S.A Capital nega ter dado garantias para clientes da Unick

Empresa de Fernando Lusvarghi!

Siga no
Unick Leaks
Unick Leaks

A S. A. Capital, empresa de Fernando Lusvarghi e ligada à Unick Forex, nega ter quaisquer garantias para os clientes da possível pirâmide encerrada em outubro de 2019. O motivo seria uma relação contratual, que, de acordo com a S. A. Capital, foi totalmente cumprida.

Considerado Diretor Jurídico da Unick Forex, Fernando Lusvarghi foi responsável por coordenar várias operações dentro da Unick. Em uma delas, foi responsável por arrumar uma garantia, que seria oferecida aos investidores caso a Unick ficasse insolvente.

Dessa forma, a S. A. Capital, com sede no município de Bragança Paulista (SP), conseguiu um terreno. O terreno ficava de fato em Cristalina (GO), no condomínio Eldorado de Brasília, que teria sido oferecido para que os clientes acreditassem mais na solidez da Unick Forex.

A Unick certamente ficou insolvente, e até então nenhum cliente conseguiu ver a tal garantia. O porquê da garantia não ter funcionado ainda é a dúvida de muitos.

diretor-juridico-unick
Diretor jurídico da Unick Forex, Fernando Marques Lusvarghi. Foto: Reprodução.

Empresa ligada a Unick Forex, S. A. Capital afirma que não tem garantias para clientes

De fato os clientes da Unick buscam reaver seus investimentos desde meados de junho de 2019, quando os pagamentos começaram a ser suspensos. De acordo com um advogado, os clientes poderão demorar mais que oito anos para reaver seu dinheiro.

Contudo, um curioso caso chama a atenção que quem acompanha esse polêmico caso. Desde que foi encerrada em 2019, pela Operação Lamanai, os clientes passaram a se lembrar de uma garantia oferecida.

A garantia, segundo um documento com interceptações da Polícia Federal, obtidas pelo Livecoins, seria oferecida pela S. A. Capital. Essa empresa é de propriedade de Fernando Lusvargui e sua esposa Isabel.

A S. A. Capital era apresentada aos investidores por Danter Navar, em palestras para captar pessoas. A Polícia Federal destaca na operação Lamanai que a suposta garantia era oferecida em palestras ao público.

Danter comunica que a UNICK mantém uma garantia para com seus clientes. Segundo Danter a garantia sob o produto da UNICK é oriunda da empresa S.A. CAPITAL. Ainda segundo o palestrante, esta empresa apresentaria uma garantia real através de lotes urbanos do loteamento Eldorado de Brasília, que teria uma área total de 20.715.200 m². Segundo Danter o valor venal desta área seria equivalente a R$ 100,00 o m². Também consta que o registro do imóvel seria o de n° 1.852, do Cartório de Registro de Imóveis de Cristalina/GO.

Danter Silva da Unick Academy (Reprodução/Youtube)
Danter Silva da Unick Academy (Reprodução/Youtube)

Clientes Unick que procuram a S. A. Capital recebem porta fechada

Para os clientes da Unick Forex (Academy), que buscam a S. A. Capital, supostamente garantidora, não encontram boas notícias. A garantia de um terreno em Cristalândia (GO) nunca chegou a ser uma realidade para aqueles investidores que acreditaram na Unick.

Em redes sociais, até certificados garantidores, com os nomes dos clientes, eram compartilhados quando a empresa estava em seu auge. Ao final do golpe consumado, a garantia se tornou pó.

A S. A. Capital é cotidianamente citada em processos de clientes contra a Unick, na esperança de receberem seus investimentos. Entre 2017 e 2018, a PF estima que a empresa tenha transacionado mais que R$ 10 milhões, em crédito e débito. O dinheiro seria certamente de clientes da Unick e foi reportado pela Receita Federal, segundo consta nos autos da PF.

Entretanto, a S. A. Capital é uma empresa que tem retirado seu “time de campo” quando acionada por clientes da Unick. No último dia 20 de abril, por exemplo, a empresa publicou um Comunicado ao Mercado em seu site, informando que não há mais nenhuma relação com a Unick e nem com seus clientes.

A S. A. Capital vem a público para esclarecer que sua relação comercial contratual com o grupo Unick Academy foi encerrada, não permanecendo nenhuma inadimplência entre as partes. A S. A Capital é uma empresa independente, que atua na área de backoffice, serviços de intermediação de negócios e garantias imobiliárias.

S. A. Capital não possuía relação com investidores da Unick

Em nota, a S. A. Capital afirma que não há nenhuma relação mais com a Unick Academy. De acordo com a empresa, tudo teria acabado no início de outubro de 2019, antes até da Operação Lamanai.

Ou seja, a S. A. Capital não possuía nenhuma relação contratual com os clientes do grupo Unick Academy, nem mesmo integrava a cadeia de venda de seus produtos. Entender o contrário seria extrapolar os limites da relação contratual existente entre a S. A. Capital e o grupo Unick Academy.

Em resumo, a S. A. Capital, de Fernando Lusvargui e sua esposa, afirma que luta para esclarecer os fatos aos clientes. A dúvida sobre a rescisão contratual entre a S. A. Capital e a Unick é presente em processos de clientes, que eventualmente acionam a empresa de Fernando a fim de reaver um pedaço do “terreno no céu”.

A S. A. Capital está fazendo todo o possível para esclarecer os fatos e cumprir com suas obrigações contratuais, inclusive aproveita a oportunidade para esclarecer que suas obrigações se davam por vínculo contratual apenas com o grupo Unick Academy.

Por fim, o dono da garantidora da Unick era também diretor jurídico da possível pirâmide financeira, o que de fato, poderia mostrar a indefinição neste problema. Nas investigações da PF, a S. A. Capital era mais uma das empresas utilizadas pela Unick para lavagem de dinheiro e ocultação de bens, segundo consta nos autos do processo que segue na justiça, e não uma forma de dar garantias aos clientes.

Confira o comunicado na integra:

Assunto – Serviços Prestados ao Grupo Unick Academy

A S. A. Capital vem a público para esclarecer que sua relação comercial contratual com o grupo Unick Academy foi encerrada, não permanecendo nenhuma inadimplência entre as partes. A S. A Capital é uma empresa independente, que atua na área de backoffice, serviços de intermediação de negócios e garantias imobiliárias.

Aos fatos:

A S. A. Capital foi contratada pelo grupo Unick Academy para prestar serviços de intermediação de negócios, consultoria empresarial e disponibilização de patrimônio imobiliário localizado no município de Cristalina GO, o qual poderia ser utilizado pelo grupo Unick Academy para garantir o cumprimento de suas obrigações, até o limite do patrimônio imobiliário em questão.

A relação jurídica entre a S. A. Capital e o grupo Unick Academy era exclusivamente cível contratual, em função dos serviços prestados até o início de Outubro/2019, quando foram encerradas todas as prestações de serviços.

Ocorre que em 17 de outubro de 2019, a Polícia Federal deflagrou a Operação Lamanai, suspendendo todas as atividades do Grupo Unick Academy. Em virtude desta suspensão, a S.A. Capital notificou o encerramento dos contratos de prestação de serviços e na mesma oportunidade disponibilizou o patrimônio imobiliário contratado pelo Grupo Unick Academy, não havendo assim mais nenhuma relação entre a S.A. Capital e o Grupo Unick Academy.

A S. A. Capital está fazendo todo o possível para esclarecer os fatos e cumprir com suas obrigações contratuais, inclusive aproveita a oportunidade para esclarecer que suas obrigações se davam por vínculo contratual apenas com o grupo Unick Academy.

Ou seja, a S. A. Capital não possuía qualquer relação contratual com os clientes do grupo Unick Academy, nem mesmo integrava a cadeia de venda de seus produtos. Entender o contrário seria extrapolar os limites da relação contratual existente entre a S. A. Capital e o grupo Unick Academy.

Nesse sentido, importante dar destaque ao contrato que balizava a relação entre o grupo Unick Academy e seus clientes (Termos e Condições).

TERMOS E CONDIÇÕES
CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO
ENTRE A GOLDEN STRIPE CORP e CLIENTES
(Disponível em: https://office.unick.forex/downloads/termos_condicoes_maio_2019.htm. Acesso em: 25 de maio de 2019)

LINK para acesso ao documento original.

Com destaque para o item (44) do Termos e Condições do projeto UNICK e para os trechos da Certidão de Inteiro Teor do patrimônio imobiliário em questão.

  

Informações importante:

  1. A S. A. Capital não cobrava nenhuma taxa, nem valor de terceiros, nem mesmo de clientes do grupo Unick Academy.
  1. A remuneração da S. A. Capital pelos serviços prestados era estabelecida em contratos próprios e não era proporcional aos valores de vendas.
  1. A S. A. Capital não gerenciava, nem sequer tinha acesso a informações de vendas, nem dos clientes do grupo Unick Academy.
  1. O Termos e Condições é o contrato que estabelece a relação entre o grupo Unick Academy e seu cliente, a S. A. Capital não era parte nessa relação, senão apenas anuente por ser a prestadora de serviços quanto a garantia de satisfação.

Uma vez mais a S. A. Capital afirma seu compromisso de agir com integridade e responsabilidade, fazendo todo o possível para esclarecer os fatos e garantir o cumprimento de suas obrigações contratuais.

Atenciosamente,

Diretoria – S. A. CAPITAL

Veja outras reportagens sobre a Unick na nossa série especial #UnickLeaks

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Moeda Bitcoin com martelo da justiça

Vendedora de Bitcoin ganha na justiça e será indenizada após encerramento de conta

Uma vendedora de Bitcoin no Brasil (P2P), ganhou uma ação contra a Stone após um problema com sua conta virtual. A decisão da justiça...

“XRP é golpe, qualquer um que comprar é idiota”, diz desenvolvedor do bitcoin

Adam Back, um dos desenvolvedores do bitcoin que trabalhou com Satoshi Nakamoto disse que a criptomoeda XRP é um golpe e qualquer um que...
Guggenheim

Gigante de Wall Street pede aprovação da SEC para investir até R$ 2.6 bi...

A gigante americana de serviços financeiros Guggenheim Partners entrou com um pedido na Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC) para investir até $ 500...

Últimas notícias

“XRP é golpe, qualquer um que comprar é idiota”, diz desenvolvedor do bitcoin

Adam Back, um dos desenvolvedores do bitcoin que trabalhou com Satoshi Nakamoto disse que a criptomoeda XRP é um golpe e qualquer um que...

Gigante de Wall Street pede aprovação da SEC para investir até R$ 2.6 bi em bitcoin

A gigante americana de serviços financeiros Guggenheim Partners entrou com um pedido na Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC) para investir até $ 500...

Guru de “A grande aposta” compara bitcoin com Tesla: “bolha”

Michael Burry - o famoso investidor interpretado por Christian Bale no filme "A grande aposta" - comparou a Tesla com o bitcoin, chamando ambos...