Startup brasileira é a primeira no país a implementar cashback em Bitcoin.

Bitback é uma plataforma que possibilita realizar compras e obter de volta em Bitcoins uma porcentagem do valor gasto. A porcentagem varia de acordo com a loja parceira na qual foi efetuada a compra.

-

Nos siga no:

A startup Bitback apresentou sua solução por meio da qual uma parte do valor gasto em lojas online é reembolsado em Bitcoins – ação conhecida como cashback. A iniciativa é a primeira deste tipo no Brasil.

A plataforma funciona da seguinte maneira: quando o usuário realiza uma compra junto a um dos e-commerces parceiros, ele recebe de volta uma porcentagem em Bitcoin automaticamente.

Não é necessário solicitar a quantia por meio de ticket ou meios semelhantes, provando-se ser uma plataforma bem prática. A porcentagem devolvida por meio do cryptoback (cashback em criptomoeda) varia de acordo com a loja utilizada para a compra.

O e-commerce brasileiro movimentou em 2018 mais de R$ 53 bilhões em vendas online segundo o relatório Ebit Webshoppers, e ainda 58 milhões de consumidores fizeram pelo menos uma compra online, realizando mais de 120 milhões de pedidos em lojas virtuais. Pesquisas mostram que menos de 1% desse faturamento online no Brasil passam por sites de cashback, em países como Inglaterra esse número chega a quase 20%.

Detalhando a motivação e escopo do projeto, o idealizador da iniciativa Otávio Lima declarou:

“Desenvolvemos o primeiro sistema de cashback com Bitcoin do Brasil. Temos observado todo o potencial das criptomoedas e como elas podem mudar a vida das pessoas integrando mais cidadãos ao sistema econômico e fornecendo uma alternativa a este sistema que muitas vezes exclui pessoas. Por conta disso, escolhemos o BTC [abreviação de Bitcoin] como moeda nativa para nosso sistema que, além de servir como forma de pagamento, pode também ser usada pelo usuário entrada no universo de investimento em criptomoedas. A partir daí, o usuário pode ampliar o horizonte para novas possibilidades.”

Criptomoedas são ainda tidas por muitos como uma área cinzenta, razão pela qual essas mesmas pessoas evitam investir dinheiro no meio. Considerando essa cautela, Otávio Lima decidiu que o Bitback seria a porta de entrada dos leigos no mundo dos criptoativos:

“Muitas pessoas não entram no mercado de criptomoedas por medo ou mesmo desconhecimento. Desta forma, pensei que se a entrada deles no mundo das criptomoedas fosse através de cashback, seria ótimo. Você naturalmente já compra em sites de e-commerce e, se puder ter o dinheiro de volta em Bitcoins, e ele ainda valorizar, será uma maravilha.”

O cadastro no Bitback é 100% gratuito e os Bitcoins recebidos como retorno na plataforma podem ser posteriormente retirados para qualquer carteira de BTC informada pelo usuário no momento do saque.

Mais do que uma iniciativa comercial, o Bitback é um esforço de inclusão de novas pessoas nos avanços tecnológicos e financeiros representados pelos criptoativos.

Quer receber novidades no e-mail? Assine nossa  Newsletter.
Saiba tudo sobre:
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Atlas. Foto Renata Santos, Livecoins

Plataforma de pagamento deve responder por investimentos perdidos na Atlas Quantum

O caso da Atlas Quantum, ao lado da Unick, foi um dos mais notórios do mercado de criptomoedas brasileiro. A Atlas deixou muita gente...
Prédio do Banco do Brasil (BB)

Hacker que levou R$ 400 milhões do Banco do Brasil foi preso

Na última segunda (1) o Banco do Brasil teria notado que R$ 400 milhões teriam sido levados por um ataque hacker. O alto valor...
Empresa Bitmain é uma das principais a construir máquinas de mineração de Bitcoin

Cofundador da Bitmain invade escritório da empresa com exército privado

O cofundador da Bitmain e ex-presidente da companhia, Micree Zhan, invadiu o escritório da empresa com uma unidade de guardas privados para tentar recuperar...
Cristo Redentor, símbolo no Brasil (Rio de Janeiro), e Bitcoin (BTC)

Ataque hacker na Prefeitura do Rio de Janeiro atrapalha saúde

Na esteira da prevenção ao novo coronavírus, a Prefeitura do Rio de Janeiro foi alvo de um ataque hacker nos últimos dias. Com o...

YouTube não deve remover vídeo de usuário que acusa empresa de ser pirâmide financeira,...

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal determinou que o Google Brasil não precisa remover do YouTube, ao menos por ora, um vídeo publicado na...