Início Altcoins Venezuela vai pagar décimo terceiro salário com a criptomoeda Petro

Venezuela vai pagar décimo terceiro salário com a criptomoeda Petro

Nicolás Maduro ordenou o pagamento dos "bônus de fim de ano" com a criptomoeda nacional Petro para um terços do país.

-

Petro Venezuela Maduro

A Venezuela tem a sua própria criptomoeda. É a Petro. O país que tem enfrentado crises econômicas no governo, anunciou na sexta, 25 que vai pagar o “décimo terceiro salário” aos trabalhares no final do ano com a moeda digital apoiada pelo Estado.

Essa medida vale na região de Guiana, uma área que ocupa dois terços do território. Lembrando que essa criptomoeda tem valor supostamente equivalente a um barril de petróleo.

Não há um número certo de trabalhadores que serão beneficiados com a Petro, mas estima-se que sejam cerca de 56.000 pessoas envolvidas.

No anúncio feito, o presidente Nicolás Maduro disse o seguinte:

proteger o salário da classe trabalhadora e expandir a consolidação do uso da criptomoeda nacional “.

Com tal medida, o governo acredita que pode ajudar a driblar a crise do país. Segundo o partido em anúncio feito recentemente, 7 milhões de venezuelanos estavam economizando através da criptomoeda nacional.

Maduro acredita que as criptomoedas podem salvar a economia problemática da Venezuela da hiperinflação violenta e do embargo comercial do governo dos EUA.

Sobre o pagamento aos trabalhadores não há informações de como essas criptomoedas serão distribuídas.

A moeda Petro

Foi criada em dezembro de 2017 pelo presidente Nicolás Maduro. Vale lembrar que é a primeira criptomoeda criada por um governo.

Porém, o sistema blockchain só foi criado oito meses depois, e a Petro se tornou a unidade contábil obrigatória para a PDVSA (Petróleos da Venezuela).

A Petro (PTR) tem um preço de 1 barril de petróleo venezuelano, e tem sido uma solução que o governo tem visto para driblar os problemas econômicos que vem enfrentando desde 2013.

No início do mês, a Exchange CriptoLago e Glufco anunciara o lançamento de um cartão de débito para criptomoedas na Venezuela. Isso facilita a compra de Bitcoin, Litecoin, Dash e Petro em atividades diárias.

Sobre o uso da Petro, a oposição de Maduro diz que é ilegal e condena o uso da criptomoeda, especialmente por conta da instabilidade. O que ainda tem gerado muitas controvérsias entre governo e oposição.

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora
Leia mais notícias sobre:
Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Angelica Weise
Angélica Weise é jornalista formada pela Unisc, com mestrado pela UFSM. Escreve sobre os mais diversos assuntos, e claro, sobre criptomoedas. E-mail: [email protected] Angélica Weise é jornalista e escritora. Nasceu em Agudo (RS), mora na cidade gaúcha de Santa Cruz do Sul (RS), em 23 de abril de 1989. Formou-se em Jornalismo em 2012 na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC/RS. Fez intercâmbio na Itália e uma especialização em Mídias na Educação na Fundação Universidade Federal, FURGH/RS; além de se preparar para seleção de mestrado em 2014. Começou a trajetória no jornalismo em 2013. Trabalha como jornalista freelancer independente e escreve para os diversos mídias, entre elas, internet (portais e sites) e revistas, sobre sustentabilidade, vida saudável, literatura., Bitcoin e blockchain. Em 2013 lançou o primeiro livro pela editora Multifoco: Jornalismo Literário: uma análise das reportagens de José Hamilton Ribeiro publicadas na Revista Realidade. O livro é fonte de pesquisa para estudantes, pesquisadores e jornalistas.

MAIS LIDOS

“De 5 mil, apenas 40 criptomoedas possuem liquidez”, afirma trader

Um trader e analista de criptomoedas, Willy Woo, afirmou que pouquíssimas criptomoedas são consideradas "bons investimentos". O trader utilizou dados do Coinmarketcap para apontar...

Unick Forex Caiu. PF cumpre mandatos de prisão

Finalmente a Unick caiu. A Polícia federal cumpre na manhã desta quinta feira dez mandatos de prisão contra a empresa que prometia dobrar investimentos...

Banco Santander expandirá uso de criptomoeda

O banco Santander, com sede na Espanha, afirmou que irá expandir o uso da tecnologia blockchain, utilizando para isso a Ripple (XRP). O Santander...

Golpe com Bitcoin no Distrito Federal deixa R$ 500 mil de prejuízo

As criptomoedas, principalmente o Bitcoin, são o foco dos golpes no Brasil, já tendo vários casos na capital Distrito Federal. Infelizmente, esses...

Analista mostra quais as melhores criptomoedas como reserva de valor

As criptomoedas tem encontrado como um dos pontos de sua adoção o fator reserva de valor. Com isso, um analista afirmou que três criptomoedas...

Gráfico Arco-íris do Bitcoin pode mostrar valorização de preço futura

Segundo o youtuber especialista em criptomoedas do Brasil, Guilherme Rennó, do canal Criptomaníacos, o gráfico Arco-íris do Bitcoin consegue mostrar a valorização futura da...

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

“De 5 mil, apenas 40 criptomoedas possuem liquidez”, afirma trader

Um trader e analista de criptomoedas, Willy Woo, afirmou que pouquíssimas criptomoedas são consideradas "bons investimentos". O trader utilizou dados do Coinmarketcap para apontar...

Unick Forex Caiu. PF cumpre mandatos de prisão

Finalmente a Unick caiu. A Polícia federal cumpre na manhã desta quinta feira dez mandatos de prisão contra a empresa que prometia dobrar investimentos...

Banco Santander expandirá uso de criptomoeda

O banco Santander, com sede na Espanha, afirmou que irá expandir o uso da tecnologia blockchain, utilizando para isso a Ripple (XRP). O Santander...

Golpe com Bitcoin no Distrito Federal deixa R$ 500 mil de prejuízo

As criptomoedas, principalmente o Bitcoin, são o foco dos golpes no Brasil, já tendo vários casos na capital Distrito Federal. Infelizmente, esses...