Inicio Notícias Smartdrops, uma alternativa aos airdrops

Smartdrops, uma alternativa aos airdrops

-

Compartilhe
smartdrops

Os airdrops têm sido extremamente populares nos últimos meses como forma de distribuir criptomoedas para novos potenciais investidores. O número de airdrops ativos está aumentando exponencialmente, mas eles podem ser substituído por uma nova forma em breve.

No final de julho, David A. Johnston, fundador da Yeoman Capital publicou um post no medium discutindo uma nova versão de airdrops chamada smartdrop, distribuição inteligente em uma tradução livre.

Um smartdrop, em essência, tem como alvo pessoas que vão receber as moedas com base em diversos fatores.

David Johnson explica que esse método de direcionamento levará a uma melhor base de usuários em comparação com casos anteriores em que qualquer pessoa e todos com um endereço ethereum receberiam um token.

Esse novo método está tendo progresso e está despertando um interesse significativo das ICOs que buscam distribuir gratuítamente algumas moedas.

A Dfinity e a Polymath já realizaram uma distribuição inteligente fazendo com que os usuários passassem pelos requisitos KYC e AML para receber suas moedas.  Os requisitos do (KYC) Know Your Customer e do (AML) Anti-Money Laundering aparecem constantemente em conversas sobre criptomoedas, especificamente sobre ICOs.

Conhecer o seu cliente (KYC) refere-se às atividades de due diligence que as instituições financeiras e outras empresas reguladas devem realizar para averiguar informações relevantes de seus clientes com o objetivo de fazer negócios com elas. O termo também é usado para se referir ao regulamento bancário que rege essas atividades. Os processos do Know Your Customer também são empregados por empresas de todos os portes com o objetivo de garantir a conformidade antissuborno de seus agentes, consultores ou distribuidores. Bancos, seguradoras e agências de crédito à exportação exigem cada vez mais que os clientes forneçam informações detalhadas sobre due diligence anticorrupção, para verificar sua probidade e integridade. 

Anti lavagem de dinheiro (AML), é um conjunto de procedimentos, leis ou regulamentos destinados a impedir a prática de geração de renda através de ações ilegais. Na maioria dos casos, os lavadores de dinheiro escondem suas ações através de uma série de medidas que fazem com que pareça que o dinheiro proveniente de fontes ilegais ou antiéticas foi obtido legitimamente. 

A TRM Labs também lançou uma plataforma para auxiliar projetos que buscam fazer smartdrops, auxiliando nos esforços de direcionamento.

Essa mudança tem o potencial de causar um grande impacto no cenário das ICOs, já que repara um dos principais problemas dos airdrops. Como disse Paul Hainsworth, CEO do Open Garden:

“A maioria dos airdrops quer realmente dar um valor aos investidores especulativos para que eles possam deposita-los em uma corretora. Trata-se, na verdade, de tentar demonstrar as exchanges: “Ei, temos muitas carteiras, vamos trazer muitas pessoas e, portanto, vamos listar nosso token em sua plataforma”.

Ao usar o modelo smartdrop, você terá usuários legítimos que realmente usarão suas moedas, o que realmente construirá a rede, ao contrário dos airdrops tradicionais, de acordo com a Hainsworth.

Distribuir os tokens para investidores certos não é o único problema enfrentado nos airdrops.

O preço dos tokens e o número de tokens liberados também são decisões importantes que devem ser tomadas e podem causar o sucesso ou o fracasso do airdrop.

Essas são ciências imperfeitas, então mesmo com o direcionamento avançado em smartdrops, os projetos ainda podem falhar, mas este novo método permite mais sucesso para novas moedas.

Veja também: Lista de airdrops

Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

FMI e Banco Mundial criam criptomoeda própria

De acordo com um artigo do Financial Times, o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial estão desenvolvendo conjuntamente uma blockchain privada para futuras experimentações...

Corretora de criptomoedas japonesa remove Bitcoin Cash em resposta a remoção do Bitcoin SV da Binance

A SBI Virtual Currencies, uma corretora de criptomoedas japonesa removeu o Bitcoin Cash de sua plataforma em resposta à recente remoção do Bitcoin...

Plataforma de David Chaum busca operadores de nós brasileiros para o teste BetaNet

A solicitação para executar o lançamento de um "node" - nó - BetaNet da plataforma Elixxir, de David Chaum está aberta até sexta-feira à...
 
Compartilhe
close-link