Política de Educação Financeira com criptomoedas é apresentada pela CVM

Como um tema que chegou para ficar, as criptomoedas seguem ganhando reconhecimento no Brasil.

Pessoas estudando sobre bitcoin
Pessoas estudando sobre bitcoin

A Comissão de Valores Mobiliários do Brasil (CVM) apresentou nesta terça-feira (2) a polícia de Educação Financeira, que abordará temas como criptomoedas e tecnologias como o metaverso. Este é um documento inédito, em um momento em que novos investidores chegaram aos mercados de renda variável.

O mercado de criptomoedas de fato desperta em novos investidores uma curiosidade sobre o tema, após grandes altas nas cotações do Bitcoin e demais projetos.

Além disso, setores como DeFi e NFTs ganharam notoriedade pelo mundo ao apresentar novas funcionalidades com criptomoedas.

Contudo, em meio a este crescimento da tecnologia um mercado paralelo de golpes financeiros também aproveitou o alto interesse para atrair investidores. Dessa forma, pessoas sem conhecimento sobre o setor acabaram sendo vítimas.

Política de Educação Financeira da CVM é apresentada, com espaço para debates sobre criptomoedas e metaverso

Em julho de 2022, a CVM apresentou formalmente aos investidores brasileiros o seu programa de educação financeira, quando uma publicação no Diário Oficial da União divulgou o tema.

No entanto, a apresentação formal pela autarquia ocorre nesta terça-feira (2). Para José Alexandre Vasco, Superintendente de Proteção e Orientação aos Investidores (SOI/CVM), o lançamento dessa iniciativa ocorre após anos de experiências da autarquia.

“A política educacional é fruto de uma longa trajetória de projetos e atividades da Autarquia, incorporando aprendizados institucionais e técnicos de duas décadas de promoção da educação financeira e de investidores. Antes de ser um ponto de chegada, é também de partida, sinalizando uma nova trajetória de avanços, novos temas (letramento digital, criptoativos etc.) e tecnologias, como o metaverso.”

Ao todo, a política de Educação Financeira da CVM terá 8 princípios de atuação, além de objetivos específicos para cumprir. Para que o programa seja amplo, foi celebrado acordo com os Ministérios da Cidadania e da Educação, com o Consórcio do Nordeste e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Política de Educação Financeira da CVM terá princípios e objetivos
Política de Educação Financeira da CVM terá princípios e objetivos. Reprodução.

Estímulo a formação de poupança e proteção de investidores

Para a CVM, a educação financeira é complementar a regulamentação do mercado financeiro. Dessa forma, ao incentivar políticas de longo prazo, vários países buscam ajudar os indivíduos a melhorar seu comportamento financeiro.

Entre as finalidades da nova política de educação financeira, que deverá abordar as criptomoedas entre seus temas, a CVM espera estimular a formação de poupança e sua aplicação em valores mobiliários, além de proteger investidores brasileiros.

Com aumento de investidores nos últimos anos, a CVM então se posiciona no mercado. Nos próximos dias, um evento sobre metaverso apoiado pela autarquia dará até NFTs aos participantes.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias