Telegram libera venda de nomes de usuários

Rede blockchain da TON fará os registros dos nomes.

O Telegram anunciou a venda de nomes de usuários em troca de criptomoedas, com os nomes sendo registrados em blockchain da The Open Network (TON).

Os clientes do Telegram aguardaram nos últimos anos que o aplicativo de mensagens, principal concorrente do WhatsApp, lançasse sua própria criptomoeda.

O lançamento acabou não ocorrendo, após pressão de reguladores sobre o fundador do aplicativo, Pavel Durov. A própria The Open Network se declara como um projeto independente do aplicativo.

Mesmo assim, tudo indica que o projeto está sendo criado para ser uma “sidechain” do Telegram. A própria compra e venda de nomes de usuários com criptomoedas pode ser os primeiros testes como meio de pagamento da blockchain.

Telegram permite que um usuário vendam perfis em troca de criptomoedas

Clientes brasileiros do Telegram começaram a receber novidades sobre o desenvolvimento da compra e venda de nomes em blockchain na última sexta-feira (11).

Em mensagens enviadas pelo canal oficial do Telegram, o aplicativo explicou que a compra e venda de nomes já está disponível.

Nomes como “Igor”, “Lara” e “Club”, por exemplo, já estão com leilões em aberto para serem adquiridos. A compra e venda de nomes de usuários curtos e reconhecíveis pode ser uma boa forma de marcas criarem suas identidades na plataforma, assim como influencers.

Telegram lança opção de compra de nomes com registro em blockchain e com criptomoedas
Telegram lança opção de compra de nomes com registro em blockchain. Reprodução/Telegram.

Por meio de um comunicado no Twitter, a TON também repercutiu o início dos leilões, que estão movimentando usuários da rede.

“O Telegram agora permite que todos os seus usuários coloquem seus nomes de usuário à venda na plataforma de leilões Fragment.com. Para começar, você precisa converter itens não colecionáveis regulares em colecionáveis $TON e abrir seu leilão.”

Quanto custa comprar um nome no Telegram?

Apesar do lançamento das novidades, o preço da The Open Network caiu 4,7% em relação ao Dólar nas últimas 24 horas. Assim, cada TON custa US$ 1,47 por unidade.

Para comprar um nome no Telegram, as empresas e pessoas precisam ter essa criptomoeda, que deve então ser guardada em uma carteira Tonkeeper, oficial do ecossistema.

Após isso, devem ir até o site “Fragment.com”, onde é possível adquirir os chamados nomes colecionáveis. Para realizar o login, é necessário utilizar a wallet Tonkeeper.

Um dos leilões mais movimentados nas últimas 24 horas foi do nome “Meta”, que está com a cotação em 341 TON, cerca de R$ 2.640,00.

Já o leilão mais caro é para o nome “Notícias”, que já custa 656 TON, ou US$ 964,00, mais de 5 mil reais.

Principais leilões de nomes na blockchain TON, no dia 12 de novembro de 2022
Principais leilões de nomes na blockchain TON, no dia 12 de novembro de 2022. Reprodução.

No futuro, é possível que o ecossistema, que já tem mais de 700 milhões de usuários registre mais leilões de nomes, movimentando a blockchain TON com sua promissora aplicação.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias