Oi e fintech ajudam famílias de baixa renda com carteira digital que funciona no Whatsapp

Em parceria com a Conta Zap, a Oi já estava em negociações para criar uma plataforma de carteiras digitais e antecipou parte de seus planos em prol desta ação social.

Siga no

Por meio do movimento Zap do Bem, a Oi está promovendo uma iniciativa para ajudar famílias de baixa renda de Maceió (AL). Pelo WhatsApp a empresa irá distribuir uma renda emergencial de 200 reais por meio de uma carteira digital.

O valor é destinado para cerca de milhares de pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social, residentes do bairro Vergel do Lago, e pode ser usada para pagar contas, fazer compras ou recarregar o celular.

Essa iniciativa partiu de um grupo de empresários, que se uniu para ajudar populações que estão em situação de vulnerabilidade social devido ao coronavírus. Assim, um total de R$ 400 mil foi levantado na região, que será distribuído igualmente para todas as famílias.

Em parceria com a fintech Conta Zap, a Oi já estava em negociações para criar uma plataforma de carteiras digitais e antecipou parte de seus planos em prol desta ação social.

As pessoas que têm direito a este benefício estão isentas de tarifas relativas a movimentações e transferências entre usuários.

Portanto, basta que o usuário envie uma mensagem para o número do Zap do Bem e se cadastre. Em seguida, o próprio aplicativo o guiará para realizar todos os procedimentos necessários para que tenha acesso a quantia de 200 reais.

Soluções tecnológicas simples e eficientes

Um dos principais diferenciais da plataforma é que sua carteira virtual possibilita a realização de transações financeiras sem a necessidade de contar com instituições bancárias.

Seguindo a mesma lógica de descentralização de ativos digitais, a iniciativa conta com a tecnologia como aliada em um trabalho de cunho social. Assim sendo, o movimento Zap do Bem, que começou como algo modesto se transformou em uma iniciativa organizada, apoiada por várias empresas.

Além da Oi e da Conta Zap, outras empresas estão se integrando na ação, como a GERU e a BDO, entre outras.

A partir de agora a iniciativa vai ser gerida por um Comitê Gestor, com ações que serão auditadas pela BDO. O objetivo é dar transparência para o destino das doações feitas por quem se engajar nesta ação. A ideia é que o movimento consiga se expandir para atender a outras comunidades que necessitam de auxílio.

De acordo com CEO da Oi, Rodrigo Abreu, a intenção de antecipar o objetivo da empresa com relação a carteiras digitais é criar uma iniciativa simples e eficiente para ajudar quem precisa.

E na opinião de Roberto Marinho Filho, CEO da Conta Zap, o uso da tecnologia em prol da inclusão financeira para milhões de brasileiros é motivo de orgulho para a companhia. Portanto, há uma expectativa bastante positiva sobre a continuidade e expansão deste projeto.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

Polícia descobre mineração ilegal de Bitcoin dentro do próprio quartel

A polícia de diversos países continua de olho nas atividades ilegais de mineração que utilizam energia roubada para obter lucros com criptomoedas. Um caso...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Ethereum será atualizado no dia 4 de agosto e se tornará deflácionário

Nos últimos dias os participantes de grupos de criptomoedas têm perguntado se a atualização de uma certa criptomoeda fará a alta do Bitcoin ser...
Mão segurando Bitcoin e bandeira da Malásia

“Clientes da Binance devem sacar fundos imediatamente”, diz CVM da Malásia

A CVM da Malásia afirma que os investidores de criptomoedas devem sacar seus fundos imediatamente da Binance, que receberá medidas coercitivas em breve. A nova...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias