça determinou que a quebra do sigilo bancário envolvendo a STM Investimentos seja concluída. Isso verificará movimentações financeiras da empresa citada no processo. A ação determinou ainda que valores encontrados nas contas relacionadas a STM Investimentos sejam bloqueados.

Outros bens da empresa poderão ser consultados, após a justiça entender que os negócios da STM Investimentos podem ser considerados como fraude. Sendo assim, caso existam imóveis em nome da empresa, estes poderão ser também bloqueados judicialmente.

Empresa oferecia investimentos em bitcoin

A STM Investimentos foi apontada como um legítimo caso de pirâmide financeira. Milhares de pessoas foram enganadas ao aplicarem na STM Investimentos. Em alguns casos, os investimentos ultrapassaram R$ 500 mil, conforme revela reportagem. Uma vítima conta quanto foi investido por várias vítimas que nunca mais viram o dinheiro investido na STM Investimentos.

“Investidores com seiscentos mil reais, um milhão. Pessoas que venderam casas, carros, pessoas que pediram dinheiro emprestado para agiotas. Para poder investir. Eu mesmo pedi dinheiro emprestado, eu não tinha. Eu pedi emprestado. É pouco, mas é meu”.

Vítimas aplicaram dinheiro próprio e até venderam imóveis em busca dos lucros inimagináveis prometidos pela empresa. Alguns fizeram empréstimos e nunca mais viram seus investimentos. Uma das vítimas da STM Investimentos busca reaver o que foi investido na empresa através da justiça.

A empresa prometia investimentos em bitcoin. Assim como muitos negócios fraudulentos, as criptomoedas mais uma vez foram utilizadas para enganar pessoas com pouco conhecimentos na área.

No caso da STM Investimentos, um lucro de 31% mensal era prometido sob o valor investido na empresa. O negócio alegava que o dinheiro estava sendo investido em bitcoins, porém, nenhuma prova sobre tal investimento foi apresentada.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Criptomoeda Ethereum ao lado do Bitcoin

Mineradores de Ethereum estão lucrando mais que os de Bitcoin

Os mineradores de Ethereum estão lucrando mais que os de Bitcoin, de acordo com dados divulgados por um estudo do The Block. A mineração de...
Criptomoeda Bitcoin sobre notas de Dólar dos Estados Unidos

46 milhões de americanos investiram em criptomoedas, aponta pesquisa

O número de pessoas que já compraram criptomoedas nos Estados Unidos tem aumentado nos últimos anos. De acordo com um novo levantamento, 46 milhões...
Globo Hashdesh coinbase

Globo e Coinbase investem em empresa brasileira de criptomoedas

A Rede Globo - sim, a maior emissora do Brasil e a segunda maior do mundo - por meio do seu braço de investimentos Globo...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias