NFTs na rede Bitcoin apresentam problemas que quebram sequência

Sistema de inscrições de novos NFTs com Ordinals começa a registrar com falhas novas artes na rede.

Os Ordinals, que se apresentam como NFTs da rede do Bitcoin, causaram uma nova polêmica após a inscrição de um possível bug em seu sistema de inscrição de artes. Após o incidente, a comunidade discute o que pode ocorrer no futuro com novas transações.

Descoberto na última quinta-feira (4), o bug publicado no GitHub logo atraiu atenção da comunidade envolvida com os “jpegs”. O responsável pela descoberta inclusive brincou que pode se chamar “o quebrador de jpegs” agora.

Tudo começou após o desenvolvedor “Supertests” gerar uma transação com Ordinals que não gerava um output. A curiosa transação aceita no sistema acabou causando um enorme problema, visto que os próximos Ordinals criados não conseguem mais se organizar sequencialmente.

Transação para inscrever Ordinals quebrou o sistema de NFTs na rede bitcoin
Transação para inscrever Ordinals quebrou o sistema de NFTs na rede bitcoin/Reprodução.

Como resultado da transação, os numerais que os Ordinals utilizam para sequenciar os NFTs apresenta problemas.

Desenvolvedor diz que quebrou lógica dos NFTs do Bitcoin e que quer “quebrar coisas”

Desenvolvedor anônimo com foco em bitcoin, o “SuperTestNet” publicou em seu Twitter que criou uma ferramenta para aumentar o erro na teoria lógica dos Ordinals. O caso é considerado pela comunidade bitcoin como o primeiro ataque ao polêmico sistema de NFTs que chegou na rede em 2023, e aumentou as taxas de transações.

Segundo o desenvolvedor, quem configurar sua nova ferramenta, conseguirá causar mais erros na lógica dos Ordinals. Em uma publicação no Twitter, ele convida outros a se unirem a causa, dizendo “vamos quebrar coisas”.

O custo do ataque, segundo ele, é de 10 mil satoshis, ou seja, de R$ 14,61 com a cotação do bitcoin em R$ 146 mil, segundo dados do Mercado Cripto.

Parte da comunidade discorda que ataque é perigoso

Outro desenvolvedor do ecossistema que acompanhou o debate, Danny, riu da inscrição de uma transação com 0 de valor nos parâmetros.

Contudo, ele não acredita que o ataque tenha um conceito totalmente novo, visto que ele próprio já havia alertado sobre a falha no passado. Além disso, ele acredita que o que realmente está quebrado agora é a forma de quais inscrições de pedidos ocorreram na rede.

De qualquer forma, mais uma polêmica se acumula entre os Ordinals, um mecanismo que já inscreveu vários NFTs na rede bitcoin nos últimos meses.

Parte dos maximalistas de bitcoin enxergam o mecanismo como um ataque DDoS na rede, visto que os NFTs aumentam os custos de transações e sobrecarregam os nodes. Mesmo assim, a comunidade envolta a ativos colecionáveis gosta de ver a blockchain da principal moeda digital do mundo com “jpges” guardados para sempre.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias