Possível Twitter de Satoshi Nakamoto é revelado

Até então, era inimaginável saber gostos particulares do criador do Bitcoin, mas mais pistas podem ter surgido.

Siga no
Hacker segurando o Bitcoin
Hacker segurando o Bitcoin

Um perfil do Twitter tem sido associado a Satoshi Nakamoto, o criador misterioso do Bitcoin. A pista seria mais uma encontrada pela comunidade, que busca revelar a possível identidade do criador da principal criptomoeda.

Quem era Satoshi Nakamoto é uma pergunta que pode perdurar por anos e, ainda sim, nunca ser de fato respondida. Isso porque, desde 2010 Satoshi Nakamoto não utiliza seus perfis públicos para realizar nenhuma postagem.

No BitcoinTalk, por exemplo, onde ele é o fundador do fórum, seu acesso está restrito hoje. Satoshi teria se afastado após o Bitcoin ganhar fama no mundo e começar a atrair interesse de governos.

Apesar de ser considerado a “maior baleia de Bitcoin”, Satoshi nunca moveu suas moedas de suas carteiras.

Mas Satoshi tinha amigos? Conversava em redes sociais sobre quais temas, além do Bitcoin? Esse mistério pode ter sido resolvido, aponta um usuário de uma rede social.

Possível Twitter utilizado por Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, é descoberto

Há dez anos, após criar a maior moeda digital do mundo, Satoshi Nakamoto publicava sua última mensagem e se despedia da comunidade que ajudou a fundar. Na época, poucas pessoas entenderam os motivos de Satoshi se afastar do projeto, fato que permanece como um dos maiores mistérios da internet.

Mas um usuário do Twitter, Varun Mathur, afirma que encontrou fortes elementos de que um perfil da rede social tenha sido utilizado por Satoshi Nakamoto, enquanto ele ainda era ativo na comunidade.

O perfil GoldLover (“amante do ouro”), teria sido criado em maio de 2008. Neste período, estima-se que Satoshi Nakamoto já estaria trabalhando no projeto do Bitcoin, que teve seu paper lançado ainda naquele ano. Em 2009, a rede do Bitcoin foi ar pela primeira vez, no dia 3 de janeiro.

O perfil que seguia 250 pessoas, a maioria dos Estados Unidos, não ajuda muito a declarar a identidade por trás do suposto Satoshi Nakamoto. O perfil GoldLover foi usado pela última vez em fevereiro de 2010, sendo que Satoshi sumiu em dezembro daquele ano.

Para Varun, um elemento claro sobre o perfil ser de Satoshi Nakamoto foi uma postagem em janeiro de 2009. Na época, apenas Hal Finney e GoldLover postaram sobre o Bitcoin naquele mês, o primeiro de sua criação. Como Hal foi o primeiro a receber uma transação de Bitcoin na história, o fato pode ser fundamental para resolver o mistério.

“É completamente descentralizado, sem servidor ou partes confiáveis.”

Há quatro dias antes de Satoshi lançar o paper, perfil teria defendido a cunhagem privada de moedas

O whitepaper do Bitcoin, que é o artigo que explica o funcionamento da tecnologia, foi publicado meses antes do lançamento da rede, em 31 de outubro de 2008.

Quatro dias antes, o perfil GoldLover publicou no Twitter como funcionaria o processo de cunhagem de moedas privadas. Cabe o destaque que, a cunhagem de moedas por bancos centrais são consideradas públicas, ainda que contem com ajuda de empresas privadas para isso.

“A ideia de cunhagem privada parece tão estranha hoje que vale a pena examiná-la com cuidado. Como funcionaria a cunhagem privada?’

O perfil, que na tradução e em algumas de suas mensagens pode dar a impressão de ser um fã de ouro, acaba relatando uma ideia de ouro digital. No dia 17 de setembro de 2008, GoldLover, o possível perfil de Satoshi Nakamoto no Twitter, afirmou ser uma oportunidade concreta para comprar uma “moeda de ouro digital”.

Lembrando que em 2008, o mundo atravessou uma grande crise na economia, com problemas nos Estados Unidos. Satoshi Nakamoto acabou criando o Bitcoin por conta da ação de bancos centrais, que considerou equivocada, principalmente ao resgatar bancos.

Ainda que nunca identificado, Satoshi segue mostrando em 2021, durante outra crise, que sua invenção foi importante para discutir o papel da moeda na economia mundial.

No entanto, para Varun, o perfil certamente foi utilizado por Satoshi, para expressar seus sentimentos.

“Acredito que esse relato, dados todos esses fatores, deu a Satoshi anonimato suficiente, mas um lugar para expressar pensamentos aleatórios. Mas um padrão emergiu disso”, afirmou Varun, que identifica o perfil GoldLover como pertencente ao criador do Bitcoin.

Postagens selecionadas
Postagens selecionadas

Sequência de eventos no início da história do Bitcoin, incluindo os tweets

Agora extrapolarmos os primeiros eventos Bitcoin conhecidos com esta conta do Twitter (tweets entre aspas e negrito):

  • 2007-2008: Código do Bitcoin escrito de acordo com a nota de Satoshi no fórum.
  • 22 de agosto de 2008: Satoshi envia um e-mail para Wei Dei com um rascunho do whitepaper Bitcoin, intitulado “Dinheiro eletrônico sem intermediários“
  • 15 de setembro de 2008: Lehman Brothers vai à falência
  • 17 de setembro de 2008: “Mais uma razão concreta para comprar moeda de ouro digital”
  • 16 de outubro de 2008: “Os pacotes de resgate dos bancos dos EUA e do Reino Unido são realmente semelhantes?“
  • 30 de outubro de 2008: “Sabemos ao longo da história que nenhuma moeda fiduciária jamais sobreviveu “
  • 31 de outubro de 2008: lançamento do white paper Bitcoin
  • 3 de janeiro de 2009: Bloco de gênese do Bitcoin: The Times 03 / Jan / 2009 Chanceler à beira do segundo resgate para bancos
  • 8 de janeiro de 2009: Anúncio na lista de discussão de criptografia por Satoshi: É completamente descentralizada, sem servidor ou autoridade central.
  • 9 de janeiro de 2009: primeiro lançamento do código Bitcoin
  • 10 de janeiro de 2009: Hal Finney tuíta sobre Bitcoin
  • 10 de janeiro de 2009: Isso é o que Satoshi escreve para Wei Dai em um e-mail ( fonte ): “… O sistema é totalmente descentralizado, sem nenhum servidor ou partes confiáveis
  • 29 de janeiro de 2009: Tuíte: “É completamente descentralizado, sem servidor ou partes confiáveis.
  • 31 de janeiro de 2009: O primeiro rascunho do Internet Archive sobre Bitcoin.org: “.. É completamente descentralizado, sem servidor ou partes confiáveis.
  • 11 de fevereiro de 2009: Email de Satoshi ( fonte ): “.. É totalmente descentralizado, sem servidor central ou partes confiáveis ” 
Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Art e Yuki Williams Family Imagem: 7News

Família não consegue acessar carteira de criptomoeda com R$ 35 milhões e pede ajuda

Uma família abriu uma campanha no Kickstarter pedindo ajuda para recuperar uma fortuna em Ethereum que eles não receberam da Fundação Ethereum após uma...
Amazon e mão segurando Bitcoin

Amazon nega rumores de que vai aceitar Bitcoin como pagamento

A Amazon, terceira maior empresa em valor de mercado do mundo, negou nesta segunda-feira (26) que irá aceitar Bitcoin como pagamento este ano. Nos...
Preço do Bitcoin acima de US$ 40 mil

Após seis dias em alta, Bitcoin supera US$ 40 mil

O preço do Bitcoin rompeu os 40 mil dólares em um movimento forte do lado comprador e após seis dias de fechamento diário em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias