Warren Buffet se desfaz de ações de mineradora de ouro

Esta pode ser a história de amor mais curta para um investidor do calibre de Warren Buffett, que reiterou muitas vezes em sua carreira de oito décadas que o período de posse de uma ação deve ser para sempre.

Siga no

A Berkshire Hathaway, liderada por Warren Buffett, vendeu US $ 317 milhões em ações da mineradora canadense Barrick Gold. A decisão de vender as ações foi tão surpreendente quanto a decisão de comprá-las.

De acordo com um relatório publicado pela SEC, a Berkshire Hathaway vendeu todas as ações que detinha da maior mineradora de ouro no mundo.

No ano passado as ações da Barrick Gold dispararam depois do anúncio de que a empresa de Buffet adquiriu cerca de 21 milhões de ações da empresa, no valor de US$ 564 milhões.

Por que Warren Buffett está vendendo ouro

A compra das ações realizada no ano passado foi uma surpresa para o mercado, tendo em vista que Buffett é conhecido por ter uma opinião negativa em relação ao ouro.

Em uma declaração feita em 1988 na universidade de Havard, Buffet destacou os motivos pelos quais não acreditava no ouro como investimento. Na época, o lendário investidor revelou que para ele o ouro “não tinha utilidade”.

A aquisição de Buffet coincidiu com o preço do ouro atingindo novos recordes de alta no preço.

O documento publicado pela SEC também revelou que a BlackRock, a maior gestora de ativos no mundo, vendeu mais de $ 470 milhões em ações SPDR Gold (GLD) e comprou $ 29 milhões em iShares Silver Trust (SLV).

A Berkshire Hathaway não vendeu apenas as ações da Barrick Gold, a empresa também vendeu todas as suas ações da Pfizer, JPMorgan Chase, M&T Bank e PNC Financial. A empresa de Warren Buffet também se desfez em 59% das suas ações da Wells Fargo & Co, e 6% de sua participação na Apple, mas realizou compra de ações da Verizon Communications Inc., da corretora de seguros Marsh & McLennan Cos. E da Chevron Corp.

A Barrick Gold compôs apenas 0,28% da carteira de ações da Berkshire na época. Então, era claramente uma cerca viva. Como houve uma melhora nas economias globais no final de 2020, auxiliada por anos de avanço na aplicação de tecnologia desencadeada pela pandemia, Buffett simplesmente não viu razão para manter as ações no portfólio.

Ouro em baixa, bitcoin em alta

O Bitcoin registrou hoje mais um recorde de preço ao ser negociado em torno dos $ 55.700, um aumento de 5,6% nas últimas 24 horas. Já o ouro apresenta forte desvalorização, caindo hoje para US $ 1.760 a onça troy.

Desde 6 de julho de 2020 o ouro não atingia um nível tão baixo.

Desde agosto os dois ativos têm se movido em direções opostas, a divergência entre o ouro digital e o ouro tradicional aumentou ainda mais no início do ano, com o bitcoin disparando de US $ 30.000 para US $ 52.000 e o ouro caindo de US $ 1.951 para US $ 1.760.

Isso acabou gerando especulações de que o bitcoin está tomando o espaço do ouro no mercado financeiro.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Diego Marques
Começou em 2016 como um dos primeiros redatores do Guia do Bitcoin. Diego tem preferência por notícias que podem influenciar o preço das criptomoedas, mas também gosta de escrever curiosidades do cripto-universo.
Mineração de Bitcoin, moeda BTC e GPU

Preço do Bitcoin cai após hashrate atingir mínima anual

A recente queda no preço do Bitcoin coincidiu com a baixa no hashrate da rede, com uma possível capitulação de mineradores do mercado. Vale...

Bilionário Steven Cohen diz que se converteu “totalmente às criptomoedas”

Steven Cohen, chefe da Point72 Asset Management, bilionário estrategista e um dos traders mais bem-sucedidos da atual geração, disse em uma recente entrevista que...
Hacker com máscara do Anonymous apontando dedo

Anonymous: “Um mundo sem Elon Musk é possível”

Quem está acompanhando o criptomercado recentemente sabe que Elon Musk tem uma presença importante em diferentes mercados, mesmo sendo taxado de troll vez ou...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias