Início Altcoins Receita obriga exchanges a prestar contas mensais sobre movimentações em criptomoedas

Receita obriga exchanges a prestar contas mensais sobre movimentações em criptomoedas

-

A partir de setembro, as exchanges que atuam no Brasil no setor de criptoativos terão de prestar contas mensalmente sobre as movimentações de cada correntista, incluindo valores movimentados, endereços de wallets, nomes e dados gerais dos investidores.

A obrigatoriedade foi determinada pela instrução normativa Nº 1.888, da Receita Federal, publicada nesta terça (7/5) no Diário Oficial da União, e já estava prevista por comunicado anterior da Receita, divulgado no ano passado.

O documento, que está disponível na íntegra para leitura, exige das exchanges e pessoas físicas uma prestação de contas minuciosa, que tem o potencial de trazer luz sobre as dimensões reais do mercado de criptomoedas no Brasil e ajudar também no combate a pirâmides financeiras e outros cibercrimes.

As informações que as exchanges deverão passar mensalmente para a Receita Federal, para cada operação realizada, independente de valores, são as seguintes: data da operação; tipo da operação, por exemplo, compra, venda ou permuta; titulares da operação; criptoativos usados na operação; quantidade de criptoativos negociados; valor da operação, em reais, excluídas as taxas de serviço cobradas; e endereço das wallets de remessa e de recebimento, se houver.

Como as exchanges terão de informar tudo sobre as movimentações, a pessoa física não será obrigada a prestar contas, a não ser que movimente mais de R$ 30 mil na soma mensal de suas operações em criptomoedas. Neste caso, tanto faz se ela usa uma exchange fora do Brasil ou faz negócios pessoa a pessoa (P2P), sua obrigação é fazer a declaração mensal.

Além dessas informações, anualmente, as exchanges serão obrigadas em janeiro a repassar à Receita informações relativas a 31 de dezembro do ano anterior, informando, sobre cada usuário: saldo de moedas fiduciárias, em reais; e saldo de cada espécie de criptoativos, em unidade dos respectivos criptoativos; além do custo, em reais, de obtenção de cada espécie de criptoativo, declarado pelo usuário de seus serviços.

Multas

A instrução também determina multas em casos de não cumprimento das normas.

Em caso de não apresentação dos dados ou atraso, a multa mensal é de R$ 500 para pessoas jurídicas, exchanges inclusive, com atuação recente ou que possuem determinadas características, por exemplo, serem declarantes de Imposto de Renda pelo lucro presumido. Para as demais empresas, a multa mensal é de R$ 1500. Já para pessoas físicas, é de R$ 100 mensais.

Haverá multas ainda se as informações forem omitidas ou apresentadas de forma incorreta. Nesses casos, para as empresas, ela será de 3% do valor da operação, não inferior a R$ 100. Para as pessoas físicas, a multa cai para 1,5%. Há multa ainda para quem não prestar esclarecimentos nos prazos estipulados e desconto de 70% da multa para optantes pelo Simples Nacional.

---------------------------------------------------------- BitcoinTrade: 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos! Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! www.bitcointrade.com.br
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Anúncio

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora
Avatar
Almir Teixeira
Almir Teixeira é jornalista desde 2001, formado pela USP. Trabalha ainda como produtor de jingles, é programador amador e entusiasta de ciência e tecnologia.

Veja também

Banco Central do Brasil vai monitorar transações acima de R$ 2 mil

O Brasil vai ter um novo cenário conduzido pelo Banco Central em breve, com transações acima de R$ 2 mil sendo monitoradas. Este poderia...

“CVM” da Espanha faz alerta contra pirâmide financeira brasileira

Um Brasileiro resolveu sair do Brasil para envergonhar a nação na Espanha. Filipe Han, fracassado em terras tupiniquins depois de a CVM expor seu...

Clientes da Unick não são vítimas, diz Justiça

A Unick Forex, maior pirâmide financeira com criptomoedas que o Brasil já viu chegou ao fim, a empresa que prometia dobrar capital em até...

Criptomoeda Ripple (XRP) terá IPO

Uma novidade interessante pode ter surgido do Fórum Mundial Econômico em Davos para o criptomercado. Isso porque, de acordo com o CEO da Ripple...

Cliente da Unick vai armado em igreja para cobrar pastor que recomendou esquema

Novamente um líder da Unick sofre ameças de uma pessoa aramada, o líder da vez é um bispo de uma igreja que recomendou a...

Caiu no golpe da Unick e depositou dinheiro em outro golpe

Os clientes da Unick Forex têm passado por enormes problemas desde que a empresa foi encerrada em 2019, um caso recente revela que uma...

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Banco Central do Brasil vai monitorar transações acima de R$ 2 mil

O Brasil vai ter um novo cenário conduzido pelo Banco Central em breve, com transações acima de R$ 2 mil sendo monitoradas. Este poderia...

“CVM” da Espanha faz alerta contra pirâmide financeira brasileira

Um Brasileiro resolveu sair do Brasil para envergonhar a nação na Espanha. Filipe Han, fracassado em terras tupiniquins depois de a CVM expor seu...

Clientes da Unick não são vítimas, diz Justiça

A Unick Forex, maior pirâmide financeira com criptomoedas que o Brasil já viu chegou ao fim, a empresa que prometia dobrar capital em até...