Youtube deleta canal de trader de criptomoedas que tinha 24 mil inscritos

Dono do canal não foi informado sobre os motivos que levaram o Youtube a tomar a decisão.

Siga no

O canal do Crypto Investidor, que contava com mais de 24 mil inscritos e era um nome reconhecido dentro da criptocomunidade brasileira, foi deletado pelo YouTube, que alegou que o criador de conteúdo estava violando as ‘regras da comunidade’ estabelecidas pela plataforma. O problema é que o YouTube deixou várias dúvidas sobre os motivos que levaram a exclusão do canal.

De acordo com Diego Consimo, criador do canal, a decisão do YouTube foi completamente errônea, já que o seu conteúdo “não desrespeitou” as regras da comunidade.

O anúncio da exclusão do canal, com todo o seu conteúdo, também foi feito através do Twitter oficial do canal, onde também ele disse que o conteúdo não estava fora das regras da comunidade estabelecidas pela plataforma.

A administração do canal afirmou que não tinha recebido nenhum strike anteriormente e apenas uma live havia recebido uma advertência. Isso indica que, após a advertência, o mesmo vídeo (ou outros) levaram pelo menos 3 strikes por violação das diretrizes.

 

Notificação de advertência recebida do YouTube. Imagem cedida pelo Crypto investidor
Notificação de advertência recebida do YouTube. Imagem cedida pelo Crypto investidor

“Marcaram isso no vídeo, e depois deletaram tudo do meu canal. É como se nunca tivesse existido. Aí depois você abre esses termos e olha o que abordam, eu nunca cometi nada disso.”, explicou o dono do canal ao Livecoins.

Desde que o canal foi deletado, Consimo tenta recuperar o conteúdo entrando em contato direto com o YouTube. No entanto, as tentativas não tiveram nenhum sucesso, já que o suporte alegou mais uma vez que o conteúdo ia sim contra as diretrizes da comunidade.

Em prints da troca de e-mail com o suporte do YouTube disponibilizados à reportagem do Livecoins, é possível ver a resposta do YouTube, que alega que após uma análise, decidiu manter a exclusão do canal.

Troca de e-mails entre o canal Crypto Investidor e o suporte do YouTube.
Troca de e-mails entre o canal Crypto Investidor e o suporte do YouTube.

O e-mail, no entanto, não revela qual regra da comunidade foi violada pelo vídeo e o que levou a exclusão. A falta de informações por parte da plataforma de vídeos nessas ocasiões é uma das principais reclamações de criadores de conteúdo de diferentes nichos.

Á reportagem, o criador do canal também informou que vai procurar assistência jurídica para tentar reverter a decisão do YouTube.

Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Citi

Citibank: Bitcoin pode se tornar uma moeda de comércio global

O Bitcoin está em um "ponto de inflexão" e pode se tornar a moeda preferida para o comércio internacional, disseram analistas do gigante bancário...
Francis Suarez em entrevista à "Axios on HBO". Imagem: Youtube

Governos não podem manipular o Bitcoin, diz prefeito de Miami

Francis Suarez, o prefeito de Miami, quer tornar o Bitcoin parte do futuro econômico de sua cidade e, em uma entrevista à "Axios on...
Google Finance

Google Finance cria página dedicada a criptomoedas

O Google Finance, o site de dados sobre finanças mantido pela gigante de tecnologia, adicionou uma guia dedicada a criptomoedas, com um posicionamento de...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Governos não podem manipular o Bitcoin, diz prefeito de Miami

Francis Suarez, o prefeito de Miami, quer tornar o Bitcoin parte do futuro econômico de sua cidade e, em uma entrevista à "Axios on...

Google Finance cria página dedicada a criptomoedas

O Google Finance, o site de dados sobre finanças mantido pela gigante de tecnologia, adicionou uma guia dedicada a criptomoedas, com um posicionamento de...

Hacker ameaça vazar dados que “podem prejudicar toda indústria de criptomoedas”

A Tether disse que está sendo extorquida e que o criminoso exigiu 500 bitcoins para não vazar documentos que podem "prejudicar todo o ecossistema...

Não mate a galinha dos ovos de ouro, diz vice-presidente da Nigéria sobre Bitcoin

No início de fevereiro, o Banco Central da Nigéria (CBN) proibiu os bancos de fornecer serviços para pessoas e empresas que negociavam criptomoedas, a...

Coinbase diz que Satoshi Nakamoto é um risco para seus negócios

A Coinbase deve se tornar oficialmente uma empresa de capital aberto nos próximos dias, ela será listada no índice da Nasdaq Global Select Market....