“Só vamos investir em Bitcoin”, diz CIO da SkyBridge Capital

A dúvida era se compensa investir em Bitcoin, Ouro ou manter uma reserva em Dólar. Decisão já foi tomada pelos gestores de investimentos.

Siga no

O Gerente de Investimentos da SkyBridge Capital, uma gigante gestora de fundos de Nova Iorque, anunciou que a empresa só vai investir em Bitcoin, após cogitar também investir em ouro.

A decisão foi tomada após várias discussões sobre a compra de moedas alternativas ao Dólar americano. Isso porque, o medo da empresa é de uma crise ainda pior com as políticas monetárias praticadas pelo FED.

De acordo com a Bloomberg, o fundo de hedge da SkyBridge Capital administra US$ 7,5 bilhões. Dessa forma, a empresa espera se defender da crise com a maior moeda digital do mundo, o Bitcoin.

“Só vamos investir em Bitcoin”, diz empresa que estudou também o ouro

A inflação é apenas um dos medos que rondam o mercado financeiro global. Com o excesso de produção de dinheiro, desde 2020, há um receio entre gestores de fundos de hedge que os bancos centrais percam o controle da política monetária, acirrando ainda mais a crise já instalada.

Para Troy Gayeski, em conversa com a Bloomberg, em um cenário caótico na economia mundial as empresas deverão buscar ainda mais ativos descorrelacionados, como moedas alternativas, principalmente o ouro e o Bitcoin.

Atravessando bons momentos nos últimos anos, o ouro e o Bitcoin alcançaram máximas de mercado. Mas com a continuação das políticas do FED, acredita Troy, o movimento de alta das moedas continuarão em alta.

Troy é o CIO (Chief Investment Officer) do fundo SkyBridge Capital, ou seja, o responsável pela tomada de decisões de investimentos pela gestora, que administra US$ 7,5 bilhões de seus clientes.

Mesmo acreditando que o ouro continuará em alta, Troy anunciou que sua empresa só vai investir em Bitcoin, uma estratégia adotada para tentar captar mais dinheiro com a operação. Isso porque, mesmo que o Bitcoin e o ouro valorizem em breve, a crença do grande investidor é que a moeda digital valorize mais.

Ouro deve crescer até 2022

O preço do ouro nos mercados teve um comportamento diferente do Bitcoin em 2021. Isso porque, o metal precioso desvalorizou até o mês de março, mas voltou a subir, registrando recordes em sua cotação.

Já o Bitcoin, que subia até o mês de maio, agora recua com o mercado analisando o preço da moeda digital. Mesmo assim, Troy Gayeski acredita que a política do FED continuará até 2022, levando o ouro a registrar alta de preços até o próximo ano.

Com o mesmo sentimento otimista em relação ao Bitcoin, a empresa de investimentos optou pela moeda digital em seu portfólio. Essa tendência de empresas investirem no Bitcoin ao invés do ouro tem ficado comum em 2021, e teria sido um dos motivos que levou a cotação do metal a cair no primeiro trimestre.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

NFT pode “matar” o Bitcoin? Qual a relação entre ambos?

É provável que muita gente conheça os NFTs, regularmente confundidos com “arte digital”. A ação ganhou força após Stephen Curry, astro da NBA, e...
Plataformas NFT e Ethereum empresas

Empresas listadas na bolsa apostam no mercado de NFT

O crescimento do mercado de NFTs tem quebrado barreiras mais rápido do que outros recursos relacionados a blockchain. Hoje até mesmo grandes empresas, listadas...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

Mineradores brasileiros comentam banimento de Bitcoin pela China

A proibição de Bitcoin pela China nos últimos dias abalou o mercado, com muitas pessoas ficando preocupadas com isso, menos dois mineradores brasileiros que...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias