Nubank planeja criar consultoria de criptomoedas

Um dos maiores bancos do Brasil se preparando para entrar com produto no mercado.

Nubank símbolo
Nubank símbolo

O unicórnio Nubank pode estar se preparando para criar uma consultoria comercial de criptomoedas no Brasil. O tema ocupa as empresas pelo mundo que já não podem mais ignorar a presença do Bitcoin.

As maiores organizações já estão se movimentando no setor, como a Tesla, que comprou Bitcoin como reserva de valor, assim como a MicroStrategy e Square.

No Brasil, a Even foi a primeira listada na bolsa a aceitar criptomoedas como meio de pagamento, mas outras menores também colocaram esta opção para seus clientes. Dessa forma, fica claro que há uma tendência de empresas quererem trabalhar com a tecnologia.

Ao mesmo tempo, contudo, empresas não detém o conhecimento técnico para conseguir entrar com segurança neste espaço de inovação financeira.

O que diz o pedido de registro do Nubank que cita uma nova consultoria de criptomoedas?

Os bancos brasileiros não são muito fãs do Bitcoin, com um passado de encerrar contas de empresas do setor e até de pessoas físicas que negociavam criptomoedas.

Com um passado assim, e uma disputa atualmente no Cade pela concorrência desleal, o Nubank é o primeiro banco brasileiro a declarar que criará uma consultoria de criptomoedas.

E no INPI, o Nu Pagamentos S.A. (Nubank) pediu o registro da marca “Nuversity“, que é um produto que atuará com a consultoria comercial na área de tecnologia de protocolo de confiança e criptomoedas.

Além disso, a marca será responsável por atuar com consultoria de marketing e publicidade com criptomoedas, fornecendo também informações comerciais no setor.

Outra área que a marca atuará será a compilação e análise de dados de negócios de criptomoedas, assim como aconselhamento comercial na área de gerenciamento de ativos e criptomoedas.

O pedido foi protocolado no órgão de registro brasileiro no final de dezembro, mas agora se tornou público e tem 90 dias para receber contestações.

Nubank pede registro de Nuversity, que será uma consultoria de criptomoedas
Nubank pede registro de Nuversity, que será uma consultoria de criptomoedas /Reprodução: INPI

O Livecoins entrou em contato com o Nubank para saber mais informações a respeito do pedido e sobre os detalhes da solução, mas até o fechamento da matéria não havia recebido retorno da empresa.

Nubank é o terceiro maior banco em valor de mercado no Brasil

Em dezembro de 2021, o Nubank finalmente abriu seu capital na bolsa de valores dos Estados Unidos. Na época, o banco arrecadou bilhões de dólares e chegou a se tornar a principal instituição brasileira em valor de mercado.

Contudo, com uma queda de 20% nas ações do Nubank desde então, esse caiu para a terceira posição em valor de mercado, atrás do Itaú e Bradesco. Ou seja, essa instituição ocupa uma grande posição entre as instituições tradicionais brasileiras, e agora começar a trilhar um caminho com as criptomoedas, ainda que como consultoria.

Como o Nubank é uma empresa de capital aberto, é importante saber que caso compre Bitcoin como reserva essa informação será revelada ao público em seus relatórios trimestrais, que são apresentados ao mercado, mas esse fato ainda não se confirmou até o momento e não está claro se isso está nos planos do banco.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias