Secretário do Brasil Central conhece sistema blockchain russo

Votação com blockchain no país euro-asiático é destaque, aponta autoridade brasileira.

Siga no
Consórcio Brasil Central - BrC
Consórcio Brasil Central - Reprodução/BrC

Fundado em 2015, a Associação Pública de natureza autárquica chamada Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC) é uma referência no país. Nos últimos dias, o secretário-executivo do Brasil Central foi até a Rússia conhecer um sistema blockchain instalado no país, para uma votação importante.

São parte do conhecido Brasil Central os estados: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Rondônia e o Distrito Federal. A iniciativa pretende ajudar no desenvolvimento econômico dos estados, assim como aumentar o impacto social em diversas frentes.

A tecnologia blockchain, por sua vez, começou a se popularizar após a criação das criptomoedas, como o Bitcoin, por exemplo. Contudo, desde 2015, com o surgimento da Ethereum, a blockchain se tornou uma tecnologia mais importante, que facilita a criação de várias aplicações.

Em ano de eleição, secretário-executivo do Brasil Central vai até à Rússia conhecer sistema blockchain utilizado no país

No fim de junho e início de julho de 2020, uma emenda constitucional teve que ser votada na Rússia, que poderia garantir a permanência de Vladimir Putin na presidência até 2036. Com parecer favorável da população, Putin poderá ser presidente por mais 16 anos, após alterações na Constituição do país.

Como prevê as nações unidas, o processo teve que ser auditado e observado por representantes de vários países. Nesse processo, foram representantes de 23 países realizar auditorias na votação, inclusive do Brasil.

Um dos que compareceram no local foi o secretário-executivo do Consórcio Brasil Central, Jader Afonso. No local, Jader inspecionou todo o processo da eleição, entre os dias 29/06 e 03/07.

O secretário-executivo do Brasil Central pôde conhecer o sistema blockchain utilizado para votação na Rússia. Dessa forma, afirmou que todo o processo foi transparente e a votação foi de fato legítima.

O processo é muito bem planejado, padronizado, atendendo todas as regras de segurança e saúde exigidas, e com a facilitação para o eleitor cidadão

Votações em meio à COVID-19 foram seguras e a distância, uso da blockchain foi importante

Atravessando um momento complexo em 2020, com a pandemia do novo coronavírus, a população teve uma votação em massa atípica. Com 65% da população russa dando sua opinião, o prazo para votação teve que ser estendido e o voto foi pela internet.

A Comissão Eleitoral estendeu o prazo de votação para 7 dias, ao invés de apenas 1 dia, além de ter criado o voto via internet, tanto computador como celular, usando de toda tecnologia disponível para oferecer segurança, como certificação digital e blockchain, além do voto em casa (home) em que funcionários da junta eleitoral vão até o eleitor colher o voto

Aproveitando a visita ao país, Jader deu palestras sobre o Brasil Central, apresentando a região para investidores russos. Dessa forma, os estados que compõem com Brasil Central, assim como o Distrito Federal, foram apresentados aos possíveis investidores.

Chamado de Programa de Desenvolvimento de Parcerias Internacionais, feito pelo BrC, já havia sido alinhado com os governadores da região. Além disso, a apresentação da região para investidores havia sido alinhada no Conselho de Administração da Autarquia, no âmbito do Programa Brasil Central Global.

No Brasil, em 2020 acontecem as eleições municipais, adiadas para novembro o primeiro turno. Ainda não se sabe como serão conduzidas as eleições com as regras de prevenção ao COVID-19, mas na Rússia, o uso da blockchain facilitou o processo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Criptomoedas mais populares atualmente são de jogos

De acordo com medidores de popularidade de criptomoedas, uma nova tendência parece estar começando dentro do mercado de criptomoedas: a popularização dos ativos ligadas...

Sob pressão regulatória, maior corretora de Bitcoin do mundo decide limitar saques de novos...

A Binance, maior corretora de criptomoedas do mundo, sempre teve uma postura não muito rígida em relação as regras de KYC (identificação de clientes)...
Movimentos de baleias em gráfico do Bitcoin

Baleias compraram 170 mil bitcoins nas últimas cinco semanas

Um recente estudo publicado pela Santiment revelou que as baleias (grandes detentores) compraram 170 mil bitcoins nas últimas cinco semanas, avaliados em cerca de...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias