“Sinal” para comprar Bitcoin está piscando, diz Bloomberg

Preço está abaixo do que deveria!

-

Siga no
Preço do Bitcoin em alta
Bitcoin em alta
Anúncio

Um dos mais respeitados portais de notícias financeiras do mundo, a Bloomberg apontou que o sinal para comprar Bitcoin está “piscando”. A tendência é que a moeda digital tenha uma recuperação de preços em breve, apontou estudo.

Para justificar essa posição controversa, a Bloomberg recorreu a alguns indicadores técnicos. De acordo com um deles, que mostra a reversão de tendência no longo prazo, o cenário é promissor.

Além disso, a perspectiva de alta em um cenário pós-pandemia seria na visão de alguns analistas uma realidade. A perspectiva positiva para o criptomercado chega junto de um momento em que o Bitcoin começa sua recuperação após um mês ruim.

Sinal está piscando para comprar Bitcoin, afirma indicador da Bloomberg

Anúncio

A Bloomberg é uma das mais tradicionais empresas do mercado financeiro, com sede em Nova York. Mesmo com o abalo da pandemia do novo coronavírus, não deixou de prestar atenção no Bitcoin.

Muito pelo contrário, pois afirmou que um de seus indicadores técnicos reverteu a tendência de baixa do Bitcoin. Certamente o fato chama atenção uma vez que o indicador estava em uma tendência de baixa há três meses.

O indicador utilizado é o Bloomberg Galaxy Crypto Index, que não dava sinais de compra desde 2019. Contudo, a reversão de tendência tem sido vista, com um forte movimento comprador segundo a Bloomberg.

Bloomberg Galaxy Crypto Index aponta sinal para comprar Bitcoin
Bloomberg Galaxy Crypto Index aponta sinal para comprar Bitcoin – Reprodução/Bloomberg

O GTI VERA (Indicador Técnico Global – Explosão de Volatilidade Relativamente Ajustada) foi utilizado no estudo. De acordo com a Bloomberg, quando este indicador aponta compra, uma explosão no mercado irá acontecer, o que neste caso pode acontecer com o Bitcoin em breve.

O GTI VERA é um indicador de convergência e divergência, assim como o famoso MACD, muito utilizado por traders. A Bloomberg destacou que agora, o Bitcoin encerrou uma posição de vendas fortes, que era vista desde julho de 2019. Ou seja, o caminho a seguir deverá ser de alta.

Otimismo com Bitcoin é visto em tempos difíceis

A Bloomberg destacou que até aqui, a forma de atuar dos Bancos Centrais tem ajudado muito o Bitcoin em 2020. Isso porque, com a condução errada de políticas monetárias, a moeda digital ganha mais força.

Um dos especialistas que falou sobre isso com a Bloomberg foi Christel Quek, diretor comercial e cofundador da Bolt Global. Quek afirmou que após a pandemia, o Bitcoin deverá brilhar.

Os bancos centrais continuam imprimindo dinheiro e direcionando-o através de redes caras de pessoas e bancos, aumentando ainda mais a dívida. Uma moeda descentralizada e um meio de pagamento como o Bitcoin quebram esse ciclo de vazamento de dinheiro

Disputa de preços sobre Bitcoin no pós-halving já ganha times: vai subir ou cair?

A companhia de estudos de mercado cripto Coin Metrics (CM) também entrou na disputa para saber sobre o futuro. Para os analistas, alguns cenários devem ser considerados para tomar uma decisão.

De fato, a empresa apontou que já há times criados para defender a teoria que o preço do Bitcoin está precificado. Essa corrente de pensamento aponta que o halving não deverá afetar o preço do Bitcoin, uma visão de que o criptomercado seria eficiente.

Entretanto, outra linha de pensamento de alguns analistas e entusiastas apontam que o halving será positivo. Com isso, após o evento, o Bitcoin irá valorizar bastante.

A Coin Metrics destacou em um material que lançou nesta terça que o preço do Bitcoin poderá ter interferência dos mineradores. Isso porque, com menos moedas geradas após o halving, muitos irão operar na margem de rentabilidade por isso, aumentar a pressão de venda de Bitcoins.

Moeda Bitcoin personalizada
Moeda Bitcoin personalizada

A Coin Metrics apontou que o cenário de longo prazo poderá ser muito positivo para o Bitcoin, porém, dependerá do ajuste da rede e dos mineradores. A CM aponta que muitos poderão desistir da atividade após o halving do Bitcoin, que deverá ser em maio.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Verificador de saldo de endereços bitcoin

Verifique o Saldo de Endereços Bitcoin

O Verificador de Saldo de Endereços Bitcoin já está disponível. Desenvolvido no Brasil, o aplicativo permite verificar facilmente o saldo de diversos endereços bitcoin...
ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Últimas notícias

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...