Preço da Chainlink despenca e moeda perde 20% do valor em 24h

Principal projeto DeFi registra forte queda de preço nas corretoras!

Siga no
Chainlink
Você conhece a logo acima?

Atualmente estamos presenciando um momento da história onde o DeFi está em destaque, dominando muitas manchetes. Uma das notícias recentes mais interessantes foi o fato da Chainlink (LINK), o maior projeto de DeFi, ter valorizado consideravelmente e ter entrado no top 5 das maiores criptomoedas do mundo, mas o preço despenca e coloca traders na expectativa.

A 5.ª posição ainda com a Chainlink, chegou a ser superada pelo Bitcoin Cash com a recente queda. Após uma correção de quase 20% em apenas um dia, derrubando a capitalização de mercado da moeda, o movimento fez com que ela voltasse a ficar abaixo do Bitcoin Cash por horas.

A moeda saiu de um valor de US$ 19, sua máxima até o momento, para a casa de US$ 15,14, representando 19,74% de correção nas últimas 24 horas. Essa movimentação vai diretamente na contramão dos ganhos que a moeda apresentou nas últimas semanas, na época surpreendendo muitos investidores.

No entanto, a moeda parece ter encontrado suporte na casa dos US$ 15,2 e voltou para valores acima de US$ 16. Mas ainda assim, a tendência da moeda está longe de apresentar o otimismo que demonstrou em períodos passados.

Alta no preço com baixa no volume era sinal de dump? Preço da Chainlink despenca e preocupa investidores

A Chainlink com certeza chamou muita atenção de quem queria investir no projeto para conseguir lucros com a moeda em ascensão. No entanto, ela também chamou a atenção de quem estava analisando os fundamentais do projeto e tentando entender o motivo da alta.

Segundo o site Zycrypto, uma empresa de análise de dados de blockchain, chamada Santiment, notou a recuperação que parece estar completamente destacada do resto do criptomercado. A correção começou quando o Bitcoin bateu US$ 12 mil (e chegou próximo da sua máxima no Brasil) e outras moedas estavam no verde.

Atualmente o BTC e o resto do mercado também entraram em correção, mas a LINK continua em destaque com perdas de 2 dígitos.

De acordo com a Santiment o volume de Chainlink nos últimos 6 meses permaneceram em queda, mesmo com a alta no preço.

“Notavelmente esse é o sexto mês de queda na porcentagem de tokens Chainlink em corretoras, caindo de 8.6% para 6.9% nesse período. Isso dá suporte para a narrativa de que o exército Link não está vendendo as moedas e está cada vez mais armazenando em carteiras frias.”

A relação de alta no preço com baixo volume em corretoras geralmente é um grande indicador de um ciclo de pump (alta) e dump (queda). Se o caso do Link foi causado por uma baleia ou simplesmente por euforia do mercado, ainda resta dúvida, no entanto, já existia a certeza de que a moeda iria cair após os ganhos impressionantes das últimas semanas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

“Bitcoin é igual o Kenny do South Park, morre, mas sempre volta”, diz diretor...

South Park é um dos desenhos mais famosos dos últimos anos, com um humor adulto e ácido e personagens simples, mas memoráveis. De acordo...
WTF dólar. (Imagem: ShutterStock)

Na surdina, congresso dos EUA introduz emenda que dá mais poder ao FED para...

No dia 28 de julho deste ano uma emenda foi introduzida para votação no Congresso dos EUA. O texto, apoiado pelo democrata Don Beyer, introduz...

Quantas vezes a China já baniu o Bitcoin?

Desde 2009 a China vem brigando para manter o yuan como a única moeda usada no país, proibindo que seus cidadãos tenham qualquer tipo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias