Usuário perde R$ 6.200 após negociar bitcoin e cair em ‘golpe do estorno’

Um usuário relatou no Reddit que perdeu R$ 6.213 para um golpista no "golpe do estorno"

-

Siga no
Anúncio

Vários usuários da corretora de Bitcoin Localbitcoins estão relatando que foram vítimas de uma fraude elaborada. O golpista atrai as vítimas anunciando que quer comprar bitcoins por um preço acima do que o praticado no mercado. Mas se trata de um golpe.

Depois que o vendedor entra em contato com o suposto comprador para iniciar a negociação, o comprador envia um pagamento para o vendedor por meio de transferência bancária, mas de uma conta diferente da que está cadastrada na plataforma.

O vendedor assume que a transação é legitima e envia os bitcoins ao comprador. Só que pouco tempo depois, o comprador denuncia ao banco a transação como fraude, e o banco inicia um processo de recuperação, estornando o valor da conta do vendedor de volta ao suposto comprador.

Usuário perde mais de R$ 6 mil no “golpe do estorno”

Anúncio

Um usuário relatou no Reddit que perdeu R$ 6.213 para um golpista no “golpe do estorno”, além disso, ele teve a conta e o cartão de crédito bloqueados pela instituição bancária. A vítima relatou também que o golpista pode estar utilizando contas bancárias hackeadas para realizar as transações, por isso o dinheiro é enviado de outra conta.

“Encontrei um comprador que estava procurando comprar bitcoin por um preço um pouco acima do mercado e tinha boas qualificações. Parecia legítimo. Vendi por US $ 1550 CAD com um usuário chamado bittor  ( https://localbitcoins.com/accounts/profile/bittor/ ). Recebi prontamente uma notificação por e-mail informando que havia recebido uma transferência bancária com o valor certo e que foi automaticamente depositado na minha conta bancária. Entrei no aplicativo do banco e confirmei que o dinheiro estava na minha conta.” Diz a vítima no relato.

Depois de confirmar o valor em sua conta e enviar os bitcoins ao golpista, pagou algumas contas e foi dormir tranquilo. 48 horas depois, quando foi tentar pagar uma conta em uma cafeteria, descobriu que seu cartão estava bloqueado, ao tentar acessar o aplicativo do banco, descobriu também que estava sem acesso, a agência bancária exigiu que ele fosse fazer verificação de conta.

Chegando na agência o atendente lhe disse que a transferência recebida havia sido identificada como fraude, e portanto, devolvida. Como resultado, como não é possível estornar transações em Bitcoin, a vítima se deu conta que havia perdido o equivalente a R$ 6 mil reais. Para piorar a situação, como ele havia pagado algumas contas com o valor que estava em sua conta, o banco debitou todo o valor, fazendo com que ele entrasse em um cheque especial, no valor de R$ 5.305

“Quando cheguei à agência, o representante me disse que a transferência foi sinalizada como fraude e foi devolvida ao comprador. Como resultado, uma vez que as transferências eletrônicas foram revertidas, minha conta bancária caiu em cheque especial na ordem de ~ $ 1280. Eles me disseram que eu “devia” esse valor ao banco antes que ele pudesse desbloquear minhas contas e cartão de débito. Além disso, como eu usei fundos dessa transação para pagar meu cartão de crédito, eles também congelaram meu cartão e o sinalizaram como fraude. 

Golpista foi até elogiado pela vítima

Sem saber que estava caindo em um golpe, após receber o valor em sua conta, o vendedor chegou até mesmo a elogiar o suposto comprador na plataforma Localbitcoins.

O local Bitcoin é um sistema que permite venda direta de bitcoins, uma especie de mercado livre das criptomoedas, lá, vendedores e compradores podem fazer negociação sem intermediação, e existe um sistema de avaliação.

“Depois que recebi o depósito, eu entrei na LocalBitcoins e liberei os bitcoin para o usuário, a negociação estava concluída. Eu até deixei uma avaliação positiva para ele. O dinheiro estava na minha conta, aproveitei a oportunidade para pagar algumas contas.” Diz o relato.

Ao analisar a conta do suposto golpista na plataforma, é possível perceber que ele tem muitas avaliações positivas e já negociou mais de 20 bitcoins.

perfil do suposto golpista
perfil do suposto golpista

O golpe é comum, e acontece em grandes sites de e commerce como no Mercado Livre, por exemplo. Como o golpe é bem elaborado, a vítima demora descobrir que está caindo em uma fraude. A  conta do próprio comprador pode ter sido hackeada, o que fica difícil de saber.

Para não cair nesse tipo de golpe, é importante fazer referências cruzadas, e não negociar com os “apressadinhos”.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Avatar
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Bitcoin e gráfico em queda de preços

Bitcoin cai 5% e pode não romper marca de 2017

O Bitcoin se aproxima do fechamento do mês de setembro e cai pelo menos 5% nesta segunda. Com a queda no preço do Bitcoin,...
FinCEN Files

Documentos vazados revelam que bancos lavaram R$ 10 trilhões em dinheiro ligado a crimes

Mais de 2.100 documentos secretos da FinCEN, Rede de Combate a Crimes Financeiros dos EUA, foram vazados e os detalhes desses arquivos trazem informações...
Europa (União Europeia e Bitcoin)

Europa vai regulamentar Bitcoin até 2024, apontam documentos

Segundo documentos vazados para a imprensa, a Europa vai regulamentar o Bitcoin até 2024 em todos os países membros do bloco. O tema ganhou...

Últimas notícias

Documentos vazados revelam que bancos lavaram R$ 10 trilhões em dinheiro ligado a crimes

Mais de 2.100 documentos secretos da FinCEN, Rede de Combate a Crimes Financeiros dos EUA, foram vazados e os detalhes desses arquivos trazem informações...

Europa vai regulamentar Bitcoin até 2024, apontam documentos

Segundo documentos vazados para a imprensa, a Europa vai regulamentar o Bitcoin até 2024 em todos os países membros do bloco. O tema ganhou...

Brasil desenvolve com blockchain uma identidade descentralizada

O Brasil caminha rumo às novas tecnologias e já desenvolve com uso da blockchain um novo projeto. Chamada de identidade descentralizada, a solução promete...