Inicio Bitcoin O preço do bitcoin caiu, mas o pior ainda pode acontecer

O preço do bitcoin caiu, mas o pior ainda pode acontecer

Criptomoeda vive desvalorização que acende alerta para venda antes de outra queda de preço.

-

Compartilhe
Bitcoin em queda, pior ainda não aconteceu

O preço do bitcoin deixou de acumular grandes valorizações. Após viver meses de aumento, a criptomoeda enfrenta uma dura queda no mercado. Indicadores apontam que este seria o momento para a venda de bitcoin.

O mercado vive momentos de inconsistência desde os últimos dias de maio de 2019. Desde a última sexta-feira, uma desvalorização geral assolou praticamente todas as criptomoedas, inclusive o bitcoin.

Com pouca previsão de recuperação em um curto período, o mercado sinaliza que pode ser a hora de vender os bitcoins, para fugir de uma possível queda ainda maior.

O pior poderá fazer o bitcoin cair ainda mais

O preço do bitcoin caiu mais de 12% recentemente. Algumas suposições foram apontadas para a queda que surpreendeu o mercado. Por mais que uma correção fosse aguardada, a brusca queda levantou alertas no mercado.

Após chegar em US$ 9.000,00, o preço do bitcoin caiu terrivelmente para menos de US$ 7.500,00. Atualmente a criptomoeda está sendo negociada por volta de US$ 7.800,00 no mercado.

Sem previsões de aumento para o preço do bitcoin, a criptomoeda poderá continuar a cair. A criptomoeda precisa de reverter a curta tendência de queda vivenciada nos últimos dias. Caso isso não aconteça, a desvalorização do bitcoin deverá ser ainda maior. Indicadores do mercado já revelam sugestão de venda da criptomoeda, prevendo que uma desvalorização está para acontecer.

O que aconteceu com o preço do bitcoin?

O ano de 2019 parecia promissor para o bitcoin. O inquestionável desempenho da criptomoeda fez com que um acúmulo de mais de 130% fosse registrado nos últimos meses. Após viver semanas consecutivas de valorização, finalmente o preço do bitcoin caiu.

O mercado sempre espera por uma correção após uma longa valorização. Porém, o preço do bitcoin viveu semanas de valorização sem sofrer nenhuma correção. A recente queda no preço da criptomoeda pode significar uma dura correção em todo o mercado. Mas, essa desvalorização também pode significar que coisas piores estão por vir.

De pouco mais de US$ 3.000,00, o preço do bitcoin saltou para tocar os US$ 9.000,00 nos últimos “dias de glória” da criptomoeda. Dias que terminaram no final de maio e que não foram ainda registrados em junho. O bitcoin segue em baixa e parece ter pouca força para empenhar uma nova onda de valorização.

Baleia foi a culpada pela baixa da criptomoeda

O preço do bitcoin caiu US$ 800 em apenas duas horas. Isso aconteceu supostamente após a movimentação de uma baleia, um investidor que possui milhares de unidades de bitcoin. Foram 25 mil unidades da criptomoeda, lançadas em ordens de venda na Coinbase.

A venda teria feito o preço do bitcoin ruir nos últimos dias. A suposta baleia recomprou as 25 mil unidades de bitcoin, mas levou consigo um lucro aproximado de US$ 10 milhões.

O evento aconteceu no mesmo momento em que o bitcoin acumulava uma enorme desvalorização. Sendo assim, isso corrobora para a teoria de influência da movimentação da baleia no preço do bitcoin no mercado.

XDEX:Negocie bitcoin com TAXA ZERO. Aproveite também para negociar outras 6 criptomoedas com as menores taxas do mercado.Abra sua conta, é grátis!
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Innova Mine: A cidadela da mineração e trade de criptomoedas

A Innova Mine é um novo projeto da indústria de criptomoedas que opera um modelo de negócios revolucionário. A empresa está sediada na Austrália...

MyAlice: Ex-sócio denuncia esquema em empresa de criptomoedas, “sumiram mais de 100 bitcoins”

Uma grave denúncia contra a MyAlice foi realizada por um ex-sócio da empresa no Facebook. Através de depoimento, Jean Kássio mostra como os negócios...

MP abre inquérito contra a Dreams Diggers por suposto esquema de pirâmide

O Ministério Público, por meio da 5ª Promotoria da Justiça do Consumidor de Salvador (BA), acaba de abrir inquérito civil para investigar a Dreams...

O valor da escassez dos ativos digitais

O setor de jogos evoluiu muito nas últimas décadas, uma das primeiras e grandes mudanças foi a eliminação da mídia física, reduzindo custos de...

A história das moedas físicas de Bitcoin

Uma das principais características do Bitcoin é que ele é totalmente digital, todavia, com o passar dos anos algumas pessoas começaram a criar moedas...

“Dinheiro não existe”: justiça orienta vítimas a sacarem tudo da Unick Forex

A Unick Forex está sendo investigada pela justiça brasileira. Após uma filial do escritório da empresa ser fechado no interior do Rio Grande do...

Banco Central do Brasil aposta em blockchain para criar sistema interbanco

Mais uma vez o Brasil sai na frente ao inaugurar um sistema interbancário através da tecnologia blockchain. O projeto é mantido pelo Banco Central...

Visa, Uber e Paypal vão apoiar a criptomoeda do Facebook

A criptomoeda do Facebook ganhou importantes aliados, como a Visa, Uber e Paypal. As três empresas anunciaram que apoiam a GlobalCoin. A previsão é...

Halving do Litecoin pode ser o maior evento de 2019

Certamente discutir sobre preços de criptomoedas é algo paradoxal, logo não é o foco discutir essa perspectiva. Isso porque o halving do Litecoin (LTC)...
 

COMENTÁRIOS

Compartilhe