Quanto ouro há no mundo?

Siga no
Ouro
Ouro

O ouro é utilizado como moeda há mais de 2.500 anos, portanto não há dúvida sobre as qualidades extraordinárias deste metal precioso. Com 1 grama é possível fazer um fio de 3 quilômetros, além de resistir à ataques de ácidos fortes.

A dúvida é quanto ouro há no mundo após 7.000 anos de exploração, além de equipamentos e sondas modernas. Ou será que a tecnologia de mineração não mudou muito?

Quanto ouro já foi explorado?

Foram explorados cerca de 190 mil toneladas de ouro, equivalente a US $ 12 trilhões de dólares. Pode parecer muito, isso equivale a um andar do MASP em termos de volume. 

Produção de ouro
Produção de ouro

A produção subiu 40% nos últimos 12 anos, gerando uma inflação equivalente de 1,7% ao ano. Por mais que ocorram inovações tecnológicas, a cada ano fica mais difícil encontrar ouro, já que a parte mais rentável das minas é explorada primeiro.

Região com mais ouro
Região com mais ouro

Outro fator importante é que as minas já descobertas estão atingindo o pico de produção em 2020, caso não surjam novas área de exploração. 

Países com maiores reservas de ouro

Os EUA lideram com folga, acima das 8.100 toneladas de ouro, quantidade próxima da soma das 3 potências europeias: Alemanha, Itália e França.

Na média dos últimos 10 anos, os países têm adicionado reservas líquidas de 500 toneladas por ano, ou 15% da produção.

10 países com maiores reservas de ouro
10 países com maiores reservas de ouro

ETF do ouro

Outra forma comum de investimento em ouro é através do ETF, um fundo de investimento listado em bolsa de valores. Apesar de não existir no Brasil, este ativo é muito comum nos EUA e Europa, e recentemente tem ganho espaço na Ásia.

O total de ouro equivalente deste tipo de fundo já ultrapassa as 3.500 toneladas. Devemos lembrar que nem todo fundo de investimento é listado em bolsa, portanto instrumentos semelhantes devem representar outras 1.000 toneladas. 

Perspectivas para o ouro

Muito se fala em explorar asteroides, porém tais perspectivas são longínquas. É sabido que há asteroides contendo quantidades expressivas de ouro, porém a tecnologia para completar tal missão ainda não existe.

Empresas que captaram mais de 50 milhões de dólares de grandes investidores, contando com ex-diretores da NASA, já tentaram, sem sucesso, tirar tais ideias do papel. Alguns países já anunciaram planos, porém tampouco dispõem da tecnologia necessária.

Impacto da alta do ouro

O problema é que a recente alta na cotação viabilizou a reativação de minas que antes estavam paradas, por exemplo, a Equinox em Santaluz na Bahia. O mesmo não acontece com o Bitcoin, que ajusta sua dificuldade de mineração a cada duas semanas. Ponto pro Bitcoin!

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Marcel Pechman
Marcel Pechman
Atuou como trader por 18 anos nos bancos UBS, Deutsche e Safra. Desde Mai/2017 faz arbitragem e trading de criptos, além de ser co-fundador do site de análise de criptos RadarBTC. Palestrante do Bitcoin Summit Florianópolis 2019
Ethereum Classic ETC criptomoeda altcoin

Ethereum Classic dispara e renova máxima histórica

Na última terça-feira (4) as altcoins mostraram força mesmo com o preço do Bitcoin em queda e uma das moedas que dispararam no mercado...
Mercado Livre. Imagem: Reprodução

Mercado Livre compra R$ 40 milhões em Bitcoin

O Mercado Livre finalmente divulgou em seus balanços a compra de Bitcoin como parte de sua reserva de valor. A compra teria sido realizada...

Banco digital anuncia fundos de criptomoedas da Hashdex

O C6 Bank anunciou hoje (05) que irá oferecer em sua plataforma dois fundos baseados em criptomoedas geridos pela Hashdex. De acordo com o...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias