Tubarões do bitcoin compraram 52 mil moedas durante queda de junho

Endereços de tubarões adicionaram muitas moedas na baixa.

Tubarão nadando em meio a bitcoins
Tubarão nadando em meio a bitcoins

Os tubarões do bitcoin seguem atentos a oportunidades de mercado, sendo a última queda uma forma de adicionar mais a suas posições. No mercado de criptomoedas, os endereços dessas pessoas possuem posses expressivas, embora menores que das baleias.

Como esses endereços possuem muitas moedas, o mercado acompanha seus movimentos de compra e venda, principalmente os analistas onchain, que monitoram as redes e seus comportamentos.

Desde o início do ano, o preço do bitcoin opera em queda. Contudo, desde maio a queda acelerou após colapsos de grandes empresas alavancadas do setor, que tiveram que sair de suas posições.

Em junho, o colapso do mercado acirrou e mais empresas fecharam suas portas, muitas das quais abrindo processo de falência.

Tubarões do bitcoin seguem comprando na queda

As baleias são aqueles endereços de bitcoin que possuem pelo menos 100 BTC, detendo grande participação no mercado e até força para manipular o preço com compras e vendas em corretoras.

Abaixo das baleias então estariam os tubarões, que são aqueles endereços com mais de 10 BTC e menos de 100 moedas, que apesar de não terem a mesma força que as baleias, ainda são relevantes no mercado.

Para acompanhar o movimento desses grandes endereços, a empresa de análise onchain Santiment tem a sua disposição vários indicadores focados nesses atores.

Em uma análise dos tubarões do bitcoin nos últimos meses, ficou claro sua influência no mercado da moeda digital. No período em que eles acumularam, houve um aumento de endereços com mais de 10 moedas e o preço do BTC subiu 18%. Isso ocorreu entre fevereiro e março de 2022.

No início de abril até o final de maio, os tubarões passaram vendendo suas moedas, o que causou uma desvalorização de 37% na cotação do bitcoin, segundo a Santiment.

Contudo, desde o início de junho, esses endereços já compraram muitas moedas, mesmo com o bitcoin caindo 27%, levando mais de 4 milhões de endereços a ter pelo menos 10 BTCs. As compras foram de 52 mil BTCs desde o início de junho, quando o bitcoin estava em queda frente ao Dólar.

“Endereços Bitcoin de 10 a 100 BTC guardaram Satoshis nesta queda e aumentaram coletivamente suas participações para 4,29M $BTC. Nas últimas 5 semanas, como os preços recuaram -27%, eles adicionaram mais 52 mil moedas às suas carteiras.”

Está claro então que mesmo na queda, os tubarões voltaram a acumular bitcoin e isso poderia até demonstrar um certo otimismo destes traders com o mercado. Esse nível de acumulação dos tubarões não era visto desde janeiro de 2022.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias