Relatório dos EUA sobre “guerra contra drogas” na América Latina deve mencionar criptomoedas

Chamada de "Guerra às drogas", país norte-americano pretende reformar sua política em relação aos países sul-americanos.

Siga no
Dólar Bitcoin e bandeira dos EUA
Bitcoin e bandeira dos EUA

Um novo relatório sobre a “guerra às drogas” será lançado esta semana pelos EUA, mencionando a América Latina e às criptomoedas. As informações foram confirmadas pela Reuters em Washington.

O material deve ter mais de 110 páginas e será publicado em meio a pandemia da COVID-19. De acordo com as autoridades dos Estados Unidos, a pandemia atrapalha o combate as drogas.

Contudo, uma estratégia nova e ampla de combate ao tráfico de drogas será lançada pelo país. Antes de sua publicação oficial, jornalistas da Reuters tiveram acesso ao material.

Entre os assuntos que entraram no relatório está o combate à lavagem de dinheiro do narcotráfico.

Relatório dos EUA sobre guerra às drogas deve mencionar as criptomoedas e América Latina, “mudanças na política”

Os Estados Unidos preparam um relatório que deverá impactar sua política em relação à “guerra às drogas”. Com o início desse combate na década de 70, os EUA já gastaram um grande orçamento militar no setor.

Contudo, apesar dos altos gastos para prevenção e combate às drogas, os Estados Unidos não acreditam que o assunto esteja resolvido. Na verdade, com a chegada da pandemia, o combate teria ainda piorado.

De acordo com a Reuters em Washington, que teve acesso a um relatório do governo, o material será publicado nesta semana. Contendo 117 páginas, o relatório está sendo preparado há 18 meses pelas autoridades do país.

A visão é que o relatório chegue para mudar as políticas dos EUA em relação à América Latina. Ou seja, a guerra às drogas na região deverá ser revista, pois hoje não consegue conter os narcotraficantes da região com eficiência.

Os EUA esperam ainda ajuda das autoridades da região no combate à lavagem de dinheiro. Neste combate, os Estados Unidos espera que a América Latina inclusive preste atenção no fluxo de dinheiro das criptomoedas.

A ação visa coibir as transações internacionais entre países, que poderiam ser facilitadas pela tecnologia. Além disso, o país norte-americano quer intensificar a inspeção em transações financeiras entre fronteiras.

Nova política dos EUA poderia chegar com força no Brasil

Vale o destaque que uma eventual alteração na política dos EUA em relação à América Latina também contempla o Brasil. Um dos principais países da região, em população e economia, o país atravessa um momento de discussões sobre a lavagem de dinheiro.

Conforme apontado pelo Livecoins, a Câmara dos Deputados iniciou debates para conduzir uma revisão da lei de lavagem de dinheiro brasileira. A comissão instalada em setembro de 2020, inclusive, já iniciou os debates no mês de novembro.

Em pelo menos duas reuniões às criptomoedas já foram citadas. No primeiro encontro da comissão, por exemplo, um procurador afirmou que o uso de criptomoedas em lavagem de dinheiro é agravante.

Ou seja, uma eventual mudança na política dos EUA agora, poderá chegar com força no Brasil. A Guerra às drogas, implementada pelos EUA em 1971, completa 50 anos em 2021. Contudo, segue sem perspectivas de chegar ao fim, sendo um dos investimentos militares mais caros já realizados no mundo.

Apesar da relação das criptomoedas em eventuais casos de lavagem de dinheiro, o uso do dinheiro em espécie ainda é a preferência dos criminosos. No caso das criptomoedas, ferramentas de seguir o dinheiro tem sido criadas e a polícia federal até conheceu uma solução recentemente.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Baleia Bitcoin. (Imagem: Adobe Stock)

Baleias movem R$10 bilhões em duas transações após correção do Bitcoin

Após o preço do Bitcoin voltar para a região dos 60 mil dólares depois de ter quebrado sua alta máxima de 66 mil, duas...

Cazaquistão sofre crise de energia devido à mineração de Bitcoin

Devido a proibição da atividade de mineração na China, o segundo país que recebeu mais mineradores foi o Cazaquistão, ficando atrás apenas dos EUA,...
Homem segurando criptomoedas em mão

Secretários de Macaé são acusados de enriquecimento ilícito e investimentos “elevados” em criptomoedas

Alguns secretários municipais de Macaé foram acusados em redes sociais de obter enriquecimento ilícito e negociar criptomoedas, obtendo para si vantagens indevidas. A negociação de...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias