CIentista russo minera bitcoin

A cidade de Sarov (Rússia) é conhecida por ser o lar de um supercomputador com processamento petaflop. A empresa que é proprietária é chamada de Instituto de Pesquisa de Física Experimental de Rádio . Um petaflop é ” a capacidade de um computador fazer um quadrilhão de operações de ponto flutuante por segundo”.

De acordo com o jornal Russo SecurityLab.ru, dois funcionários que faziam parte do centro nuclear privado foram detidos depois de tentarem minerar moedas virtuais usando o supercomputador.

CIentista russo minera bitcoin

Informações pessoais sobre esses dois funcionários ainda não foram divulgadas.

-Publicidade-
BlockCrypto

Devido às posições que ocuparam na empresa, foi possível acessar o computador avançado. O passo final foi conectá-los à Internet e iniciar o processo de mineração.

Infelizmente para os funcionários, em pouco tempo, o sistema de segurança do supercomputador enviou um aviso ao Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB). O que deixou os homens em custódia na condição de não deixar o país.

A empresa é uma das proprietárias dos supercomputadores mais poderosos da Rússia. Há apenas dois deles em todo o país.

A Rússia começou a se envolver no desenvolvimento do sistema de criptomoedas. Eles estão se preparando para lançar uma moeda virtual nacional – CryptoRuble. Sabe-se também que o maior banco da Rússia realizou grandes investimentos na abertura de um laboratório para testar as soluções baseadas em blockchain.

No entanto, autoridades russas anunciaram essa semana sobre uma possível lei que irá tributar a receita do comércio de criptomoedas.

 

Fonte: Coindoo

---- Anúncio----

BitcoinTrade

A BitcoinTrade é a melhor solução para compra e venda de criptomoedas. Negocie Bitcoin, Ethereum e Litecoin com total segurança e liquidez. Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android: www.bitcointrade.com.br

-