QR Capital apresenta serviço de gestão de Bitcoins comandado por inteligência artificial

Plataforma de investimentos tem ainda dois produtos de gestão com foco na rentabilidade de outras criptomoedas

Siga no

A QR Capital lançou sua plataforma de investimentos em moedas digitais. Pela primeira vez no Brasil, uma fintech oferece aos usuários a contratação de serviços de gestão de Criptoativos, com uma variedade de estratégias para diferentes perfis de investidores. Uma das estratégias, batizada de QR Capital BTC, é administrado por robôs que realizam as operações de compra e venda com base em algoritmos desenvolvidos pelo time de tecnologia da QR e configurados para interpretarem modelos estatísticos direcionados para investimentos. A estratégia vai desde analisar tendência do mercado até a tomada de decisões de compra e venda. O produto visa multiplicar os Bitcoins dos clientes que já possuem a criptomoeda ou que comprem a mesma na Plataforma da QR Capital (www.qr.capital).

A operação, que usa Inteligência Artificial para ter rentabilidade em Bitcoin, tem quatro robôs. Três deles atuam como traders 24 horas por dia, 7 dias por semana, e um robô faz a coordenação dos traders. O robô-coordenador pode, por exemplo, alterar estratégias e passar novas ordens aos seus comandados, mas fica sob monitoramento dos analistas da empresa, que acompanham os resultados diários da performance dos algoritmos. A supervisão humana serve também para colher insights de novas estratégias, gerando mais subsídios para o time de robôs-investidores. Os usuários interessados neste produto realizam aportes em Bitcoins.

– Os algoritmos são fundamentais porque dão respostas muito rápidas e têm ganhos que, com uma pessoa no comando, não seria possível, pelo volume de dados que é preciso analisar. Isso é uma tendência neste mercado que gera oportunidades a cada segundo – afirma Fernando Carvalho, CEO da QR Capital. – Além de oferecermos um produto inovador, a tecnologia vai nos ajudar a trazer mais insights para que os produtos de inteligência artificial sejam constantemente desenvolvidos dentro da empresa.

Além do Serviço de Gestão de Criptoativo (SGC) referenciado em Bitcoin, a empresa também lança no mercado o QR Long & Short. Com ele, a estratégia de rentabilidade tem como objetivo ganhos de capital no curto prazo referenciados na criptomoeda estável TrueUSD, que é precificada no mesmo valor do dólar. Os analistas deste SGC fazem o trade de até vinte das maiores moedas digitais.

Outro SGC oferecido pela empresa possui foco em operações de arbitragem. Neste formato, os clientes que optarem pelo investimento terão a chance de ter analistas buscando ganhos em operações com foco em distorções de preços de uma mesma moeda entre corretoras ou países diferentes. Quem conhece o mercado de criptoativos, sabe que, muitas vezes, o valor da compra de tokens como Bitcoin, Ripple ou Ether pode estar diferente de uma corretora para outra. Este produto visa a ganhar através da compra de moeda a preços mais baixos sempre que houver oportunidade.

Além dos serviços de gestão de carteiras individuais, a QR também realiza serviço de corretagem, que permite na mesma plataforma que o cliente que ainda não possui Criptoativos realize o depósito de Reais e compre seus Criptoativos de acordo com a estratégia de gestão escolhida. A QR modelou sua plataforma amparada por uma política de transparência e protocolos de segurança comuns ao mercado regulado.

Dentro da política de transparência, a empresa oferece, por exemplo, a informação diária da rentabilidade da carteira individual do cliente, permitindo o acompanhamento da performance da carteira administrada – algo inédito entre as corretoras do ramo. As operações de compra e venda de criptoativos, que geram a rentabilidade da carteira individual, são auditadas a cada trimestre por uma auditoria independente, com o resultado disponibilizado aos clientes. Ao mesmo tempo, a empresa exige de todos os investidores os procedimentos de Know Your Customer (KYC), em respeito às normas éticas operacionais, administrativas e legais de prevenção à lavagem de dinheiro.

A QR amplia ainda os esforços de autorregulação, enquanto o marco regulatório do setor de criptomoedas é discutido no Brasil. Em todas as carteiras administradas há uma política de risco com métricas de exposição, de perdas máximas, limites de concentração e o controle de risco diário, com métodos convencionais, como o Maximum Drawdown (interrupção em ponto crítico). As técnicas combinadas servem para diminuir a chance de perda, maximizando o retorno de um negócio com perspectivas de alta rentabilidade.

O negócio, que prevê a aquisição de 25 mil clientes no primeiro ano, nasce da união de sócios que vieram dos mercados financeiro, de tecnologia e de multinacionais. Além do braço que cuida dos investimentos, a QR Capital também tem na plataforma uma área dedicada à Educação e Pesquisa, de modo a fornecer informações no formato de cursos de qualificação no tema e relatórios com análises sobre o mercado de criptomoedas.

Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br

“XRP é golpe, qualquer um que comprar é idiota”, diz desenvolvedor do bitcoin

Adam Back, um dos desenvolvedores do bitcoin que trabalhou com Satoshi Nakamoto disse que a criptomoeda XRP é um golpe e qualquer um que...
Guggenheim

Gigante de Wall Street pede aprovação da SEC para investir até R$ 2.6 bi...

A gigante americana de serviços financeiros Guggenheim Partners entrou com um pedido na Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC) para investir até $ 500...

Guru de “A grande aposta” compara bitcoin com Tesla: “bolha”

Michael Burry - o famoso investidor interpretado por Christian Bale no filme "A grande aposta" - comparou a Tesla com o bitcoin, chamando ambos...

Últimas notícias

Gigante de Wall Street pede aprovação da SEC para investir até R$ 2.6 bi em bitcoin

A gigante americana de serviços financeiros Guggenheim Partners entrou com um pedido na Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC) para investir até $ 500...

Guru de “A grande aposta” compara bitcoin com Tesla: “bolha”

Michael Burry - o famoso investidor interpretado por Christian Bale no filme "A grande aposta" - comparou a Tesla com o bitcoin, chamando ambos...

Produtora do Big Brother, Master Chef e The Voice é atacada por ransomware e tem dados vazados

Uma gigante da televisão está enfrentando um cenário assustador. O grupo francês Banijay informou na quinta-feira (26) que sofreu um ataque cibernético que afetou...