Pacientes de psicoterapia sofrem extorsão de hackers

Sessões de atendimento que foram feitas por aplicativo teriam sido violadas e dados sigilosos poderiam ser expostos.

Siga no
Pacientes de psicoterapia sofrem extorsão por hackers
Psicoterapia/Reprodução

Em 2020, principalmente após a pandemia da COVID-19, muitas pessoas começaram a buscar serviços online. Para alguns pacientes de psicoterapia, que agora sofrem extorsão de hackers, a realidade foi mais difícil.

A procura por ansiedade no Google em 2020 é uma das maiores registradas em toda história, de acordo com dados do próprio buscador. Ou seja, o isolamento social e os efeitos da pandemia podem ter levado a uma piora nesse quadro.

Desse modo, muitas pessoas buscaram na internet o auxílio para aliviar os seus sintomas. A psicoterapia, por exemplo, é uma prática importante e que pode ajudar muito a aliviar sintomas ruins.

Contudo, algumas plataformas de atendimento online podem não ser tão seguras quanto a privacidade do atendimento.

Pacientes de psicoterapia sofrem extorsão de hackers após dados de aplicativo vazarem na web

Com a digitalização de inúmeros serviços em 2020, um dilema ainda é visto no setor de tecnologia, que é a segurança cibernética. Isso porque, com hackers cada vez mais eficientes, a digitalização é um campo perigoso.

No entanto, nem sempre os hackers miram aplicativos bancários das pessoas. Na era da informação, um dado pessoal pode ser utilizado por hackers para as chamadas extorsões virtuais.

E isso aconteceu na Finlândia, após dados da plataforma Vastaamo vazarem na web. Após os primeiros vazamentos, que podem ter começado ainda em 2018, pacientes de psicoterapia começaram a sofrer com a extorsão digital.

Os hackers então entravam em contato com os pacientes pedindo 200 euros em Bitcoin, uma moeda digital. O pagamento deveria ser feito para que os dados das sessões virtuais de psicoterapia não fossem vazados.

De acordo com o site finlandês YLE, o CEO da Vastaamo foi demitido do cargo na última terça (26). Segundo as investigações preliminares, ele sabia dos vazamentos desde 2018, mas não informou sobre o problema.

Finlândia é um dos países que mais sofrem de problemas psicológicos no mundo, 1 em cada 5

Cabe o destaque que a Finlândia é um dos países que mais sofrem de problemas psicológicos no mundo. Segundo dados da OCDE, 1 em cada 5 pessoas tem algum transtorno psicológico no país.

Ao ver o caso gravíssimo de violação de uma popular plataforma no país, a Ministra do Interior da Finlândia se pronunciou. Para ela, a população não deve deixar de buscar os serviços de psicoterapia, fundamentais no país, mesmo após o recente escândalo.

A Vastaamo administra pelo menos 25 centros de tratamento na Finlândia, e a extorsão foi apontada como uma “violação gravíssima“. Além disso, fontes apuram que pelo menos 10 terabyte de pacientes estariam a venda na deep web. Pelo menos 2 mil pessoas podem ter tido suas informações pessoais violadas, inclusive crianças.

O caso então foi considerado um ataque cibernético sem precedentes na Finlândia, com o governo já se mobilizando para atuar no caso. Uma reunião de crise foi marcada pelo governo que deve ajudar nas investigações sobre o vazamento de dados de psicoterapia.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores....
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias