Polícia Civil investiga denúncias contra Genbit

Caso só piora!

Siga no
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES
Polícia investiga negócio de criptomoedas

A Polícia Civil de São Paulo investiga em Campinas algumas denúncias sobre a Genbit, que supostamente investia em Bitcoin. Os problemas dessa empresa começaram em 2019.

De fato a Genbit já tinha sido alvo de operações pelo Ministério Público e CVM no último ano. A Polícia Civil agora apura crimes contra a economia popular, lavagem de dinheiro e estelionato.

Além disso, o Ministério Público Federal já estaria ciente do caso, juntando provas para apurar o possível crime. Cabe o destaque que a Genbit afirmava investir em Bitcoin, mas em nota, afirmou não ter dinheiro para ressarcir seus clientes. As suspeitas é que a empresa de Campinas seja mais um caso de pirâmide financeira.

Polícia Civil investiga uma série de denúncias sobre empresa de Campinas que oferecia rendimentos com Bitcoin, a Genbit

De acordo com informações da EPTV 2.ª Edição, afiliada da Rede Globo em Campinas, a Polícia Civil está investigando as atividades da Genbit. Após uma série de denúncias, assim como investigações da CVM, a PC entrou no caso.

O delegado que conduz as investigações afirmou para a EPTV que um inquérito já foi aberto para apurar o caso. A reportagem procurou os responsáveis pela empresa na sede, mas não havia ninguém para comentar o caso.

As vítimas seriam milhares de pessoas, espalhadas por todo Brasil. Ou seja, apesar da sede ser em Campinas, o negócio pode ter fraudado investidores em vários locais.

O Ministério Público já bloqueou R$ 1 bilhão da empresa no último ano. O advogado da empresa comentou que a Genbit tem respeitado e colaborado com as investigações, se esforçando para voltar a operar.

Um dos clientes ouvidos pela EPTV afirmou que aprendeu uma valiosa lição.

Nunca mais confiar nessas coisas. Que parece que é muito fácil, uma proposta muito boa… Da próxima vez a gente pesquisa melhor

Justiça determinou bloqueio de R$ 46 mil da Genbit nos últimos dias

A Justiça de São Paulo decidiu a favor de um cliente da Genbit nos últimos dias. O cliente entrou na justiça solicitando a rescisão de contrato com a referida e a devolução do dinheiro.

A juíza responsável pelo caso, Renata Manzini, da 5.ª Vara Cível de Campinas, deferiu o pedido. Neste processo, ficou determinado o arresto de R$ 46 mil para o cliente lesado pelo possível golpe. A decisão foi publicada no Diário da Justiça de São Paulo no último dia 23.

Decido. A tutela comporta concessão, na modalidade de urgência. Conforme se extrai dos documentos juntados, há prova preliminar de que realizou depósito ao réu que, realizando promessa de aplicação rentável, apropriou-se indevidamente

Em resumo, a justiça já verificou que as atividades da empresa fizeram apropriamento indevido do capital dos clientes. O dinheiro investido por este cliente será processado com outros processos que a Genbit já enfrenta na justiça. Cabe o destaque que o Bitcoin é uma moeda digital que não possui rendimentos fixos garantidos.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Governo da Ucrânia ensina bitcoin para população

O Ministério da Transformação Digital da Ucrânia criou uma campanha para ensinar  bitcoin, blockchain e criptomoedas para a população. Os vídeos foram desenvolvidos em...

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...
BCHA-51-attack

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

Últimas notícias

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

30 bilionários possuem bitcoin, mas não falam sobre isso, revela milionário do Twitter

O multimilionário filantrópico Bill Pulte, apelidado de "Bitcoin Bill" após sua entrada no mercado de bitcoin em dezembro de 2019, afirmou em uma live...