Policial pediu propina em criptomoeda para colaborar com fuga de líder da Telexfree

Justiça determinou bloqueio de R$ 1.4 milhão e apreensão de 5,75 bitcoins dos envolvidos

Siga no
Polícia Federal (PF) - Arquivo/Agência Brasil
Polícia Federal (PF) - Arquivo/Agência Brasil

Em 2015, um policial removeu o nome de um investigado do Sistema Nacional de Procurados e Impedidos, plataforma da Polícia Federal que reúne a lista de pessoas que não têm autorização para deixar o país.

Em troca, teria pedido propina de R$ 150 mil, parte da qual pode ter sido paga com criptomoedas.

O beneficiado pelo ato do agente – segundo informou o MPF (Ministério Público Federal) ao jornal A Gazeta – foi Sanderley Rodrigues Vasconcelos, um dos antigos líderes da Telexfree, pirâmide financeira que prejudicou cerca de 1 milhão de pessoas.

Naquele ano, Vasconcelos saiu do país pelo Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, mesmo com seu nome registrado na lista de pessoas impedidas de deixar o solo brasileiro.

Ele foi para os Estados Unidos, onde cumpriu prisão domiciliar.

Operação da Polícia Federal prende envolvidos

Nessa terça-feira (18), a PF deflagrou a Operação Ousadia, com objetivo de investigar o agora ex-policial e outros suspeitos de alterar o sistema de informação.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em Brasília (DF), Florianópolis (SC), Santana de Parnaíba (SP) e São Paulo (SP).

De acordo com a PF, além das prisões e das buscas, a Justiça também determinou o bloqueio de R$ 1.4 milhão dos envolvidos e a apreensão de 5,75 bitcoins.

Os suspeitos estão sendo investigados pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa e inserção de dados falsos no sistema.

Em nota, a corporação informou que “não tolera desvios” e “não teme cortar na própria carne”.

Telexfree deve R$ 2 bi a 1 milhão de pessoas

A Telexfree, fundada pelos empresários Carlos Costa e Carlos Wanzeler, começou a atuar no Brasil em 2012. O carro-chefe do negócio era a venda de pacotes de telefonia via internet (VoIP).

Em 2015, a Justiça do Brasil, o Ministério Público Federal e outros órgãos governamentais apontaram que a empresa seria uma pirâmide financeira.

A estimativa é que o esquema ponzi tenha lesado 1 milhão de pessoas no Brasil, nos Estados Unidos e em outros países. O prejuízo financeiro das vítimas pode passar dos R$ 2 bilhões.

Apesar dos problemas com a Justiça, Carlos Costa, como noticiou o Livecoins no início deste mês, está de volta ao mercado com uma nova empresa de “marketing multinível”.

Leia mais sobre:
Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).

Banco Central dos EUA sai do ar poucos dias depois de secretária do tesouro...

O banco central dos EUA sofreu um grande crash em seus sistemas nesta quarta-feira (24) e várias pessoas não conseguiram realizar transferências eletrônicas. O...
Cotação e preço gráfico do Bitcoin no Brasil Dólar

100 bitcoins da “era de Satoshi” são movimentados pela primeira vez em 10 anos

As grandes movimentações de Bitcoin na blockchain são sempre importantes de serem observadas, principalmente quando envolve moedas dos primeiros anos. Na tarde desta quarta-feira...

Bitcoin, altcoins e tokens ganham código próprio no IRPF2021

Olá Bitcoiners! Chegou aquela época do ano à qual temos que passar de qualquer forma, momento de dor para alguns, mas também de alívio para...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

100 bitcoins da “era de Satoshi” são movimentados pela primeira vez em 10 anos

As grandes movimentações de Bitcoin na blockchain são sempre importantes de serem observadas, principalmente quando envolve moedas dos primeiros anos. Na tarde desta quarta-feira...

Bitcoin, altcoins e tokens ganham código próprio no IRPF2021

Olá Bitcoiners! Chegou aquela época do ano à qual temos que passar de qualquer forma, momento de dor para alguns, mas também de alívio para...

Elon Musk pode levar Dogecoin à Lua, literalmente

Elon Musk, um dos homens mais ricos do mundo, tem muita criatividade e dinheiro sobrando, algo que geralmente acaba em ideias malucas. Em um...

Elite do bitcoin gasta fortunas para comprar memes colecionáveis

Os tokens não-fungíveis, também chamados de NFT, são conhecidos no mercado de criptomoedas desde 2017, quando surgiram os CryptoKitties. A febre foi tão grande...

Governantes estão assustados com o Bitcoin, diz Robert Kiyosaki

Em várias publicações pelo Twitter nos últimos dias, Robert Kiyosaki defendeu o Bitcoin como um ativo seguro. Segundo ele, os novos ataques dirigidos por...